Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

As exportações brasileiras de moda caíram 7% nos últimos cinco anos, de US$ 162 milhões, em 2009, para US$ 150 milhões, ano passado. No Rio de Janeiro, porém, as exportações cresceram 17% em 2013, para US$ 22 milhões, atingindo 15% das vendas nacionais. Com isso, o estado chegou à terceira posição no ranking da moda.


Nos demais estados que lideram as vendas externas do setor, a tendência foi de queda: São Paulo exportou US$ 48 milhões, com retração de 16% sobre 2009, e Santa Catarina, US$ 44 milhões, recuo de 14%.

Os números foram divulgados pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), durante o Fashion Rio, evento incluído no calendário nacional da moda.

Segundo Cláudia Teixeira dos Santos, especialista em comércio exterior da Firjan, o resultado do Rio está relacionado "à agregação de valor vinculada" ao produto do estado. "Temos um produto que, de fato, representa a alma do estado. Tem design, tem diferenciação", destacou.

Para ela, boa parte da queda nas vendas de São Paulo e Santa Catarina deve-se à competição externa muito forte, sobretudo da China e da Índia. Cláudia destacou que os preços dos dois países são bem mais baixos e "os produtos menos diferenciados, de modo geral".

Principal destino da moda fluminense, os Estados Unidos mantiveram a posição nos últimos cinco anos e também passaram a comprar produtos de maior valor agregado.

"Nesse período, o preço médio do quilo de moda exportado pelo Rio de Janeiro (para os EUA) dobrou de US$ 58 para US$ 123", disse Cláudia.

O programa de atração de grandes compradores dos países mais desenvolvidos contribuiu para valorizar a moda do Rio. Segundo a Firjan, o preço médio do produto exportado atingiu US$ 114 o quilo, ano passado, no bloco formado por Estados Unidos, Canadá e México. Na Ásia, o destaque foi o Japão, com quilo médio de US$ 217.

Fonte: www.ecofinancas.com

Exibições: 109

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço