Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Cai a máscara: PT não quer participação popular coisa alguma!

Até as pedras já sabiam, mas não alguns “intelectuais”, naturalmente. Falo dos que votaram no PT e repetem por aí que o partido foca no “social” e deseja maior “participação popular”. São aqueles que defendem os “soviets”, os “conselhos populares”. São os que acham que Cuba tem um “governo popular”, não um senhor feudal com 11 milhões de escravos. E eles acreditaram que a “democracia direta” era uma boa ideia para superar o fisiologismo do Congresso, para descartar o PMDB, por acaso aliado do PT.

Aquilo que as pedras sabiam e os “intelectuais” ignoravam ficou evidente demais nesta terça. Algumas pessoas foram protestar no Congresso com toda a legitimidade de cidadãos que são, contra a tentativa de o governo rasgar a Lei de Responsabilidade Fiscal e oficializar o calote, ignorando que não cumpriu os limites orçamentários. Era gente do povo brasileiro, trabalhadores se manifestando contra um absurdo completo do governo, mais um.

E o que aconteceu? Renan Calheiros, presidente do Senado e cacique do PMDB, aquele que precisa ser “superado” pela “democracia direta”, incorporou o autoritarismo típico dos tiranos adorados pelo PT e pelos “intelectuais” e partiu para a grosseria e truculência. Aquela gente teria de sair de lá imediatamente, seria expulsa. Onde já se viu protesto na Câmera? Onde já se viu… participação popular?!

Eis a imagem de uma senhora que fazia parte dos protestos sendo levada pelos seguranças da “casa do povo”:

Senhora expulsa Congresso

Será que ela não é do povo? O que fica claro, ao menos para quem tem olhos para enxergar e cérebro para raciocinar, é que todo o discurso petista de maior “participação popular” é um total engodo, uma mentira, uma empulhação. Como ocorre na Venezuela, e como foi o “orçamento participativo” de Olívio Dutra no Rio Grande do Sul, logo dominado pelos próprios petistas. O povo acaba afastado das decisões, pois é um conceito seletivo.

Para o PT, povo é apenas aquela parte do povo que concorda com suas práticas, que se veste de vermelho, que chama bandido mensaleiro de herói injustiçado, que recebe soldo de sindicatos ou ONGs ligadas ao governo. O restante é “elite branca golpista”. Temos 51 milhões de membros da tal “elite branca golpista” no país!

Não, meus caros “intelectuais”, o PT não quer saber de maior “participação popular” coisa alguma. O PT quer a hegemonia do poder, driblando a necessidade de negociar com e fazer concessões aos demais partidos no Congresso. Quer isso manipulando as massas ignorantes, comprando votos e usando seu exército de soldados pagos, os militantes dos “movimentos sociais”, que chama de povo.

Os trabalhadores que pagam pesados impostos e vão voluntariamente protestar no Congresso contra um calote fiscal indecente, esses não são parte do povo, e merecem ser calados, expulsos. E claro, no mundo ideal deles, aquele existente em Cuba, sob o regime que aplaudem, seriam logo presos ou fuzilados, que é para não encherem muito o saco dos representantes do povo…

Rodrigo Constantino

Exibições: 53

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço