Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Têxtil comemora 35 anos sem acidente de trabalho |paulinianews.com.br|

Unidade da Invista em Paulínia comemora 35 anos sem acidentes de trabalho com afastamento
O vice-presidente de operações da Invista para América do Sul e o México, Nicésio Cascone e o prefeito de Paulínia José Pavan, em evento na empresa

A unidade da Invista, planta de Paulínia (produz o fio LYCRA®,) que tem 450 funcionários, comemorou na sexta-feira (26), um recorde de segurança de 35 anos, sem acidentes de trabalho com afastamento, ou seja, são 12.784 dias, 23 milhões de horas trabalhadas.

Esse recorde se deve ao desempenho de unidade, possível graças ao engajamento de todos os funcionários, durante 100% do seu tempo de trabalho, é motivo de muito orgulho. Os desvios mínimos que podem acontecer são tratados como incidentes e investigados, para que o nível de alerta se mantenha e incidentes de maior consequência sejam evitados. “Esse marco só atingido através de um amplo esforço do compromisso e da disciplina dos funcionários de Paulínia”, declarou o vice-presidente de operações da Invista para América do Sul e o México, Nicésio R. Cascone.

Os números falam por si: são 35 anos sem acidentes com afastamento, sem incidentes ambientais e sem qualquer dano à saúde de funcionários e à comunidade, na unidade de Paulínia, graças a um amplo trabalho efetivo de envolvimento e disciplina dos colaboradores e líderes do grupo. Por mês, somadas as horas de treinamentos, são destinados quase dois dias para levar teoria e prática de segurança aos colaboradores.

“Segurança vem antes de produção. Ao investir nela, além de não ter acidentes agrega disciplina nas rotinas de todos os trabalhos”, comenta Nicésio. Todos os anos, a companhia investe maciçamente em treinamentos com os colaboradores, além disto, outro um fator primordial neste sucesso foi o de envolver e dar a responsabilidade para as lideranças e gestores das plantas fabrís, para verificar e apontar os riscos de determinado processo ou área, sejam esses voltados segurança, à saúde e ao meio ambiente.

Para este recorde há a participação de todos envolvidos na empresa, os próprios colaboradores são estimulados a questionar processos e a sugerir idéias para garantir o bom funcionamento da rotina de trabalho.

Segundo Mário Cuin Jr., gerente de EHS (sigla inglesa para “Meio ambiente, Saúde e Segurança”) da fábrica de Paulínia-SP, “O resultado requer um esforço permanente e incansável na construção de uma cultura de segurança, em todos os níveis da organização, e aplicação com disciplina operacional de ferramentas e sistemas de reconhecimento e controle de riscos. Isso se dá através de abordagens tanto de engenharia como comportamentais de todos os empregados envolvidos no processo, utilizando sistemas e ferramentas de práticas de trabalho seguro, além de análises de segurança e tarefas de processos”.

O gerente da unidade Paulínia, José Antonio Tortorella, conclui a idéia de toda uma empresa: “São 35 anos de incansável busca pela perfeição e com a consciência de que todo acidente é evitável. A prioridade em segurança, com envolvimento e ativa participação de todos nossos colaboradores em entender e avaliar riscos, fazendo uso dos programas e processos existentes em nossa unidade é chave para a manutenção de um local de trabalho seguro. Isto precisa acontecer a cada dia, a cada hora, a cada minuto no trabalho de todos”.

O prefeito de Paulínia, José Pavan Junior, esteve presente ao evento parabenizou a empresa pela conquista, e declarou que este marco é importante para empresa e par o município. Pavan relembrou que em seu primeira administração, o seu vice-prefeito, SR. Cuia, esteve presente na primeira reunião da empresa. “A Invista foi à primeira empresa a abrir as portas para comunidade paulinense”, ressaltou o prefeito.

A Invista é primeira empresa da região a conquistar o certificado do ISO 14000. A empresa é proprietária de mais de 700 patentes concedidas e opera em quatro grandes negócios em todo o mundo. Além de líder nos mercados globais de vestuário, o grupo atua nas áreas de interiores comerciais e residenciais (revestimentos, carpetes e tapetes), produtos intermediários (intermediários de uso farmacêutico, soluções de limpeza, ingredientes para fragrâncias), performance (airbags, tecidos de uso técnico, uniformes e equipamentos civis e militares).

Exibições: 392

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço