Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

‘Uniforme Inteligente’ é Invasão da Privacidade

O cientista político e especialista do Instituto Millenium, Alexandre Barros, comentou o projeto “uniforme inteligente”, recentemente implementado no sistema municipal de educação pela prefeitura de Vitória da Conquista, interior da Bahia.

Os alunos estão recebendo camisetas com um chip que monitora o fluxo dos estudantes nas instituições ecolares. Os chips, identificados por sensores na entrada das instituições, avisam aos pais por SMS o momento em que os filhos entram e deixam a escola. Após atraso de 20 minutos, os pais recebem uma mensagem de texto com a frase: “Seu filho ainda não chegou na escola”. A inclusão de todos os 42.725 alunos da rede municipal no projeto está prevista para até 2013. O investimento total foi de R$ 1,2 milhão.

Alexandre Barros acredita que a medida é invasiva e pode causar problemas futuros para a sociedade: “É uma absoluta invasão da privacidade e uma privação da liberdade individual. Se essa moda pega, cria-se uma geração inteira que acha normal a monitoração do Estado o tempo todo, como já se vê nas ruas. Você pode me dizer que o facebook não tem privacidade, mas você tem o direito de não usá-lo. No entanto, não se pode deixar de ir a escola ou sair de casa”, afirmou.

O especialista acredita que o Estado está confundindo seu papel ao implementar o projeto: “É dever da escola entrar em contato com os pais quando há ausência contínua dos estudantes. O que está acontecendo é um controle maluco. Daqui a pouco as empresas implementam a ideia e seu chefe vai saber o minuto em que você levantou e foi ao banheiro”, ironizou.

Exibições: 262

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Comentário de SAMUEL MARINHO em 30 março 2012 às 19:42

Ah! Com certeza  Leandro Schlindwein ...

Primeiro foi tirar a filosofia e sociologia do currículo escolar público (afinal, pra quê queremos brasileiros pensantes?)

 

Segundo, a desvalorização dos professores ( na Índia, um país tão "atrasado" se ensinam às crianças: "Maata, Pitha, Guru, Daivam", significando a mãe, o pai e o professor é Deus - afinal, pra quê mantermos instrumentos de sabedoria próximo de nossos filhos?)

 

Terceiro, colocam um cabresto tecnológico em todos nós e isso é muito hype! Afinal, o brasileiro  sempre tem uma quedinha por novidades, não é mesmo?

 

E vale lembrar que não serão pessoas exemplo de honestidade que irão nos monitorar, tá?

 

E isso pra mim também é mais uma justificativa para pais preguiçosos que não buscam saber da vida escolar dos filhos. Afinal, pra quê ter que ficar indo na escola dele não é mesmo? Daqui a pouco estaremos jantando em casa, por video conferência.(E acharemos normal).

 

“É uma absoluta invasão da privacidade e uma privação da liberdade individual. Se essa moda pega, cria-se uma geração inteira que acha normal a monitoração do Estado o tempo todo, como já se vê nas ruas. (...)"

 

O que estamos vivendo é o que se chama de sincronia, temos duas gerações vivendo simultaneamente: a que não tem o chip (que começa no uniforme e depois pra baixo da pele -  olha a modernização !!) e as que terão (e assim que nascerem, os terão implados sob a cutis).

 

Não estou fazendo nenhum tipo de citação a alguma crença religiosa, mas algo mais palpável como a perda do seu direito de ir e vir e do seu livre arbítrio.

 

Afinal, quanto mais controle o Estado tiver sobre nossa vida, melhor né?

 

Podemos descansar e deixar outros viverem-na por nós.

Tudo começa com a sincronia... É só questão de tempo para se tornar uma diacronia...

 

O filme Equilibrium ( dir. Kurt Wimmer) retrata bem como seria esse domínio no futuro. Vale dar uma olhada.

http://www.cinematotal.com/filmes_details_main.asp?id=12189

 

Agora, só temos dois caminhos: ou nós manipulamos, ou seremos manipulados... Vamos nos esforçar pra ir pelo primeiro ...

 

Abs

 

Comentário de Leandro Schlindwein em 30 março 2012 às 18:23

As poucas ideias boas que o governo tem , sempre tem gente que é contra, acho mediad bastate útil, ate por uma questão de segurança para os alunos e tranquilidade para os pais, pois quem cumpre seu dever não tem medo de ser monitorado.

 

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço