Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Exportações cresceram 16% em 2014, diz entidade do setor, apoiadas em políticas governamentais e das grandes marcas que procuram coibir trabalho insalubre.

Bangladesh continua impulsionando sua indústria têxtil. A meta é dobrar a produção e atingir faturamento de US$ 50 bilhões em seis anos, de acordo com a Associação de Fabricantes e Exportadores de Vestuário do país. Segundo maior exportador de vestuário do mundo, depois da China, Bangladesh aumentou em 16% o envio de peças ao exterior até março de 2014, comparado ao mesmo período do ano passado. Com cerca de 4 mil fábricas de roupas, emprega 3,6 milhões de pessoas. A região tem potencial de aumentar suas exportações devido à qualidade e o custo de seus produtos, afirma balanço da entidade.

De acordo com a avaliação dos dirigentes, a partir da tragédia do Rana Plaza, desabamento de um prédio industrial na capital Dacca, que matou mais de mil pessoas, em abril de 2013, o perfil do setor mudou. O país ganhou atenção das marcas internacionais no cuidado com a produção, políticas governamentais e regulação trabalhista. Fabricantes estão trabalhando para realocar trabalhadores de plantas perigosas para locais construídos com mais segurança. Em 2021, Bangladesh vai comemorar 50 anos de independência da Índia, data marcada no calendário para o setor têxtil dobrar de tamanho saindo dos atuais US$ 24 bilhões.http://www.gbljeans.com.br/noticias_view.php?cod_noticia=5755

Exibições: 341

Responder esta

Respostas a este tópico

Bom dia!

Nós confeccionistas no Brasil ficamos cada dia com menos condição para desenvolver e aumentar nossa produção! Será que o governo brasileiro não acompanha o declínio no setor textil do Brasil que vem lladeira abaixo?

Só lamento!

Cada vez mais dificil, negocios minguando, na luta desesperada pela sobrevivenvia.

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço