Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Querem cobrar imposto de renda as Lojas Maconicas. Creio ser isso uma atitude draconiana e inconstitucional.

A maçonaria eh TEíSTA. Se não houver crença num Deus, um não poderá se tornar BODE. Agora se o Deus é chamado de Tupã, Got, Dios, Deus, Dios, Dieu isso é imaterial. Ele leva na Maçonaria um nome genérico de G:.A:.D:. U:.

Seria bom mesmo que cobrassem imposto de renda as lojas: Computando todas  as benesses feitas e as obras filantrópicas, a União teria que DEVOLVER dinheiro as Lojas.

E quem poderia debater de cátedra o que é organização filantrópica, de filósofos, de humanistas, de religiosos e afins? Seria uma briga de semântica que se estenderia ate o juízo final. Se voce adorar - e provar a sua fe - as fezes, a constituição lhe permitira a formação da Religião da “Iluminada Escatologia”!

Ate anos atrás essa campanha era aplicada aos protestantes. Depois as religiões Africanas. E por ai vai. Os BODES sempre defenderam a liberdade de culto. São guardiões da separação da Igreja e do Estado. Se ha essa separação, que TODOS paguem imposto e recebam as suas deduções. Poucas entidades religiosas receberão retornos em seus impostos de rendas, mas a Maçonaria certamente a recebera.

Essas picuinhas com a Maçonaria são antigas e é norma cíclica e recorrente através do século. Narciso detesta tudo que não reflete imagem; os obscurantistas sempre procuram a voltar a Santa Inquisição.

Mas a maçonaria é Luz do Oriente - e não se para o sol.

Todas essas criaturas passarão e cá entre nós, entre colunas, os Lojas ficarão,  - ainda que escondidas.

Nosso país é safado, corrupto, murista, deseducado, gersista e terceiro mundista. Há uma oligarquia de 2% que nos conduz como gado, tanto em politica bem como em negócios.

Para esses roedores e insetos, as trevas são o seu habitat de operações. E eles detestam a LUZ. Levemos então ao STF o caso. Lá tem alguns “bodes” e se não me engano uma “Acácia”.

Exibições: 220

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de Sam de Mattos em 2 novembro 2012 às 11:10

Rsrsrsrs: Voce esta certíssimo... Quem manda?!

Claro Oscar essas visões da Maçonaria são idealísticas; é o que se almeja, eh o que seria o objetivo final. O humano é visto como uma pedra bruta que ao galgar a escada de Jacó, ele vai se polindo. Uns tentam galga-la, uns rapidamente e outros a medida de seu folego. Cumpre-se também a observar que os seres humanos, às minhas luzes, são basicamente constituídos de duas etnias, tribos, nações ou grupos: Gente boa e FDPs. Sendo a Maçonaria constituída de homens, ela é também susceptível de individualmente se enquadrar numa dessas categorias. Mas noto que lá ha um esforço intenso em separar o joio do trigo. Isenção de imposto parece ser para Escolas de Samba, Quilombolas de Olhos Azuis, Indios de Carros Importados,  Partidos Políticos, “Caixasdualistas”, aposentados políticos, multimilionários, Padres e Pastores de imensos flocos virtuais e afins...

Pó deixem os Bodes em Paz: Afinal essa gente não faz nada... Exceto hospitais, asilos, assistência carcerária, escolas, declararam a independência do Brasil, da Venezuela, da Argentina, da América Latina, dos Estados Unidos; foram responsáveis a Liberdade da Franca, a Unificação da Alemanha, a Defesa do Dreyfus, denunciaram os Campos de Concentração na II Guerra, Lideraram movimentos anti-Hitlerista, antifascismo e por ai vai.

Ah Oscar, quem manda nesse pais tão probo essa gente porca tentar fazer marolas?

Comentário de Oscar da Silva em 1 novembro 2012 às 19:39

Mas a culpa é da própria Maçonaria, Sam.

Se, no próprio site, eles não apregoassem que: "A Maçonaria não é uma religião no sentido de ser uma seita, mas é um culto que une homens de bons costumes. A Maçonaria não promove nenhum dogma que deve ser aceito taticamente por todos, mas inculca nos homens a prática da virtude, não oferecendo panacéias para a redenção de pecados", provavelmente seriam "anistiados" ou liberados de pagamento dos impostos.

Também, quem manda querer reunir "homens de bons costumes e que praticam a virtude"?

Agiotas, banqueiros, políticos, partidos (inclusive PCC), ONGS de pilantras, igrejas de fachada, doleiros, money laundering, etc... são plenamente anistiados...

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço