Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Selo verde para os produtos produzidos na Amazônia. Esperança de lucros para os produtores de tecido da floresta.

          No território do Amazonas existem várias cooperativas sustentáveis que fabricam o conhecido "Tecido da Floresta", anteriormente conhecido erroneamente como couro vegetal, que é feito através da aplicação de uma camada de látex sobre um tecido de algodão ou similar, passando por um processo de defumação ou estufa.

         Segundo o Presidente da Cooperativa Coopflora  o número de pessoas no Brasil que trabalham com este processo artesanal é inferir a 600 pessoas, e uma das cooperativas está localizada em Machadinho do Oeste em Rondônia. Esta foi a alternativa que estes seringueiros encontraram para sobreviver frente a concorrência com a borracha sintética e não agredir o meio ambiente, uma vez que o trabalho dos seringueiros inibe os madeireiros com relação as derrubadas.

          A legalização de um selo verde poderá auxiliar tanto produtores como consumidores na garantia da origem do produto. Conforme anunciado esta semana a certificação do Selo Amazônico, proposta por empresários à Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), deve entrar em vigor no final de 2012. Ganhará o selo produtos que contenham matérias-primas extraídas da floresta.

          Serão certificados Inmetro diferentes produtos produzidos nos nove estados da Amazônia Legal que, além de serem ecologicamente sustentáveis, remunerem o conhecimento das populações tradicionais e não explorem trabalho escravo ou infantil.

          O Brasil e o mundo vão saber que aquele produto foi feito com mais dignidade para todos, ressalta o presidente do sindicato, Valdemir Santana, que pretende encaminhar a proposta do selo ambiental e trabalhista ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

O selo proposto pelo sindicato pode servir como recurso para evitar casos de abuso, como agressões físicas e assédio a trabalhadores que ocorreram recentemente em empresa de capital asiático instalada no Polo Industrial de Manaus.

 

Exibições: 362

Responder esta

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço