Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI

Ecossistema de Delivery deve movimentar R$ 1 Trilhão em três anos

Em alguns anos, a cena mudou completamente: em vez de clientes, restaurantes e shoppings têm recebido cada vez mais motoboys. O mercado de delivery experimenta um “boom” que gerou mais de US$ 1,5 bilhão (R$ 5,69 bilhões) em aportes financeiros aos dois principais aplicativos de entrega desde novembro de 2018.

Resultado de imagem para imagens de ECOSSISTEMA DE DELIVERY

Na opinião de Andreas Blazoudakis, CEO do Delivery Center, esse será o cenário no futuro próximo. “O desafio é bem grande. É um mercado que deve movimentar R$ 1 trilhão nos próximos três anos”, afirmou em palestra no Fórum E-Commerce Brasil 2019.

O CEO participou da criação de 17 startups em toda sua carreira. Ele explica que a forma como o consumidor quer receber seus produtos mudou completamente. E para essa experiência ser espetacular, a integração de todo ecossistema é o maior desafio.

Na sua visão, o fato de lojas online se transformarem em “e-commerces urbanos” vai fazer esse mercado crescer dez vezes nos próximos anos.

Só entre os maiores players do mercado – Mercado Livre, Amazon, Rappi e iFood (empresas que aparecem no slide abaixo) – estão concentrados US$ 4 bilhões (R$ 15 bilhões) investidos nos últimos seis meses, segundo Blazoudakis.

Segredos das companhias

Andreas explicou que as empresas têm estratégias que já são públicas. O segredo para diferenciar uma companhia, é a tática. Para exemplificar, ele deu como exemplo o comércio urbano, das ruas, que não vem do Vale do Silício. “Vem da China e Índia. Isso está deixando as empresas do Vale sem saber o que está acontecendo”.

Esse mercado vai catapultar a penetração de E-Commerce, ele acredita. “Na Avenida Faria Lima, em São Paulo, se vê Patinetes, UBER, 99, iFood, Rappi… Todo mundo vivendo aquela economia compartilhada. O que eles estão fazendo? Estão fazendo e-commerce. Eles são a nova geração das empresas de e-commerce. O E-Commerce Urbano.”

Ele afirma que esse tipo de negócio, como o do Delivery Center, não é novo. Isso já existe na China e na Índia. Lá se faz o Delivery de foods & Goods e de CDs e de Centros Urbanos na mesma plataforma. O Alibaba entrega, por exemplo, cerca de 20 milhões de delíverys de comida por dia”, diz Andreas.

O que acontece quando você integra os deliverys? De acordo com o CEO, é possível entregar um tênis a preço e prazo de Hambúrguer. Essa tendência vai transformar as empresas de E-Commerce em Fintechs. No final da história, tudo vai girar em torno dos pagamentos.

Fonte: E-Commerce Brasil

http://sbvc.com.br/delivery-movimentar-1trilhao/

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 28

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI

© 2019   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço