Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Receita Identifica Fraudes de US$ 14,5 Mi na Importação de Têxteis

BRASÍLIA - Operação conjunta entre Receita Federal e fabricantes de artefatos têxteis denominada "Panos Quentes" resultou na identificação de US$ 14,5 milhões de importações fraudulentas no período entre agosto e novembro. As irregularidades mais comuns são falsificação da origem de produção e preços subfaturados.

A maior parte das mercadorias apreendidas, entre vestuário, linhas e fios, é proveniente de países asiáticos. A Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit) informou que ação conjunta entre Receita e fabricantes visa conter entrada maciça de artefatos têxteis no mercado brasileiro por meio de operações ilegais.

Dados da Abit indicam que o consumo interno de artigos têxteis em geral atingirá R$ 100 bilhões neste ano, representando 5% a mais que o registrado em 2010. Em contrapartida, a indústria têxtil deverár apurar queda de 5% na produção nacional, em um ano caracterizado pela dispensa de 200 mil trabalhadores. Ainda de acordo com a entidade, as importações em volumes crescentes gerarão déficit de US$ 4,8 bilhões na balança comercial do setor.

Ao apresentar estatísticas sobre as apreensões e a identificação das fraudes, a secretária-adjunta da Receita Federal, Zayda Bastos, informou que a fiscalização mais acurada sobre os itens têxteis continuará. O Fisco também comunicou que operação de fiscalização similar será adotada para as importações de calçados.

Fonte:|http://www.valor.com.br/brasil/1142174/receita-identifica-fraudes-d...

Exibições: 530

Responder esta

Respostas a este tópico

A questão no Brasil é grave porque muitos importam, poucos se importam!

O problema seria resolvido com a aplicação correta das palavras "muito pouco".

Que tal só uma inversãozinha, deixando:

No Brasil poucos importam , muitos se importam? E nao ...No Brasil muitos importam, poucos se importam?

O uso correta da palavra faz muita diferença. Esta também pode ser usada para cobrar ou apenas reclamar!

 

 

 

 

EU GOSTARIA DE VER NO FINAL DESSAS APURAÇÕES OS NOMES DAS EMPRESAS QUE ESTÃO FAZENDO ESSAS FRAUDES SENDO PUBLICADOS E CONHECIDOS POR TODOS.

 

PORQUE NO BRASIL, SE UMA MÃE POBRE E FAMINTA PEGA UMA LATINHA DE LEITE NUM SUPERMERCADO, PARA AMAMENTAR SEU FILHO, É ROUBO.

 

SE UM POLITICO DAS ALTAS ESFERAS (UM MINISTRO, POR EXEMPLO)  DESVIA BILHÕES, COMO ESTÃO FAZENDO NO BRASIL DE HOJE, É CORRUPÇÃO.....

 

CORRUPÇÃO É UM  NOME ELEGANTE QUE INVENTARAM PARA ROUBO  PRATICADO PELOS POLITICOS.

 

SERGIO

Tambem quero saber os nomes e o destino dessas mercadorias apreendidas, pois nunca sei a onde elas vão se são incineradas coisa desse tipo.

surely we'll never know

 

Pasmem: US$ 14,5 milhões de importações fraudulentas no período entre agosto e novembro/2011 !!!

De fato deveria ser exposto à opinião pública os nomes de todas essas empresas canalhas e seus bandidos sócios / associados.

Daria assim a oportunidade de execrá-los e eliminar o risco das pessoas de bem negociar com esses desprezíveis patifes, e inclusive cobrar certas Associações "Brasileiras", que, já que defendem tanto os importadores deveria ao menos ter a grandeza (sei que é pedir muito) de exigir que seus apaniguados agissem com um mínimo de ética.

Que nojo desses vendilhões da pátria.

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço