Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Área de vestuário fecha 8,8 mil vagas de trabalho no país em fevereiro

O Sindicato das Indústrias de Vestuário e Confecção do Estado de São Paulo (Sindivestuário) informou nesta quarta-feira que o setor fechou em fevereiro 8.750 postos de trabalho em todo o país, dos quais 1.239 no Estado de São Paulo.

No acumulado de 12 meses até fevereiro, a queda foi de 107 mil vagas no Brasil e 33 mil em São Paulo. Diante desses resultados, a entidade estima que o setor pode fechar até o fim do ano 180 mil postos de trabalho.

"Não há perspectiva de sairmos dessa situação. Nem que haja uma melhora no segundo semestre, não será possível reverter essa tremenda curva de queda da produção que gera tanto desemprego", disse Ronald Masijah, presidente do Sindivestuário.

O fechamento de postos de trabalho acompanhou a queda na produção do setor. No acumulado de 12 meses até fevereiro, o recuou foi de 10,8%. Para o ano de 2016, a previsão é de uma retração de 15%.

Segundo Masijah, a "instabilidade política no país gera uma letargia geral no setor produtivo". "E isso influencia também os consumidores, que não compram. A estagnação é total. Esperamos que a situação político-econômica se resolva o mais breve possível, para que os empresários retomem os investimentos", afirmou.

O presidente da entidade voltou a defender o impeachment da presidente Dilma Rousseff. "A mudança de governo é a única forma de se retomar a confiança para novos investimentos." O executivo informou que a posição foi tomada devido à situação política e econômica do país "insustentável".

http://economia.uol.com.br/noticias/valor-online/2016/03/23/area-de...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 593

Responder esta

Respostas a este tópico

ladeira abaixo!!!e sem perspectiva.....enquanto brigam para nao largar o osso...todos padecem pela irresponsabilidade deste desgoverno!! e tem idiotas que ainda os defendem!!!
sao totalmente insanos!!!

adalberto
É realmente inacreditável que a ganância de poucos pelo poder e dinheiro consegue fazer com um país!!!
Adalberto concordo 100% com sua colocação.
Ao meu ver somente quem ganha algo, e digo algo financeiramente com esse governo é que o defende. Seja bolsa família, seja cache para ir a manifestações, seja cache para fazer propaganda na TV.
Infelizmente ainda se tem pessoas que só pensam no momento e em si, afim de um dinheiro no fácil.
Dissimulacão disfarçada de positivismo e esperança, essa é arma e desculpa dos que tapam o sol com a peneira a fim de permanecerem extorquindo e falindo o nosso país.

   " O executivo informou que a posição foi tomada devido à situação política e econômica do país "insustentável".

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço