Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Como o novo coronavírus está transformando e poderá impactar a forma de atuar dos pequenos negócios

As mudanças fazem parte da vida. Existem as mudanças desejadas e as imprevistas. Independentemente do jeito que for, as novas situações nos levam a buscar diferentes formas de adaptação e nos dão a oportunidade de ampliar nossas experiências e amadurecer.

Como o novo coronavírus está transformando e poderá impactar a forma de atuar dos pequenos negócios

O novo coronavírus apareceu e está forçando a todos a mudarem as suas rotinas. Toda mudança leva a algum tipo de perda, mas as perdas são naturais e traz aprendizados e experiências que fazem parte do movimento da vida. São importantes para que novas ações, possam, de fato acontecer. E por mais que haja vontade, existe um elemento essencial para fazer a passagem da condição antiga para a nova: coragem! Essa capacidade de enfrentamento dos desafios é essencial para abrir o caminho e chegar onde é preciso.

A coragem associada a outros elementos é o que sustenta a travessia. E durante este caminho, dúvidas tendem a surgir intensamente: ‘será que fiz/estou fazendo certo?’ ‘será que vou dar conta?’ Isso acontece porque uma nova conjuntura está se formando. E as pessoas tendem a se tornarem mais tolerantes perante as adversidades e mais capazes de superar os próprios desafios.

O fato é que para se manterem no mercado as micro e pequenas empresas precisam neste momento se adequar às ocasiões e, de forma rápida, tomarem decisões que visem mantê-las no mercado.

Presença no mundo digital

Uma dessas condições é estarem presentes e atuantes no mundo digital. As empresas que achavam não ser necessário estar nesse ambiente, estão de certa forma se vendo obrigadas a estarem. E para isso precisam rapidamente se adequarem à nova realidade face a pandemia do novo coronavírus.

Nesse primeiro momento é necessário estar no ambiente online como questão de sobrevivência, e também, como forma de ajudar o mundo a passar por essa situação. Então podemos dizer que é o momento de aproveitar a oportuidade de não quebrar, para se manter no mercado diante a circunstância.

À medida que está situação se normalizar (esperamos que seja o quanto antes), fica(m) um (ou vários) legado(s):

  • Como a sua empresa tem influenciado a vida dos clientes e consumidores?
  • Que impacto a sua empresa tem causado/causou na vida das pessoas?
  • Que tipo de influência tem deixado por onde passa?
  • Qual é a marca que a sua empresa tem deixado?
  • Qual é a marca que quer deixar?

Cabe ressaltar a Covid- 19 impulsionou a aceleração do mundo digital, e o mundo não será mais o mesmo após essa crise passar. E agora, mais do que nunca é fundamental a operação digital dos pequenos negócios para tentar atravessar essa crise. Confira no final deste artigo as ferramentas disponibilizadas pelo Sebrae para ajudar as micro e pequenas empresas.

Legado das empresas diante da ocorrência do novo coronavírus

Legado não é o que você deixa quando morre, mas o que entrega quando sai de algum lugar. Em suma, legado é a herança imaterial, aquilo que você entrega às pessoas que estão ao seu redor; sua marca. Então, se perguntasse aos clientes e consumidores: “Qual é a marca que a minha empresa deixou em suas vidas?”, qual seria a resposta?

Não precisa responder agora, pois nesse momento existe a necessidade de sobrevivência do empreendimento. Mas assim que puder, pense no que pode ser transmitido às gerações que se seguem.

Como aproveitar as boas práticas e lições aprendidas desse momento?

Anote o que deu certo e errado, e sempre revisite essas anotações para que possa ajudar nas tomadas de decisão futuras visando mais assertividade, principalmente em momentos como este, adverso e atípico a tudo ao que já foi vivido.Torne essa atividade uma prática da sua gestão.

Uma coisa é certa: o principal legado que fica para o mundo empresarial é que tudo muda rapidamente e é preciso ser flexível para aceitar as mudanças. Não é novidade que a tecnologia tem provocado revoluções em vários setores. E para os negócios não serem engolidos por ela, as empresas precisam se adaptar para aproveitar as ondas de oportunidades que se formam diante desse cenário. Ter soluções digitais é fundamental para vender seus produtos e/ou serviços para mais pessoas, com a possibilidade de ter um maior alcance e não ser esquecido.

Confira algumas dicas de inteligência competitiva para o seu negócio estar à frente no mercado de atuação:

o Monitore constantemente o mercado; o Busque informações estratégicas para obter conhecimento sobre o seu mercado de atuação; o Inove sempre; o Atente-se aos novos hábitos dos consumidores (gerações millenial, z, alpha, terceira idade, etc); o Busque medidas e soluções diante qualquer tipo de crise. Esteja sempre preparado; o Atue em redes de colaboração, pois juntos somos mais fortes; o Faça benchmarking; o Aprenda a se adequar à realidade num curto espaço de tempo; o Dialogue: o diálogo é imprescindível para a sobrevivência de uma sociedade; o Construa uma presença digital forte, lucrativa e consistente para o seu negócio; o Antecipe-se às necessidades dos clientes.

Ferramentas disponibilizadas pelo Sebrae

O Mercado Azul é uma vitrine de negócios que divulga empresas, profissionais qualificados, produtos e serviços para seu negócio. O site permite aos empresários anunciarem produtos e serviços a custo zero e sem burocracia com objetivo de facilitar a busca de produtos e serviços. Acesse:https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/pa/pa–sebrae–a–z/m...

A ferramenta Aceleração Digital é a oportunidade de aplicar na prática os conceitos do marketing digital, com uma consultoria personalizada, para fazer o seu negócio vender mais de verdade! Saiba mais em: https://sebraevarejodigital.com.br/produto/aceleracao-digital/

Autora: Mara Godoy – Gestora de Conteúdos dos Portais Sebrae Inteligência Setorial e Rio Oportunidades de Negócios e Analista de Inteligência Competitiva da Gerência de Conhecimento e Competitividade do Sebrae/RJ

Exibições: 17

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço