Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Milhares de operários TÊXTEIS bangladeshiano ameaçados de expulsão nas ilhas Maurícias

Fonte: |panapress.com|

Port-Louis, ilhas Maurícias (PANA) - O Governo maurício decidiu expulsar do seu país, a 31 de Dezembro próximo, milhares de operários do Bangladesh que trabalham na indústria têxtil local, soube a PANA sexta-feira de fonte sindical em Port-Louis.

Nenhuma razão oficial foi dada para justificar esta decisão mas os responsáveis da indústria têxtil indicaram ter recebido instruções das autoridades para anular os contratos destes operários do Bangladesh e os repatriar.

"Espero que o Governo reconsidere a sua decisão pois os industriais precisam destes operários", declarou o cônsul honorário do Bangladesh nas ilhas Maurícias, Ganny Joonas.

Por sua vez, um advogado destes operários bangladeshianos, Reza Uteem, achou esta decisão "irracional" porque, afirmou, viola a Declaração dos Direitos Humanos.

O presidente da empresa Textile Manufacturer and Allied Workers Union, Ally Faizal Beegun, pediu ao primeiro-ministro, Navin Ramgoolam, para reflectir sobre o aspecto humanitário da situação e sobre a sobrevivência da indústria têxtil maurícia.

"Alguns destes operários do Bangladesh prefeririam suicidar-se em vez de regressar ao seu país com os bolsos vazios", declarou Beegun, denunciando por outro lado que vários deles já estão privados de salários desde há vários meses.

Indica-se que, em Port-Louis, cerca de 20 mil operários estrangeiros, principalmente Chineses, Bangladeshianos e SriLanqueses, trabalham na indústria de transformação de produtos nas ilhas Maurícias.

Exibições: 37

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço