Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Me fizeram essa pergubta aqui, num seminario: COMO É A RELAÇÃO INTIMA ENTRE O BRASIL E CHINA?
Fui repreendido por ser honesto: Nos levando e eles botando...
Recentemente li um longo texto de um professor de economia apologista da imensa disparidade de importações de manufaturados entre o Brasil e a China.
Abreviando, concorro com partes do texto, mas tecerei alguns contrapontos: Primeiro, perdoem-me a acidez linguística, mas acho relação comercial Sino-Brasileira... muito descompensada, pesadamente favorecendo a Industria chinesa e explicarei ao meu modo essa relação.
Essa relação, em linguagem do povo, pode ser descrita entre o que “leva” e o que “que põe” - o Brasil “leva” e a China “Poe”. Num tom mais cientifico (fisioquímica), seria como uma relação “dativa”: Mas que “da” é o Brasil.
Excetuando o tamanho de nossas extensões territoriais, corrupção, nepotismo e pobreza geral do povo eu não vejo grandes similaridades entre a China e o Brasil.
Temos no Brasil uma cultura e etnia bem diversificada. O Brasil é mais rico do que a China e aproximadamente só com 20% da população desta. Não temos estepes geladas. Tremores de terra e os desertos lá existentes. Temos mais minerais (exceto as Terras Raras exploradas) e ouro do que a China. Eles lá são mais viciados em Jogo de Azar e nós em Futebol e Jogo de Bicho.
Lá eles estão sob um sistema hibrido de Capitalismo-Comuno-Ditatorial e aqui nos estamos sob um sistema Oligárquico-Sócio-Nepotista.
Os nossos métodos de exportação são subordinados a regras aceitáveis do comercio mundial. Já a China “faz o que tem de fazer” para exportar: Ela atropela tudo e todos; destrói, ataca e polui o meio ambiente. Eles fazem triangulações, maquilagem de produtos, falsificações de cotas, sistema “semi-escravagista” de trabalho e ate manipula a sua moeda para exportar seus produtos.
No Brasil somos mais “cheios de dedos”: Por exemplo, quando as nossas quotas de felpudos (atoalhados) estouraram para os EUA, firmas Brasileiras se instalaram na Argentina para suprir o mercado Americano, legalmente, sob a bandeira Argentina. Também no Brasil as leis ambientais são maiores e mais rigorosas do que as Chinesas. As nossas leis trabalhistas protegem muito mais nossos trabalhadores do que o “Comunismo-Escravagista” Chinês.
Mas lá, a mentalidade comunitária do povo, foi implementada desde os tempos do líder Mao Tse Tsung (e o seu Livrinho Vermelho de regras) e depois através de seus sucessores, criaram um estado determinado, coagido, inspirado e amedrontado que há quase quarenta anos trabalha com a meta de transformar a China – a transformaram numa potencia.
Lá eles têm metas em longo prazo. No Brasil, remendos, ações esporádicas e pontuais – e nem metas predeterminadas são cumpridas, exempli gratia, tratados da Copa do Mundo, aqueduto no nordeste, hidroelétricas, etc..
Na China eles apertam o cinto por décadas. No Brasil se vive no dia a dia sem a mesma necessidade, inspiração ou ética de trabalho. Somos um povo ALEGRE. NA BAHIA JÁ SE COMECA O CARNAVAL AGORA!
Na China, dependendo do crime fiscal se fuzila. No Brasil há leis, mas não são cumpridas.
O Brasil opera também muito diferente da China em educação.
O sistema deles investe pesado em educação, especialmente a técnica - cientifica. Já nosso país, por conta da politicagem e desonestidades é perdulário e Caciques Macunaíma investem na deseducação.
A China, como toda a Ditadura, especialmente numa terra com dez mil anos de cultura, praticamente de uma só etnia, a lei é eficaz e seu cumprimento rápido. Já no Brasil a lei é morosa, transcendental e sem punição. A nossa Democracia é comprometida; gente honesta tem que se coligar com aliados de idoneidade discutível, se quiser governar o país. Se não o fizer, somente vagabundos coligados a vagabundos dirigirão o Brasil.
Na China, como disse ao inicio, também tem políticos e gestores desonestos; mas lá eles correm o risco de serem fuzilados. Já no Brasil eles raramente eles são pegos e os poucos apanhados, dificilmente são punidos - e QUANDO punidos, são punições inadequadas. O tal término “em pizza”. A nossa eterna “Comédia Pastelão”. Onde anda o Cachoeira? Genoino? Barbalho? Demostenes Torres? Valério? Barbalho? Marcos Maia? Renan Calheiros e ad infinitum.
Encapsulando o tema, o que há mesmo é uma imensa diferença sob quase todos os aspectos entre China e Brasil. Veja o nosso Submarino Atômico: O projeto ainda esta na prancheta andando a “passo de lesma” ha 35 anos. Bilhões de Reais já foi afundado nesse submersível. Mais: Onde anda a nossa ciência e educação? Onde anda o nosso plano de Estudos Espaciais? A antiga Barreira do Inferno? E os projetos científicos da ENGESA? Foram silenciados por um semi-analfabeto.
Agora voltemos à China: Como andam os projetos científicos? Estão adquirindo tecnologia de ponta em todas as áreas! O que não inventam, copiam, O que não podem copiar, roubam, mas vão com todo o vapor para adiante.
Nao há muitos denominadores em comum entre o Brasil e a China: A realidade é que, por diversas razoes, algumas expostas aqui, no momento eles Põem e nos Levamos. Esse é o intimo relacionamento entre a China e o Brasil.
Sim Professor: um país que vive de exportações de commodities é um navio instável, que sofre muito nos mares de flutuações cambiais e econômica. Já estamos de PIB negativo, caindo na produção (ínfima, comparada a da China) industrial e inflação voltando.
A quilha e os estabilizadores desse navio são a nossa indústria e o nosso mercado interno.
E ISSO A CHINA e o povo brasileiro não nos permite ter indústria de peso. Massacram a nossa Indústria com a conivência do nosso povo, de industriais e comerciantes corruptos, junto com a naivité e/ou a ineficiência e despreparo de muitas de nossas industriais, agregado a um governo que é muito cauteloso em tomar medidas protecionistas vigorosas.
E seria essa cautela do Governo errada? NÃO! Quem exporta commodities e não tem uma indústria interna vigorosa e atuante, torna-se vulnerável e têm mesmo que por o “rabo no meio das pernas”. A Dona Dilma esta navegando em águas profundas, num mar encapelado e com o navio - pátria sem estabilizadores economicos.
O seu BNDS, em muitas estâncias é um órgão politizado. E política e economia formam um frágil binário para gerar força motriz econômica - em logos termos.
Também nossos bancos são “negociadores de papeis”, “criadores de corporações”, entidade que se enriquece com os bens da pátria, gera pouco lucro para o Brasil e cria pouco trabalho para os cidadãos Brasileiros.
E que opção tem voces no BNDS? Poucas. Muito desses oligarcas que pegam empréstimos no BNDS são politicamente fortes e Nepotistas. Alguns são corruptos. Estamos com um problema seríssimo de prestações de contas. No momento temos um Poder Executivo iluminado e atuante. Mas ele opera em equilíbrio instável e sob pressão de um Legislativo corrupto: Um Legislativo enroscado no Executivo e implicando com o Judicial interferindo na separação de poderes como dita a constituição, Um Legislativo chulo tentando tolhendo a ação plena da democracia. É uma “Zorra Total” diria o São Anísio.
Professor, nós vivemos sob um Estado de Falta de Direito, basicamente sem lei. Nas poucas instancias que a lei opera, não há punição. A nossa justiça nossa é arcaica, lenta, ineficiente e geralmente corrupta e atuante só para os menos privilegiados. Exemplos estão na mídia, diuturnamente.
Os crimes geralmente são pegos e expostos pela media, por cidadãos. Parece que nossa vigilância, no nível do país, esta abandonada. Só fechamos as portas (geralmente) depois de roubados. Somos uma Nação - Tapa - Buracos. Planejamento eficaz parece ser feito por contraventores, sonegadores e golpistas. Pela turma do mau.
Eu sei que o senhor sabe de todas essas deficiências, Professor. Mas o Senhor é um homem publico, numa posição de confiança e tentando em investir o nosso erário em venturas que gerem beneficio a nação. E isso é dificílimo Professor: Grande número de figurinhas (e os Figurões) da Indústria Brasileira, com poucas e honrosas exceções, são escuras, sombrias ou sujas.
No Brasil se contrabandeia, se rouba de hospitais, orfanatos, ONGS, Igrejas, de educação, construções, contratos multinacionais; fazemos triangulações de mercadorias vias paraísos fiscais para não pagar impostos e fazer o “Caixa Dois”. E partidos políticos fazem os seus caixas de mesmo modo.
Quer ver outro exemplo de erário Brasileiro ser defraudado na associação de Industriais e Políticos? Só revermos os fatos ocorridos na SUDAM e SUDENE? O clássico Binário da “ética” Brasileira de “Corruptos e Corruptores”.
Outros exemplos estão na política, nepotistas agindo a revelia da lei, impunes, como se fossemCapitães Donatários, Donos de Casa Grande ou Capitães do Mato e Capitães da Selva de Pedra.
Mas como nos tornamos uma Nação de Ignaros, mal educados e analfabetos funcionais? Por conta da falta de ética, de civismo e de educação que vem desde os tempos de descoberta do Brasil.
Também temos um oceano de eleitores famintos, desempregados, deseducados elegem um doador de camisetas, de “Bolsa Família” ou “Cestas Básicas”. Essa é a nossa triste realidade, se apreciada no chão.
Concluindo, ao ler essa, esperaria do Senhor a seguinte reação: “Li o seu texto, Sr. Samuel de Mattos; patriótico e cheio de alegações e acusações. Mas qual seria a sua SUGESTAO?” Simples:
(1) Rapidez e eficiência no Cumprimento da lei.
(2) Que haja punição igualitária para todos os cidadãos.
(3) Que não haja protecionismo na lei com Presidentes, Senadores, Legisladores e Políticos.Eles são cidadãos com maior responsabilidade social, e consequentemente a justiça deveria ser igual ou ate mais rigorosa para com eles.
(4) Educação, educação e educação, Ênfases nas ciências. Vamos correr atrás do tempo perdido. Paremos de nivelar o povo brasileiro pelo denominador mais baixo.
(5) Que as corporações Brasileiras sejam mais abertas, que as suas subdivisões e “braços” não sejam ocultos e que abertamente mostrem seus movimentos.
(6) Que o dinheiro do BNDS e erário sejam precisamente explicados como foi usado, – e resultados dos empréstimos sejam cobrados; e que os “mordomos infiéis” sejam punidos.
(7) Que o Brasil comece a dar uma varredura geral em Bancos, em Corporações, em Entidades Publicas, em suas fronteiras e portos. O Brasil tem um Serviço de Informação, Policia Federal e Corregedoria. Porque sempre sabemos das coisas erradas através da mídia? Onde anda a Inteligência do Brasil? Sendo vendida? Corrompida? Que haja vigilância do Estado e que ela apresente resultados. A mídia somente pode “latir”. É um mero cão de guarda, Voces tem são os maiores responsáveis pela vigilância. Ajam.

Finalmente, professor, esses são os muitos problemas do Brasil. As igualdades que temos com a China são poucas: é miséria, nepotismo, oligarquias, poluição e tamanho geográfico. O resto é só desigualdade.

Mas de todas, professor, a mais doída e a maior diferença entre o Brasil e China, é que nessa nossa relação comercial intima nós estamos “levando” e a China “botando”.

Exibições: 189

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Comentário de Sam de Mattos em 11 fevereiro 2013 às 11:38

Edison: Li os seus comentarios e links E SUGIRO A TODOS OS LEREM tambem! Falar o que? Comentar o que? Voce disse tudo. Sim, certamente devera advir disso algum tipo de comocao? Qual eu nao sei. SdM

Comentário de Sam de Mattos em 11 fevereiro 2013 às 11:35

Romildo um dos revolveres apontado para nosa economia eh o empreguismo, bolsismo e ajudismo. Certissimo: Estos TOP HEAVY e podemos emborcar a qualquer momento. SdM

 

Comentário de EDISON BITTENCOURT em 10 fevereiro 2013 às 20:19

Sobre esta questão, caro amigo, veja que  em 1980 o valor em dólar de nossa manufatura era maior que a soma do valor em dólar das manufaturas da China, Índia e  Coréia do  Sul. Hoje , nossa manufatura  representa  10%  desta soma!  Imagine que brutal aparato econômico consegue  este feito. O mais triste é que foi a sucessão Collor-> FHC->Lula -> Dilma que fez e está fazendo isto. Destruindo  deliberadamente.  Pode ser polêmico,  mas eles pareecem determinados em destruir o que  for possível  do que  foi feito e concebido no Projeto industrial levado à frente por  Vargas e os governos  pós  64. Veja que estes  períodos correspondem a governos autoritários ( atenção  galera :   é uma constatação não uma  apologia).  Só um caos econômico e  social pode mudar nossa presente  situação -  começando na  China. Interessante citar  aqui o  artigo do Textile World

" Textiles 2013: The Turnaround Continues  "  a href="http://www.textileworld.com/Articles/2013/January/January_February_issue/Textiles_2013.html">http://www.textileworld.com/Articles/2013/January/January_February_...>

 

Aqui a bola da vez  é  a Petrobrás. Veja  ( no Estadão): " Diretoria da Petrobrás é cobiçada perlo PMDB"  e ,  também no Estadão, "Crise começa com uso da estatal para combater inflação" . O primeiro título fala por  si  só, o segundo trata de um artigo sobre o uso da empresa para reeleger a terrorista.

Comentário de Romildo de Paula Leite em 8 fevereiro 2013 às 20:01

Com o debate sobre os novos presidentes, absurdas cifras vieram à tona Conforme a Folha de S.Paulo de 1.º e 4 deste mês, o orçamento do Congresso para 2013 deve alcançar a elevadíssima cifra de R$ 8,5 bilhões (!), superior aos recursos de vários Estados da Federação. Funcionários: 22 mil (!), com salário médio de R$ 13,6 mil (!) no Senado. Na Câmara, os de servidores efetivos estão entre R$ 4,8 mil e R$ 19,5 mil (!). Salário dos parlamentares, R$ 26.700 (!) por mês, mais a gestão de verbas mensais que na Câmara alcançam R$ 97.200(!) e no Senado, R$ 52.970 (!). Parte delas vai para assessores que trabalham na caça de votos para reeleição, um financiamento público de campanha a privilegiados pelo mandato. E mesmo o salário alto não explica casos de enriquecimento na política.

Comentário de Sam de Mattos em 8 fevereiro 2013 às 17:27

Espero que sim. Nao obstante uns textos verdadeiros e "noir", ainda me esforco por ser cidadao ativo: Participei da peticao, fecebookei-a e creio ter obtido varios outros peticoes. Sem a moralizazao, sem punicao, a bordel continuara. Quero um Brasil para meus netos.Todos teem tambem a nossa cidadania.

Comentário de Farneis Berberian em 8 fevereiro 2013 às 16:55

E por falar em carnaval Sam, ainda resta a esperanca de que, ainda antes do dito chegar, consigamos as 1.360.000  assinaturas da petição: Impeachment do Presidente do Senado: Renan Calheiros!

Neste momento ja estamos com 1.055.000 assinaturas. Vamos ver se isso vai dar samba?

Comentário de Sam de Mattos em 8 fevereiro 2013 às 16:21

Farneis: Nao estamos mal de tudo; ainda ha o CARNAVAL para a alegria do colorido povo Brasileiro. Que se babem os Nordicos, que se babem os Saxoes, que se babem o Celticos e os Iberos. NOS TEMOS CARNAVAL!

Comentário de Sam de Mattos em 8 fevereiro 2013 às 16:18

Nao: Vamos lutar. Nao temos outra opcao, mas a luta.

Comentário de Romildo de Paula Leite em 8 fevereiro 2013 às 14:19

Quando o hígido Michel Temer vira poeta e Renan Calheiros – acusado pela Procuradoria Geral da República de peculato, falsidade ideológica e uso de documento falso – é apossado (com voto secreto – o voto da covardia) na Presidência do Senado Federal no posto número 3 da sucessão republicana e entra no papel dando uma aula de ética e com apoio do PSDB, um lado meu pergunta ao outro se não estaria na hora de sumir do Brasil.

Autor: Roberto DaMatta

Comentário de Farneis Berberian em 8 fevereiro 2013 às 12:11

Falou e disse.

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço