Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Apostila - Modelo Conceitual de Análise Competitiva em Micro e Pequenas Empresas do Setor de Confecções

Modelo conceitual de análise da competitividade para moda

Este artigo apresenta um modelo conceitual de análise da competitividade para moda, com enfoque nas micro e pequenas empresas de confecção, fruto de pesquisa qualitativa e quantitativa, do ponto de vista da abordagem; e exploratória
descritiva, do ponto de vista de seus objetivos. Através da identificação dos fatores internos de competitividade e dos elementos de moda que interferem na etapa mais a jusante da cadeia produtiva, pretendeu-se avaliar a aderência de abordagem entre a práxis empresarial e o conhecimento disseminado pela academia, bem como apontar os itens relevantes para a proposição de um paradigma conceitual de análise competitiva.

Clicaar no link abaixo:

Apostila - Modelo Conceitual de Análise Competitiva em Micro e Pequ...

Exibições: 826

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Esta frase já coloca uma pedra no conceito e o trabalho nas estantes universitárias:  "é interessante ressaltar que, para implementação deste modelo

conceitual, é imperativa a integração com ações ou programas políticos. Isto

significa que, para sua viabilização, deve haver um esforço conjunto das empresas,

das instituições, dos trabalhadores e do governo na gestão do modelo. É, também,

imprescindível evidenciar que as micro e pequenas empresas encontrarão algumas

dificuldades para implementar o modelo conceitual proposto sem um apoio técnico,

especializado, em função das particularidades do modelo e da complexidade da

ferramenta de gestão."

 

A universidade continua com a prática do imprátivel, por isso 99,99% das dissertações e teses não alcançam as  as ruas.

 

A própria linguagem sofrerá rejeição.

 

 

 

 

Continuo questionando o dado citado na página 15, será somente este nº de peças produzidas anualmente de 7,2 milhões de peças? Acredito que haja um equivoco, o nº é bem maior, não sei qual foi a fonte da sua consulta, mas é bom checar.

Aguardo seu retorno,

 

Sds.

Carlos Daniel

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço