Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Espaço de manobra dos países ricos diminuiu, diz OCDE

Espaço de manobra dos países ricos diminuiu, diz OCDE

 


Maioria das economias avançadas está com juros baixos e pouca munição do lado fiscal, alerta secretário-geral

 


25 de fevereiro de 2012 | 3h 05
Notícia
A+ A- Assine a Newsletter LUCIANA ANTONELLO XAVIER, ENVIADA ESPECIAL , CIDADE DO MÉXICO - O Estado de S.Paulo
O secretário-geral da Organização para Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), Angel Gurría, alertou ontem para a necessidade de reformas estruturais nas economias avançadas em um momento de grande "incerteza econômica global" para estimular o crescimento e criar empregos. Até porque, conforme lembrou o secretário, a maioria das economias avançadas está com juro em níveis perto de zero ou excepcionalmente baixos e pouca munição no lado fiscal.

"A crise acelerou a busca dos países por reformas uma vez que o espaço de manobras nessas economias está reduzido", disse Gurría, ao apresentar o relatório Aposta pelo Crescimento, antes do encontro deste final de semana dos ministros de Finanças e presidentes de bancos centrais das 20 maiores economias do mundo, o G-20.

O discurso de Gurría assim como o de banqueiros e autoridades reunidos ontem para seminário do Instituto Internacional de Finanças (IIF) , no mesmo hotel, na Cidade do México, sinaliza que não somente a crise grega e da dívida soberana estarão no foco do G-20, mas também como fazer para reduzir a alta taxa de desemprego e permitir que essas economias possam voltar a crescer.

Gurría reconhece que muito já foi feito rumo à implementação de reformas e adoção de planos de austeridade fiscal nos países da zona do euro, especialmente Grécia, Portugal, Espanha e Irlanda. Mas tudo o que foi feito até agora não se mostrou suficiente.

Acordos. Gurría elogiou o acordo fechado ontem para reestruturação de sua dívida que o sucesso do programa no longo prazo irá depender dos esforços da Grécia em avançar em reformas estruturais e sociais para impulsionar os motores de crescimento da economia. Para ele, as medidas incluídas no pacote grego são "amplamente consistentes com as recomendações da OCDE para aumentar o crescimento e a competitividade" e frisou que a OCDE segue pronta a apoiar e trabalhar juntamente com a Grécia e instituições europeia para ajudar na agenda de reforma dos gregos.

"É urgente que a Grécia melhore a arrecadação de impostos, impulsione privatizações e faça reformas no mercado de trabalho", disse. Ele já havia dito um pouco antes que a melhor saída para os credores privados seria aceitar a troca de bônus proposta pelos gregos.

Questionado sobre o risco de default do país, Gurría disse que o mundo está mais preparado hoje para lidar com um default, mas ressaltou ser impossível saber quais seriam os efeitos.

Exibições: 47

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2019   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço