Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Olá

Prezados,

Alguém poderia me informar qual a melhor proporção para a grade de corte de body bebê?
Temos a intenção de usar a proporção

03-06 : 2
06-09 : 1
09-12 : 1
12-18 : 2

Seria este o melhor caminho?

Obrigado

Exibições: 1164

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá Rafael, pela sua pergunta você deve ser novo no ramo, não existe a melhor proporção, você deve trabalhar em função das suas vendas. Com o tempo você vai até tendo a noção das grades que normalmente vendem, mas isso é em relação aos seus Clientes e seus produtos, não dá para generalizar. A grade para corte é feita sobre as quantidades vendidas e aí entra o bom senso para definir as grades e não prejudicar o corte. Você precisará fazer o mínimo de corte possível para o corte de todas as peças necessárias.

Não sei se fui claro, mas se necessário favor entrar em contato.

Att,

Pedro Paulo (Pepe)

E-mail: contato@planilhasparaconfeccao.com.br

Fixo Oi: (47) 3319-2735

Celular Oi: (47) 8428-9044

Celular TIM: (47) 9716-5623

Celular VIVO: (47) 9229-4498

Skype: planilhas

depende  de  como é  sua proposta de  venda, ou  o  a grade que seu cliente quer.

duvidas . me contate.  tel fx 11 2296 59 38 -- 948 292 314 tim --994 389 477 clr.

966 820 357 Oi .  tenho uma  oficina  de corte  com várias mesas, maquinas e

equipamentos, seu produto sempre sai de acordo os os seus padrões . tenho referencias.

Oi, Rafael

Eu tenho uma marca de infantil também e corto body a partir do P (0a3). Então muitas vezes corto P/M/G/GG/1/2, porque 1 e 2 tem procura também. Mas depois corto algumas vezes 2P/2M/G/GG. Na verdade, os tamanhos com maior procura aqui normalmente são o P e o M.

Qualquer dúvida chama aí!

Obrigado Paula,

Uma vez que nao trabalhamos com 0-3, forçamos a grade na 3-6 e 9-12.

Obrigado pela dica.



Paula Antonio disse:

Oi, Rafael

Eu tenho uma marca de infantil também e corto body a partir do P (0a3). Então muitas vezes corto P/M/G/GG/1/2, porque 1 e 2 tem procura também. Mas depois corto algumas vezes 2P/2M/G/GG. Na verdade, os tamanhos com maior procura aqui normalmente são o P e o M.

Qualquer dúvida chama aí!

Oi, Rafael? Vocês não trabalham com o o P? Sério? É um tamanho que tem bastante saída... mas, enfim, cada um com seu histórico...

faça sua grade de acordo  com suas vendas ..SIMPLES

Pela colocação do Rafael ele ainda não produz... visto ter a intenção de fazer tal grade, né?

Correto
Estou iniciando a produção.
E tendo em vista que não trabalharei com venda a lojistas e nem tenho um histórico de vendas, fiz o questionamento em fórum.

Grato



Paula Antonio disse:

Pela colocação do Rafael ele ainda não produz... visto ter a intenção de fazer tal grade, né?

Ah, então se aceita sugestão, vamos lá. Quando comecei não tinha ninguém com quem trocar experiência de grade, e é bem ruim trabalhar no escuro.

Eu trabalho também sem pedido, vou atendendo ao varejo e ao atacado na pronta entrega.

Costumo cortar na maioria das vezes P/M/G/GG ou 2P/2M/G/GG, pois os tamanhos P e M têm mais saída. Porém, muitas vezes também corto 1 e 2. Não são os tamanhos que vendem mais, mas gosto de oferecer esta possibilidade ao cliente, visto que existem poucas opções nestes tamanhos no mercado.

Na verdade, o que realmente define cada grade na minha produção é o aproveitamento: se a malha é tubular ou ramada, qual a largura, e quantas peças otimizam o encaixe, compreende? Tudo é custo, e como vendo grade aberta, não me preocupo muito com isso não.... busco fazer o que me ofereça melhor rendimento.

Qualquer dúvida, será um prazer ajudar!

Sim, Paula
Aceito sugestões como muito grado e agradeço a dadas até o momento.

Vou estudar esta possibilidade de trabalhar conforme o aproveitamento.

Aproveitando que vc tocou no assunto, vc tem de pronto uma média de perda dos seus enfestos?



Paula Antonio disse:

Ah, então se aceita sugestão, vamos lá. Quando comecei não tinha ninguém com quem trocar experiência de grade, e é bem ruim trabalhar no escuro.

Eu trabalho também sem pedido, vou atendendo ao varejo e ao atacado na pronta entrega.

Costumo cortar na maioria das vezes P/M/G/GG ou 2P/2M/G/GG, pois os tamanhos P e M têm mais saída. Porém, muitas vezes também corto 1 e 2. Não são os tamanhos que vendem mais, mas gosto de oferecer esta possibilidade ao cliente, visto que existem poucas opções nestes tamanhos no mercado.

Na verdade, o que realmente define cada grade na minha produção é o aproveitamento: se a malha é tubular ou ramada, qual a largura, e quantas peças otimizam o encaixe, compreende? Tudo é custo, e como vendo grade aberta, não me preocupo muito com isso não.... busco fazer o que me ofereça melhor rendimento.

Qualquer dúvida, será um prazer ajudar!

Ahn, como assim? O aproveitamento? Você vai trabalhar ramado ou tubular? Depende da modelagem e da largura. Se é manga longa, manga curta, sem manga...

Não se esqueça de considerar o consumo do galão ao fazer o custo. Eu de cabeça não guardo nada, pois trabalho com muitos itens masculino feminino, 0 a 12 anos, adulto etc... mas amanhã abro no sistema e te passo...

Olá Rafael. Se estiver em São Paulo e precisar de  uma assessoria nesta  parte  de  produção até o produto

pronto embalado,tenho pleno conhecimento no assunto;  desde o tecido, risco encaixe da grade que precisar.

tels fx 11 2296 59 38 ..cels 11 948 292 314 tim- 994 389 477 claro - 966 820 357 Oi .

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço