Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Parabéns, paulistas! Parabéns, Paraná! Que vergonha, Rio e Minas!

Volta e meia expresso aqui a minha “inveja branca” dos paulistas. O resultado das eleições de hoje apenas confirma o sentimento. Não é difícil compreender os motivos:

- Geraldo Alckmin reeleito no primeiro turno, enquanto no Rio teremos uma disputa entre Pezão e Crivella, ambos aliados de Dilma (ao menos Garotinho amargou um terceiro lugar);

- José Serra eleito senador com votação expressiva, e colocando no olho da rua Eduardo Suplicy, que já vai muito tarde, convenhamos, enquanto no Rio deu Romário;

- Aécio Neves o candidato presidencial mais votado, com 44% dos votos válidos, contra 26% de Dilma, enquanto a presidente ficou em primeiro no Rio, com 36%, contra apenas 27% de Aécio, no terceiro lugar;

- Dos vinte mais votados para deputado federal em São Paulo, somente um é do PT, Andres Sanchez, que na verdade é do Corinthians;

- Se no Rio tivemos votações expressivas para a família Bolsonaro tanto em Jair para federal como para seu filho Flavio para estadual, candidatos do PSOL também se fartam por aqui, como Marcelo Freixo (o mais votado para estadual) e Chico Alencar e Jean Wyllys (para federal);

É verdade que Tiririca ainda teve mais de um milhão de votos em São Paulo, o segundo mais votado para deputado federal, e que isso é uma mancha e tanto para os paulistas. Afinal, o “voto de protesto” foi o da primeira vez, e a piada não foi engraçada, já que ajudou a levar bandidos para o Congresso. Insistir no erro é burrice.

Mas pegando tudo e jogando num liquidificador, é inegável que São Paulo deu um show, colocando os petistas no olho da rua. Paraná também está de parabéns, com Beto Richa reeleito no primeiro turno e Alvaro Dias, um dos senadores mais participativos e firmes contra o PT, reeleito com impreesionantes 77%, além de Aécio ter ficado em primeiro com quase 50% dos votos.

Do lado vexaminoso, mais até do que o Rio, que tradicionalmente vota mal, esteve Minas Gerais. Como elegem Fernando Pimentel no primeiro turno? Onde estavam com a cabeça? Querem transformar o estado em cabide de emprego de petista desempregado? Ao menos Antonio Anastasia é o senador eleito. Mas vários petistas estão entre os deputados mais votados. Que vergonha, mineiros!

Em suma, talvez seja melhor Alckmin se preparar para uma migração em massa de mineiros e cariocas, pois os mais esclarecidos certamente estão invejando a postura dos paulistas nessas eleições. A política do café com o leite ficou só com o café, pois o leite azedou.

Dito tudo isso, é hora de arregaçar as mangas e trabalhar duro, pois a eleição ainda não acabou. Na verdade, apenas começou. E é preciso livrar o Brasil dessa praga chamada PT, ao menos no controle da Presidência da República…

Rodrigo Constantino

Exibições: 82

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de Romildo de Paula Leite em 7 outubro 2014 às 10:22

  E é preciso livrar o Brasil dessa praga chamada PT, ao menos no controle da Presidência da República…

Comentário de petrúcio josé rodrigues em 7 outubro 2014 às 8:34

Rodrigo Constantino,

com certeza é um homem feliz, e de um alcance magnífico.

Esta afirmativa prende-se ao fato, que ele neste artigo, fala APENAS A VERDADE VERDADEIRA.

Comentário de José Cláudio da Silva em 6 outubro 2014 às 19:58

Como mineiro, fiquei decepcionado com o resultado que Aécio obteve aqui. Quando governador foi muito bom. Abriu mão de parte do seu salário, reduziu cargos de confiança; fez um enxugamento dos cargos públicos, sem contar o que fez pela educação do estado. Como senador preferiria Josué Gomes da Silva, , proprietário do complexo têxtil Coteminas e filho do ex-vice-presidente da República José Alencar. Seria bom ter alguém do nosso ramo lá dentro. Aliás, se a Dilma se reeleger, possivelmente será ele o próximo ministro da economia de nosso país. Olhemos para o mercado, para o mundo. O que eles dizem é que, se Dilma for reeleita, estaremos ferrados; então que Aécio e Marina se entendam e somem forças, para que isso não aconteça. 

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço