Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Será que há uma nuvem negra sobre o setor têxtil blumenauense? Depois da Teka pedir a recuperação judicial, eis que surge uma suspeita sobre a unidade da Coteminas em Blumenau (leia-se Artex).

Reportagem da revista Exame desta semana traz a informação de que a empresa cogita a possibilidade de fechar mais duas unidades, entre elas a de Blumenau. Fazendo referência ao presidente da Coteminas, Josué Christiano Gomes da Silva, o texto diz que “o empresário fechou duas fábricas no Rio Grande do Norte e, segundo executivos próximos à empresa, está estudando parar também as unidades de Blumenau, em Santa Catarina, e de Montes Claros, em Minas Gerais”.

O diretor da unidade blumenauense, Eliézer da Silva Matos, conversou com o presidente da Coteminas sobre a reportagem. Gomes da Silva repassou mensagem de tranquilidade e compromisso com a cidade.

— Não vamos parar a unidade de Blumenau. A informação não é verdadeira — garante Matos.

O diretor da Coteminas diz que houve uma reestruturação na unidade de Blumenau. Diminuiu a produção de felpudos para receber parte da produção de acessórios para cama, antes produzidos em Valinhos (SP). A unidade conta hoje com 1,8 mil funcionários trabalhando em três turnos.

A reportagem da Exame aborda o fechamento de fábricas do grupo nos Estados Unidos e no Brasil. Além disso, fala dos planos para resgatar o negócio investindo no varejo. Coisa que a Cia. Hering bem fez na década passada. A empresa dos dois peixinhos é citada na reportagem da Exame como exemplo de investimento em abertura de lojas próprias.

Fonte:|http://wp.clicrbs.com.br/pancho/2012/10/29/coteminas-nao-vai-parar-...

Exibições: 1958

Responder esta

Respostas a este tópico

 

Não gosto de esfregar na cara.

Enxergar longe e ver através de nuvens de balela, tem o seu preço.

Isso foi indicado abundantemente aqui, ha um ano, com uma lida media de 48 leitores.

Claro que tenho algumas coisas a mais para denunciar e reclamar.

Outra imensa fabrica esta sendo negociada agora, e se não correr bem a coisa, fechara.

A FIESA do ES deve aos seus funcionários e esta negociando a venda de suas maquinas por trás dos bastidores. O mediador desse negocio turvo faz parte do blog nosso. Caso semelhante ao de Suzano, onde a maquina falida vendeu as maquinas e trabalhadores não foram pagos, com a conivência de Sindicatos. Alias o caso do ES tem uma agravante: O sindicato dessa firma tem parentes do ex-dono como diretores.

Ha uma firma se fechando que pegou 80,000,000 de reais de empréstimos e vale menos que 4,000,000. Consultores, Diretores e donos encheram os Bolsos, bancos perderam e voce e eu pagamos em imposto a União - que sempre socorre os Bancos, especialmente os envolvidos.

Detalhar? Um catzo.

Ando rouco.

TEXTO DE UM GRANDE AMIGO MEU; como o transponho esse texto sem pedir autorizacao ao escritor, assumo responsabilidade:

"Ele fez m... e quer sair como SALVADOR ! Só os acionistas são quem não engolem isso ! Centralizador, prepotente e agora incompetente. Quer copiar a Hering,  a quem tripudiou quando quis

comprar a Hering Nordeste e como não foi atendido nas negociações, a Hering Ne foi vendida para a Vicunha e a Coteminas com dinheiro do BNDES e do mercado (Bolsa), montou a fabrica de camisetas brancas em Natal (97), alardeando que iriam exportar camisetas brancas para a China (R$ 0,75), quando o custo da Hering Ne era R$ 1,20 ; o custo viu !!! não preço de venda... a Vicunha comprou a fabrica (7.000 operários à época) e logo depois fechou-a. A fábrica de camisetas da Coteminas também ! Lá ( na malharia) foi implantado um acabamento (São Gonçalo do Amarante) de tecidos largos (3,00 m) de lençóis que eram fabricados na Embratex de Campina Grande com teares antigos largura de 3,20 m, que vieram dos Estados Unidos da Springs Mills usados e obsoletos...Na Confecção de camisetas de Macaíba- RN,  foi montada a confecção de lençois a serem exportados com a marca "SPRINGS" para os Estados Unidos. Agora, todos os terrenos que receberam de GRAÇA dos Municípios e do Estado do RN, a Coteminas está negociando com imobiliárias que vão construir Shoppings, imóveis residenciais e condomínios etc, sem investir nenhum tostão ! Os terrenos serão a participação acionária do Grupo, para ficar como sócio desses empreendimentos. Onde está a Procuradoria Estadual, Federal e Municipal ? Aqueles terrenos foram doados para as indústrias se implantarem e não para especulação imobiliária. É isso aí..."

Parabéns pelo seu comentário. Foi tudo isto e mais algumas coisas.

Sam de Mattos disse:

TEXTO DE UM GRANDE AMIGO MEU; como o transponho esse texto sem pedir autorizacao ao escritor, assumo responsabilidade:

"Ele fez m... e quer sair como SALVADOR ! Só os acionistas são quem não engolem isso ! Centralizador, prepotente e agora incompetente. Quer copiar a Hering,  a quem tripudiou quando quis

comprar a Hering Nordeste e como não foi atendido nas negociações, a Hering Ne foi vendida para a Vicunha e a Coteminas com dinheiro do BNDES e do mercado (Bolsa), montou a fabrica de camisetas brancas em Natal (97), alardeando que iriam exportar camisetas brancas para a China (R$ 0,75), quando o custo da Hering Ne era R$ 1,20 ; o custo viu !!! não preço de venda... a Vicunha comprou a fabrica (7.000 operários à época) e logo depois fechou-a. A fábrica de camisetas da Coteminas também ! Lá ( na malharia) foi implantado um acabamento (São Gonçalo do Amarante) de tecidos largos (3,00 m) de lençóis que eram fabricados na Embratex de Campina Grande com teares antigos largura de 3,20 m, que vieram dos Estados Unidos da Springs Mills usados e obsoletos...Na Confecção de camisetas de Macaíba- RN,  foi montada a confecção de lençois a serem exportados com a marca "SPRINGS" para os Estados Unidos. Agora, todos os terrenos que receberam de GRAÇA dos Municípios e do Estado do RN, a Coteminas está negociando com imobiliárias que vão construir Shoppings, imóveis residenciais e condomínios etc, sem investir nenhum tostão ! Os terrenos serão a participação acionária do Grupo, para ficar como sócio desses empreendimentos. Onde está a Procuradoria Estadual, Federal e Municipal ? Aqueles terrenos foram doados para as indústrias se implantarem e não para especulação imobiliária. É isso aí..."

O BNDES não tem dinheiro . Esse  esquema de repassar  dinheiro público para enriquecer parasita , usando o BNDES é pura sacanagem. O  dinheiro do BNDES vem  dos contribuintes.Não diria  vem  "do povo"  porque muitos Estados vivem à custa  de outros Estados da  Federação- é povo que vive dos   contribuintes, trabahadores  . Os dados estão  aí. Isso é pura transferência  suja de capital  dos  que trabalham para os parasitas. Desde 89 estamos sendo governados por  esquemas  apátridas  e entreguistas ,  sendo o ápice deste esquema o  do  governo Lula quando  formou-se  uma verdadeira quadrilha.

Isso e NADA aos repassamentos ao Grupo XDoProblema. Esse tal BNDS eh um "reto de mae Joana elitista", ou seja, so milionarios passam a mao. Joaquim nesses.

 

Sim, Sim, Sim: Grande credibilidade e criatividade: Como os lucros anunciados com a Springs e afins, negacao de fechamento de operacoes texteis em Natal, na Argentina e por ai vai. Tambem anuncio a gravidez de Branca de Neve, Papai Noel fazendo a barba, Lula trabalhando numa linha de montagem, Eike Batista investindo o dinheiro DELE e Joaquim Barbosa clareando a pele a la Michael Jackson. Me engane. Me engane que eu gosto. SdM

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço