Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Notícia publicada pelo jornal DCI informa que o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirmou que o setor automotivo será um dos primeiros contemplados pelos decretos complementares do programa Brasil Maior. No entanto, ele não quis antecipar quais medidas beneficiarão este setor.

 

 Ainda assim, não é segredo para ninguém as medidas necessárias para turbinar este segmento e toda a indústria brasileira. Essas necessidades são ressaltadas pela Interface Engenharia Aduaneira há muito tempo: linhas de crédito para pequenas e médias empresas, queda acentuada dos juros, redução da burocracia e melhoria da infraestrutura dos transportes.

 

Por meio dessa ferramenta, convidamos os empresários a opinarem e destacarem quais outras medidas são fundamentais para o desenvolvimento do País.

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, informou na última sexta-feira que decretos completares ao programa Brasil Maior devem ser anunciados nesta semana. "Estamos trabalhando nisso, o MDIC [Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior], a Fazenda e o Ministério de Ciência e Tecnologia".

Durante o I Fórum Conteúdo Local, realizado no Rio de Janeiro, o ministro rebateu as críticas sofridas pelo programa Brasil Maior. Ele discordou, por exemplo, da análise de que o programa do governo incluiria muitas medidas e ações já conhecidas pelo empresariado. "A crítica de medidas antigas é uma crítica vazia e sem conteúdo, porque senão não poderíamos fazer nada do que já foi feito antes."

Ele explicou que, na prática, o governo está buscando formas novas em instrumentos antigos e que instrumentos novos estão sendo usados "de forma cautelosa". "Este seria o caso de desoneração da folha. Por isso, no caso da folha, só exoneramos quatro setores. No ano que vem, incluiremos mais setores", diz.

Setor automotivo
Pimentel informou que entre os decretos complementares do programa o setor automotivo será um dos primeiros contemplados. Ele não quis antecipar quais medidas beneficiarão este setor, mas reforçou que esse segmento está sendo lembrado nestes decretos. Em palestra a empresários, Pimentel citou a área automotiva como uma das que sofrem acirrada concorrência de importados. De acordo com ele, o governo está atento a este movimento e não vai permitir que o mercado automotivo seja completamente dominado por veículos estrangeiros. "Não estamos dizendo que vamos fechar fronteiras, mas vamos defender o nosso mercado", explicou.

Pimentel mostrou-se otimista quanto à postura brasileira frente ao atual cenário de turbulência internacional. Alegou que a economia brasileira não precisa temer da crise. "Não é que não tenhamos o que temer da crise, mas, como disse o ministro Guido Mantega, nós estamos preparados. Acho que o Brasil é um dos países mais preparados para enfrentar a crise", disse Pimentel, acrescentando, porém, que "mesmo assim, crise é crise e precisamos ter toda a cautela". O ministro também mencionou o atual cenário incerto e comparou o ambiente atual a um navio em um mar turbulento. "Estamos atravessando um processo de transformações, de mudanças de paradigma. Um novo paradigma industrial está emergindo."

 

Fonte: http://www.interface.eng.br/dicas-integra.asp?id=651

Exibições: 49

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço