Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Biotecnologia Aplicada à Indústria Têxtil - Parte 2

A indústria têxtil utiliza enzimas nas fases de fiação, tingimento e acabamento dos tecidos. Estas enzimas objetivam: a limpeza de superfície do material e redução das pilosidades; melhoramento de características de toque (maciez), produz uma melhor ótica da superfície.
Em muitos processos as enzimas podem substituir substâncias químicas sintéticas e contribuir para processos de produção ou gerar benefícios para o meio ambiente, por meio da biodegradabilidade e pelo menor consumo de energia. Elas são mais específicas em sua ação do que as substâncias químicas sintéticas.

Os processos que empregam enzimas, portanto, produzem menos subprodutos residuais, propiciando a obtenção de produtos de melhor qualidade e diminuindo a probabilidade de poluição.
O tratamento enzimático das fibras de algodão pode ser dividido em:desengomagem enzimática,biopreparação e bioacabamento.

A desengomagem enzimática visa eliminar a goma dos fios de urdume singelos de algodão através da utilização de amilases.
O mecanismo geral deste método reside em dimimuir o peso molecular dos carboidratos tornando-os solúveis em água.
Para impedir o rompimento do fio na tecelagem os fios são engomados.Após a formação do tecido essa goma deve ser removida.Para evitar danos causados pela desengomagem com ácidos ou agentes oxidantes como persulfatos (de sódio,amônio ou potássio)ou peróxido de hidrogênio,em meio fortemente alcalino a altas temperaturas,causando a redução da resistência dos tecidos devido a degradação da fibra, são utilizados amilases para remoção da goma de amido.A desengomagem enzimática depende do teor de amilase,temperatura,pH e condições de lavagem no final do processo.

A biopreparação,biopurga,purga enzimática visa a remoção das impurezas não celulósicas com enzimas,como:pectinases para remoção da pectina,proteases para proteínas,lípases para gorduras,sendo que alguns pigmentos naturais associados com os compostos não celulósicos podem ser desprendidos da fibra.Essas enzimas podem ser utilizadas individualmente,entretanto são obtidos melhores resultados quando utilizadas de forma combinada,geralmente a temperaturas menores que a purga convencional.
Na biopreparação podem ser utilizadas pctinase,lípase,protease e celulase.

O bioacabamento é o termo usado para descrever a remoção das fibrilas ou microfibilas do algodão usando celulases.

Exibições: 323

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de Reginaldo Rosa Cotto de Paula em 24 fevereiro 2010 às 10:31
Muito interessante este tema.
Comentário de Sergio L.Cabral em 23 fevereiro 2010 às 22:44
Sem duvidas tem me acrescentado muito seus textos Elisângela!!Espero os próximos!!!
Comentário de Nilo Antunes Naime em 23 fevereiro 2010 às 20:15
Muito bom o tema.
Estou aprendendo bastante, espero poder continuar recebendo esses ensinamentos.
Parabéns pela iniciativa.
Nilo Naime

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço