Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

EM PORTUGAL: Apoios a 2000 PME vestuário, têxtil e calçado atingem 554 M€

Fonte:|diariodigital.sapo.pt|

O Governo já concedeu 554 milhões a cerca de 2.000 empresas da indústria do têxtil, vestuário e calçado no âmbito do Plano de Apoio ao Sector das Indústrias da Moda, entre linhas de crédito, seguros de crédito e outros apoios à internacionalização.

O Plano de Apoio ao Sector das Indústrias da Moda (PADIM) tem uma dotação de 850 milhões de euros para apoio aos sectores do têxtil, vestuário e calçado e inclui 23 medidas específicas para aquelas indústrias, no âmbito dos incentivos transversais de apoio à economia.

Divididas em quatro eixos, as 23 medidas específicas de apoio àquelas indústrias apostam no apoio ao financiamento, exportações e promoção externa das empresas, modernização tecnológica e estímulo ao emprego e qualificação.

Os 554 milhões de euros representam cerca de dois terços (65 por cento) da dotação total e grande parte (329 milhões) diz respeito a 1.655 projectos referentes a linhas de crédito PME Investe, de acordo com dados do Ministério da Economia.

Também no domínio do financiamento (Eixo 1), foram aprovados 22 projectos de acesso a capital de risco, no montante de 64 milhões de euros

No Eixo 2, de "apoio à internacionalização e promoção externa", 137 empresas beneficiaram do Programa PME Segura (seguros de crédito), garantindo mais de 86 milhões de euros de exportações e 55 projectos foram aprovados para o apoio à internacionalização, no âmbito do QREN, num montante superior a 25 milhões de euros.

Já no Eixo 3, de "Ajustamento do perfil industrial e tecnológico do sector", foram apoiados 183 projectos (QREN), num valor de incentivo superior a 50 milhões de euros.

O quarto eixo do plano visa "assegurar os níveis de emprego, nomeadamente emprego qualificado durante os anos de 2009 e 2010, e promover a formação profissional e a qualificação dos recursos humanos".

O plano de apoio foi desenvolvido pelo Ministério da Economia e da Inovação em conjunto com várias associações empresariais do sector, tendo em conta que a indústria do têxtil, vestuário e calçado apresenta "uma forte vocação exportadora".

De acordo com dados do Ministério da Economia, as empresas de têxtil e vestuário representam 12 por cento das exportações portuguesas e 23 por cento do emprego da indústria transformadora. O sector do calçado representa 4 por cento do total das exportações nacionais 6 por cento do emprego da indústria transformadora.

Exibições: 51

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço