Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Trabalhador deverá destinar 41,37% do seu rendimento bruto para pagar os tributos

Trabalhador deverá destinar 41,37% do seu rendimento bruto para pagar os tributos

Por InfoMoney

SÃO PAULO – No ano de 2014, o contribuinte brasileiro irá trabalhar até o dia 31 de maio, somente para pagar os tributos exigidos pelos governos federal, estadual e municipal.

Segundo o levantamento realizado pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), no total, serão destinados 151 dias, ou exatos cinco meses de trabalho, somente para o pagamento de impostos, taxas e contribuições aos cofres públicos.

Esse é um recorde para o País, já que até o ano passado era necessário quatro meses e 30 dias para que o trabalhador pagasse todos os impostos. Veja a tabela abaixo:

De acordo com o presidente-executivo do IBPT, João Eloi Olenike, “o brasileiro deverá destinar 41,37% do seu rendimento bruto para pagar os tributos, percentual que no ano passado ficou em 41,10%”.

Comparação mundial

O estudo ainda traz um comparativo com dezenas de países que possuem elevadas cargas tributárias nos quais os cidadãos destinam parte dos dias trabalhados para o recolhimento de tributos.

“O Brasil exige que o cidadão trabalhe mais do que os habitantes de países como a Hungria, onde são necessários 142 dias para o pagamento de impostos; a Alemanha, com 138 dias; e a Bélgica, onde a média é de 102 dias de trabalho”, afirma Olenike.

O executivo ressalta que a quantidade de dias trabalhados no Brasil se aproxima da Noruega, país em que o cidadão destina 154 dias de trabalho, mas obtém qualidade de vida superior. “Se incluirmos os gastos em saúde, educação e outros serviços particulares, o brasileiro destinará uma parcela ainda maior de seus rendimentos para compensar a ineficiência do governo”, afirma.

Confira abaixo os dias de trabalho necessários para pagar os tributos de outros países:

Metodologia

Para fazer as contas, o instituto considerou tributos incidentes sobre salários e honorários, tais como Imposto de Renda e contribuições previdenciárias; os tributos embutidos nos produtos e serviços, como PIS, COFINS, ICMS, IPI, ISS e também sobre o patrimônio, entre os quais se incluem IPTU, IPVA, ITCMD, ITBI e ITR.  As taxas de limpeza pública, coleta de lixo, emissão de documentos, bem como as contribuições, como no caso da iluminação pública, também entraram no cálculo.

Ano                          Meses      Dias

Fonte: IBPT

1986                   02   meses   e   22 dias 

1987                   02 meses     e   14 dias

1988                   02 meses    e    13 dias

1989                   02 meses    e    21 dias

1990                   03 meses    e   19 dias

1991                   03 meses

1992                   03 meses    e   3 dias

1993                   03 meses    e   2 dias

1994                   03 meses    e 14 dias

1995                   03 meses    e 16 dias

1996                   03 meses    e 10 dias

1997                   03 meses    e 10 dias

1998                   03 meses    e 17 dias

1999                   03 meses    e 25 dias

2000                   04 meses    e   1  dia

2001                   04 meses    e  10 dias

2002                   04 meses    e  13 dias

2003                   04 meses    e  15 dias

2004                   04 meses    e  18 dias

2005                   04 meses    e  20 dias

2006                   04 meses    e  25 dias

2007                   04 meses    e 26 dias

2008                   04 meses    e 28 dias

2009                   04 meses    e 27 dias

2010                    04 meses   e 28 dias

2011                    04 meses   e 29 dias

2012                    04 meses   e 30 dias

2011                    04 meses   e 30 dias

2011                   04 meses   e 29 dias

2012                   04 meses   e 30 dias

2014                   05 meses

Exibições: 72

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço