Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Análise Crítica – Pessimismo na Indústria Têxtil

Venho acompanhando as informações publicadas neste fórum têxtil, que por sinal é excelente no sentido do alcance que tem dentro do setor têxtil, mas o que vem de deixando intrigado é o tom pessimista da maioria das informações postadas neste conceituado fórum. É claro que o país está enfrentando uma grave crise econômica e institucional e que não se deve “tapar o sol com a peneira”, mas algumas informações veiculadas, muitas inflando alguns dados, como o número de empresas que encerraram suas atividades ou o número de postos de trabalho fechados durante um determinado período, não trazem nenhum benefício prático ao setor. Qual é a vantagem de se destacar marcas negativas? Sensibilizar o governo para que adote medidas para estimular a produção de nossa indústria têxtil? Poderia até ser e é louvável a atitude, porém o que ocorre na prática é o contrário. Este tipo de notícia tem servido apenas para consolidar a crise no setor, inclusive sendo utilizado por instituições financeiras como justificativa para restringir o crédito às empresas do setor, sob a justificativa de que em vista de tamanha crise, as indústrias têxteis não teriam capacidade financeira para quitar suas obrigações. Ou seja, por maior boa vontade que se tenha no momento de publicar a informação e, vou além, por mais verídica que ela seja, isto só serve para alimentar um ciclo negativo de crise à desconfiança à mais crise.

Eu, como profissional vendedor de máquinas para a indústria têxtil e que vi de perto uma das maiores empresas deste segmento ruir, sei exatamente o significado que tem para o mercado as informações negativas e não quero que isto aconteça também com os meus clientes, dos quais dependo para obter sucesso profissional, portanto peço um maior cuidado e critério no momento de publicar informações negativas ao setor. Vamos nos focar em temas que possam levar ao crescimento e reestruturação do setor! Eu sei que é difícil, pois a própria natureza do ser humano tende a ter mais interesse por notícias ruins (aquele jornal vespertino de grande audiência que o diga), mas se nós, profissionais da indústria têxtil, queremos mesmo ver nossa indústria retomar o crescimento e consequentemente recuperar postos de trabalho, passa também por nós cuidarmos que não tenhamos a situação ainda mais agravada por conta de informações que talvez nem precisassem ser divulgadas.

Sucesso a todos!

Caio Ramos

.

.

.

.

.

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 4433

Responder esta

Respostas a este tópico

San, é voce, San ?????????? Até que enfim destes o ar de sua graça! Bem vindo amigo.Como diz o Adalberto, a coisa esta triste meu caro. Vieste na boa hora, mas tb na triste hora para o nosso Brasil. Voce por ai deve estar como nos aqui (bolivianos x cubanos) mas são coisas passageiras que indelevelmente nos chega e nos faz reflecções por ora boa por ora ruim.

BEM VINDO DE VOLTA, UM GRANDE ABRAÇO

Caio Ramos.... bom dia.......

SEJA BEM VINDO AO MUNDO DA REALIDADE! ESPERO QUE COM TODOS COMENTÁRIOS AQUI, VOCÊ POSSA VENCER O SEU PRÓPRIO PESSIMISMO. PORQUE A IMPRENSA BRASILEIRA, JÁ FICOU PARA TRAZ, E MOSTRA SOMENTE O QUE O GOVERNO QUER. A POLÍTICA FAZ O MESMO. AGORA, NÃO ENTENDER QUE ESTAMOS EM UM DOS PIORES MOMENTOS EM TODO PLANETA TERRA, E QUERER NESTE MOMENTO BELAS PALAVRAS, SINTO MUITO AMIGO, ACHO QUE ESTA NO PLANETA ERRADO..  PORQUE A CRISE NUNCA DEIXOU DE EXISTIR ELAS VEM PARA TRANSFORMAR, MAS, ATÉ HOJE OS EMPRESÁRIOS EM SUA MAIORIA LUTA CONTRA AS ALTAS TAXAS DE IMPOSTO E MUITOS CONSEGUE SOBREVIVER A TUDO ISSO, POR DECADAS..   MAS, MUITOS, AINDA PRECISANDO MUDAR SEU FOCO DE VIDA PARA NÃO MAIS PRECISAR FICAR DEPENDENDO DO SISTEMA FINANCEIRO A VIDA TODA..  E NÃO SOMENTE O SETOR TEXTIL, MAS, TODO, MUITOS QUANDO GANHAM SEU PRIMEIRO MILHÃO OU MENOS.... COMPRA UMA LINHA CAMINHONETE ZERO KM....  CAPITAL DE GIRO NEM PENSAR, NÓS VENDEDORES QUE ATENDEMOS, VIVEMOS MUITO DE TUDO ISSO,   MUITOS GASTAM FORTUNAS COM TITULOS EM CARTORIOS.. E ASSIM...  OS ERROS CONTINUAM.. SENDO ASSIM, AMIGO, DEIXA PARTE DA IMPRENSA QUE AINDA QUER SER LIVRE TRABALHAR...  VOCÊ.. E NINGUÉM PRECISA FALAR E PENSAR EM CRISE..  MAS.. JÁ QUE TOCOU NO ASSUNTO.... DIGO...... SE PREPARA......  PORQUE VAI FICAR PIOR....  PORQUE NOSSO SISTEMA EM TODO BRASIL  ESTA FALIDO... E NÃO TEM GOVERNO NENHUM, MAIS QUE CONSIGA SEGURAR O QUE JÁ COMEÇOU...  É SEM VOLTA.... A UNICA ARMA É O TRABALHO E A JUSTIÇA DE CADA UM... E DE MAIS NINGUÉM....  PORQUE O SISTEMA FINANCEIRO NÃO VAI ALISAR NINGUÉM....  VAI RUIR...  E ASSIM....  EM VEZ DE PREOCUPAR, COM AS NOTICIAS AQUI.... VAMOS NOS UNIR.....  CONTRA COISAS MAIS IMPORTANTES.... COMO ...  PROGRAMAS  QUE MATAM NOSSA SOCIEDADE....   PROGRAMAS COMO BBB E A FAZENDA......   simples... veja as marcas que bancam tudo isso... e avise elas... e pare de consumir.. produtos que elas produz... porque nossa sociedade precisa de uma Imprensa Livre.. e não como estamos hoje.. ouvindo delas... somente criticas e mais criticas.... mas... somente do que interessa ao Políticos e Governo... estão pegando leve... porque a contaminação de erros é imensa.....     no mais....

Amigo....  Vamos trabalhar e aprender a viver a vida dentro deste sistema, com crise ou sem crise, se ficar pior que fique., se melhorar que melhore.  mas, temos uma sociedade doente.. pelo consumo sem vida. muitos trabalham poucos  ganham.... veja o volume morto que grandes, tem parado em imoveis e bolsa de valores., imagine este volume financeiro, circulando dentro da economia Brasileira e Mundial, mas, não, ganham um pouquinho investem tudo errado. e assim, a crise vem ajudar na evolução  Humana... é duro e dolorido e vai ficar pior...  sejam bem vindos ao mundo da realidade..  porque o desemprego vai aumentar....

estamos em 2016.0004

informaçao sempre é bom, tanto negativa qto a positiva. vai do jeito que cada um absorve. hj no setor temos dificuldade como em vários outros. tendo informaçoes a mais, cada um deve leva do jeito que achar melhor. talvez com noticias negativas, haja mais prudencia na hora de tomar decisoes, e mais euforia nas noticias positivas. Portanto nao acredito que há que ter um filtro p/ isso. Quanto mais informaçao, sempre será melhor. Nao divulgar as ruins é tapar o sol com a peneira, e talvez se iludir e alienar perante os fatos. Tipo criança que tapa os ouvidos e começa a gritar qdo ouve o que nao quer.
sera q nao tendo noticias ruins neste blog, a situaçao do setor vai melhorar?? rsrsrs



Alexandre Baptista Alves disse:

Otimismo em demasia é uma grande burrice , realidade é bem vinda sempre que possível , os bancos não precisam desse tipo de informações dados do banco central falam por si só.....Eles vem ano a ano fechando os créditos para o setor.....Nosso amigo só se contradisse, tenho pena dos que atua no seguimento e me incluo nessa....No Brasil todos seguimentos estão sendo atingido mas o problema que o têxtil vem sendo atingido a muito tempo ....

PREZADO José Carlos Dias, como a Indústria Nacional mantém o SENAI com suas contribuições financeiras, espero que as Escolas destinadas à Cadeia Têxtil estejam preparando bem e convenientemente os futuros profissionais.
Saudações Associações Associativas
Julio Caetano

Lembro que a Sociedade Civil, mantenedora do status quo vigente, mesmo no Carnaval continua sofrendo com os governos federal, estaduais, legislativos, judiciários, autarquias, etc.
Podemos manifestar-nos inclusive utilizando as Redes Sociais e estarmos nos preparando para as manifestações de Rua programadas para o próximo dia 13 de Março.
Eles incansavelmente estão tramando; vamos imitá-los, utilizando as mesmas "armas".

Cordiais Saudações Associativas
Julio Caetano 

Informação:

Apesar de concordar com o que está escrito abaixo esse Alexandre não sou eu.

Permalink Responder até Johny de Souza Lima 15 minutos atrás



Alexandre Baptista Alves disse:

Otimismo em demasia é uma grande burrice , realidade é bem vinda sempre que possível , os bancos não precisam desse tipo de informações dados do banco central falam por si só.....Eles vem ano a ano fechando os créditos para o setor.....Nosso amigo só se contradisse, tenho pena dos que atua no seguimento e me incluo nessa....No Brasil todos seguimentos estão sendo atingido mas o problema que o têxtil vem sendo atingido a muito tempo ....

O SAN felizmente nunca nos abandonou; sempre manda seus apreciados pitacos.

CSA
JC

Prezado Amigo, julio Caetano:

Você não pode imaginar como anda o Senai: fui conselheiro do Senai de S. J. del Rei. Numa das reuniões o diretor, com orgulho, proclamou: nosso curso de ensino médio é o melhor da cidade, ultrapassou a escola tal, nosso índice de aprovação na UFSJ foi tal, etc, etc.

Dado momento eu perguntei qual foi o número de alunos no período que completaram o curso de torneiro mecânico e ajustador. Resposta: Nesse semestre não aplicamos o curso.

Ora, o Senai que é regiamente pago, além dos descontos em folha, aplicam com rigidez a cota de alunos subsidiados  (5 a 15% de alunos) está aplicando em alunos para irem para Universidade cursar filosofia, ciências sociais, sei lá mais o quê.

Enquanto isso, as empresas são obrigadas a ter em seu quadro: prof de matemática e português para dar o mínimo de educação aos seus colaboradores.

Mais ainda, o Senai faz cobrança exorbitante, individualmente, em qualquer curso, seja ele de segurança no trabalho, DST, soldador, eletricidade básica. Não bastasse isso, quando mencionei que um curso estava muito caro, inviável, o consultor de negócio do Senai, exclusivo da Empresa, me sugeriu que procurasse o SINDICATO dos TRABALHADORES tal que tinha cota exclusiva e gratuita. Assim não é possível ou é?

Julio Caetano H. B. C. disse:

iLembro que a Sociedade Civil, mantenedora do status quo vigente, mesmo no Carnaval continua sofrendo com os governos federal, estaduais, legislativos, judiciários, autarquias, etc.
Podemos manifestar-nos inclusive utilizando as Redes Sociais e estarmos nos preparando para as manifestações de Rua programadas para o próximo dia 13 de Março.
Eles incansavelmente estão tramando; vamos imitá-los, utilizando as mesmas "armas".

Cordiais Saudações Associativas
Julio Caetano 



José Carlos Dias disse:

Prezado Amigo, julio Caetano:

Você não pode imaginar como anda o Senai: fui conselheiro do Senai de S. J. del Rei. Numa das reuniões o diretor, com orgulho, proclamou: nosso curso de ensino médio é o melhor da cidade, ultrapassou a escola tal, nosso índice de aprovação na UFSJ foi tal, etc, etc.

Dado momento eu perguntei qual foi o número de alunos no período que completaram o curso de torneiro mecânico e ajustador. Resposta: Nesse semestre não aplicamos o curso.

Ora, o Senai que é regiamente pago, além dos descontos em folha, aplicam com rigidez a cota de alunos subsidiados  (5 a 15% de alunos) está aplicando em alunos para irem para Universidade cursar filosofia, ciências sociais, sei lá mais o quê.

Enquanto isso, as empresas são obrigadas a ter em seu quadro: prof de matemática e português para dar o mínimo de educação aos seus colaboradores.

Mais ainda, o Senai faz cobrança exorbitante, individualmente, em qualquer curso, seja ele de segurança no trabalho, DST, soldador, eletricidade básica. Não bastasse isso, quando mencionei que um curso estava muito caro, inviável, o consultor de negócio do Senai, exclusivo da Empresa, me sugeriu que procurasse o SINDICATO dos TRABALHADORES tal que tinha cota exclusiva e gratuita. Assim não é possível ou é?

PS. Perdão: Havia vários alunos que estavam estudando no Senai, ao mesmo tempo, em cursos da UFJS para utilizar os laboratórios o Senai. Não sei, realmente, não sei. 

Julio Caetano H. B. C. disse:

iLembro que a Sociedade Civil, mantenedora do status quo vigente, mesmo no Carnaval continua sofrendo com os governos federal, estaduais, legislativos, judiciários, autarquias, etc.
Podemos manifestar-nos inclusive utilizando as Redes Sociais e estarmos nos preparando para as manifestações de Rua programadas para o próximo dia 13 de Março.
Eles incansavelmente estão tramando; vamos imitá-los, utilizando as mesmas "armas".

Cordiais Saudações Associativas
Julio Caetano 

PREZADO José Carlos Dias, 
se possível, favor contactar-me pelo E-Mail "juliocaetano@abtt.org.br".
Com certeza teremos muito à "choramingar", mas em compensação teremos também muito à alertar e colaborar.
Precisamos somar.
ABS
JC

Boa tarde, senhores e senhoras.

Acredito que a solução de muitos dos problemas relacionado ao setor têxtil, está ligado a falta de união do setor.

Se tivemos união, uma grande parte dos problemas já estariam revolvidos. Por isso senhores e senhoras, sou a favor do Otimismo e não do vitimismo. Se for para apostar, por favor coloquem todas minhas fichas na força do trabalho em conjunto. Unamos e sejamos fortes. 

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço