Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Eco-leather: o couro que vem das plantas

moda-sustentabilidade

Richard Wool e seu couro vegetal. É possível, sim! Foto: Animal Equality

O Professor de Química e Engenharia Biomolecular Richard Wool, da Universidade de Delaware nos Estados Unidos, está comandando pesquisas para o desenvolvimento de “couro” de origem vegetal.
O material, que está sendo chamado de Eco-Leather, é produzido a partir de fibras naturais como o algodão e o linho, misturadas com óleos de milho, de soja e de outras plantas. Os materiais são dispostos em camadas sobrepostas, e o resultado é bastante semelhante ao couro de animais.
Segundo Wool, o Eco-Leather pode ser utilizado da mesma maneira que o couro “convencional”, para a confecção de calçados, bolsas e acessórios. E além de ser um produto que não agride os animais (podendo ser classificado como sustentável, de certa forma, e uma ótima opção para vegans e ativistas), é mais rentável, mais resistente e mais durável que o couro. Pelas palavras do próprio Wool, “nós podemos desenvolver couro muito melhor que os próprios animais”. Até então, ideia totalmente impossível para todos, não acham?
Empresas esportivas como a Nike, a Adidas e a Puma já estão solicitando amostras do Eco-Leather para fazer testes. Ainda irá demorar um pouco, mas a pesquisa é bastante promissora e no futuro poderemos ver produtos fabricados com couro vegetal nas prateleiras do mundo todo.
Via Animal Equality e Ecouterre

 

Layla Mendes

Fonte: http://www.tendere.com.br/blog/2014/06/20/eco-leather/

Exibições: 109

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço