Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Carga de tecidos avaliada em R$ 200 mil é apreendida com cinco suspeitos | http://tribunadonorte.com.br/ |

Agentes da Polícia Civil apreenderam, na última quarta-feira, no Ceará, o carregamento de tecidos chineses que havia sido roubado no dia 24 de maio, nas proximidades do Posto São Romão, localizado às margens da BR-304, em Mossoró. Três dias após o roubo da carga, os ladrões abandonaram o caminhão perto da delegacia do município de Caraúbas.

Segundo o titular da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Mossoró (Defur), Luís Fernando, o carregamento foi encontrado em um depósito na cidade cearense de Messejana.

Além dos tecidos, os agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), em Fortaleza, também localizaram os suspeitos do roubo e da receptação. Foram presas as seguintes pessoas: André Wagner Barbosa, que disse residir no bairro Mangueira, na cidade de Macau, Rio Grande do Norte; Manoel Delmontier Gomes, de Iguatu, Ceará; Petrúcio Leal Bezerra, de Juazeiro do Norte, Ceará; Francisco de Assis Henrique da Silva, de Bayeux, na Paraíba; e Naudenir Macário dos Santos, do Rio de Janeiro.

O delegado Luís Fernando irá ao Ceará para complementar as investigações e concluir o inquérito policial. A polícia quer saber se os ladrões de carga contaram com a ajuda de alguém de Mossoró ou da região Oeste.

Tecidos chineses estão avaliados em 200 mil reais

O carregamento de tecidos da China está avaliado em R$ 200 mil e foi tomado de assalto por três homens encapuzados e armados, em uma caminhonete S-10.

O motorista Paulo Roberto Alves de Oliveira, 51, ficou refém sob a mira de arma por cerca de duas horas, até ser abandonado em um matagal, nas proximidades do município de Tibau.

Segundo o motorista, ele havia estacionado o caminhão com cavalinho Mercedes Benz, placa HVI-4748; e com uma carreta, modelo Randon, amarela, de placa HUH-4807, ambos de Fortaleza/CE, quando foi abordado pelos assaltantes.

O veículo, pertencente à empresa Termaco, estava carregado com tecidos que haviam sido embarcados em Fortaleza, e seguiam com destino a Sergipe. A polícia acredita que os ladrões de carga agiram com a ajuda de um técnico em eletrônica, pois, após roubarem o veículo, os bandidos desligaram o sistema de rastreamento da carreta, controlado por satélite.

Fonte: O Mossoroense

Exibições: 56

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2019   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço