Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Um história de uma família maçonica

Peço oração, meu marido é maçon grau 33, esse grau é o mais alto. Passei 23 anos ao seu lado e hoje ele vive tentando prejudicar a minha vida e da minha filha. Tudo por causa do dinheiro e partilha. Nunca trabalhei quando estava casada com ele, só mesmo o ajudava na clínica que estava abrindo...Ele é um doce com os outros, super educado, prestativo, mas como me batia e fazia pressão psicológia. Minha filha recebia uma pequena pensão, pois era o nosso único meio de sobrevivenia. Mas não sei como ele conseguiu tirar a nossa única fonte de renda...Eu procuro trabalho, estou estudando, mas não tenho referência profissional e não sou jovem e nem bonita. Ele foi cruel conseguiu tirar a pensão da minha filha. Sei que os senhores estão me acompanhando, fui casado por 23 anos e estou terminando a faculdade de comércio exterior...Não entendo como maçon pode ser tão cruel com sua filha. Se ele fosse mais humano, ele me ajudaria a encontrar um emprego e assim poderia sustentar minha filha...
Qando casei a minha casa não tinha nada, construi com meu marido um império.
Ele estudou, se formou e depois de tudo construido ele me abandonou e nunca mais quis saber de sua filha....ele casou com uma funcionária da empresa...
Eu hoje com 50 anos, voltei a estudar, recebia uma pequena pensão e mesmo assim não desistir de estudar... O pai da minha filha, entrou na justiça alegando que não pode ajudar mais com a pensão, ele é médico, maçon grau 33 e se recusa a ajudar a nossa filha...Ele nem no Natal e aniversário procura a filha... Enfim, não vou enrolar....hoje com 50 anos, vou me formar em julho e encontro outro obstáculo, a idade, faço entrevista e percebo que a idade é o causador da minha vida...
Bato em porta, mando currículo e sempre a mesma desculpa, não temos vaga no momento, mas logo percebo que minhas amigas da sala estão sendo contratadas pelas as empresas que fiz a entrevista... Choro muito, mas não perdi a fé em Deus...Tenho que me mudar para um lugar longe da faculdade, um Kitnete, pois o dinheiro que consigo não dá para parar o aluguel que estou morando...
Consegui uma úlcera e tive um principio de infarto, mas acredito em Deus... Procuro fazer concurso público e procuro ser a melhor aluna da sala, mas mesmo assim não consigo nada.
Moral da História, como um maçon que respeita a família como consta no mandamento pode esquecer da sua primeira família...Casei com ele muito nova, nem tinha terminado o curso médio. Perdi minha juventude, ajudei o pai da minhafilha a vencer, hoje ele é um médico famoso  e respeitado, mas eu estava ao lado dele....
Eu não tenho ninguém, minha família mora em outro estado e com o tempo foi se afastando.
Não tenho trabalho, tem dias que passamos fome para economizar, mas tenho fé. Desculpe pelo desabafo....mas não entendo como um homem que prejudica a própria filha pode ser um maçon.
Por isso, peço de novo, quem puder rezar, peço que reze para suportar tanta crueldade e vencer e conseguir um emprego.
Obrigada,
Viivane

Exibições: 109

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Comentário de robinson luis de oliveira em 28 abril 2012 às 19:42

procure uma igreja universal do reino de Deus mais proxima  de vc e com urgencia.

 converse com o pastor e ele te orientará.. 

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço