Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

OBSERVAÇÕES:

O post a seguir é parte de uma Monografia elaborada pela autora desse post para a obtenção do título de especialista em Química [lato sensu].

Caso queira acessar a monografia, disponibilizo a versão completa da mesma, assim como outras informações no meu blog Infinito e Diverso.

 

===================

 

Os corantes indigóides são considerados os mais antigos, pois foram utilizados por mais de cinco mil anos para o tingimento de lã, linho e algodão (HUNGER, 2003 apud GOMES, 2009). Possuem uma estrutura molecular complexa, o que o torna mais estável quimicamente e mais resistente aos processos de biodegradação e de remoção mais comumente utilizados para tratamento de efluentes (CHAVES, 2008). O corante índigo carmim (Figura 04) é o único corante desta classe permitido no Brasil, para utilização no setor alimentício (PAVANELLI, 2010).

 


 

 

Figura 04 – Índigo Carmim

 

Fonte: PAVANELLI (2010).

 

REFERÊNCIAS

 

Não consegui disponibilizar as referências aqui, pois a formatação dos links disponibilizados nela, não é compatível com as configurações desse blog, contudo, quem quiser visualiza-las, elas encontram-se disponíveis em meu blog (Infinito e Diverso).

 

Exibições: 757

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço