Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Deixar de comprar voluntariamente os livros do Chico Buarque não pode, mas depredar a Abril pode?

Todos estão cansados de conhecer o duplo padrão moral dos canalhas. Uma ala da esquerda passa mais longe de qualquer decência do que Plutão da Terra. Adota constantemente o velho “um peso, duas medidas”. Sua indignação é sempre seletiva.

Quando propus aqui um boicote aos artistas engajados que fazem campanha para o PT, ou seja, que os próprios consumidores burgueses da elite ridicularizados por essa gente simplesmente parem de dar seu dinheiro para aqueles que os odeiam, houve uma reação histérica do lado de lá.

Eu não era “democrático”, não “respeitava opiniões diferentes”, e por aí vai. Tudo balela, como mostrei aqui. O boicote é um instrumento legítimo de mercado, uma arma que o consumidor usa para expressar sua indignação com alguma coisa que rejeita do ofertante.

A esquerda é a primeira a pedir boicote a Israel ou aos Estados Unidos, com a diferença de que seus motivos costumam ser ridículos (preferem defender a escória humana contra quem esses países democráticos lutam) e seu boicote, hipócrita (eles não conseguem ficar sem os produtos desses países, ao contrário da gente com os livros ou discos de Chico Buarque).

Pois bem: então não posso fazer campanha para que as vítimas do PT – e não é uma simples questão de “opinião diferente”, pois o PT é uma máfia criminosa e autoritária – deixem de enriquecer aqueles que querem destruir esse país, transformá-lo numa Venezuela, mas a esquerda radical e raivosa pode… depredar a entrada do prédio da Abril, editora de Veja?

Entrada do prédio da Abril. Fonte: Folha

É isso mesmo? Será que veremos algum indício de revolta dessa gente que invadiu meu blog para me condenar? Ou será que deixaremos escancarado para o país todo como essa turma é canalha, dissimulada, sem princípios?

Os ataques, que não são coisa de vândalos, mas sim de criminosos fascistas, foram assinados pela União da Juventude Socialista, ligada ao PCdoB, que por sua vez é “linha auxiliar” do próprio PT. Isso mostra, uma vez mais, como são os próprios socialistas que agem como os fascistas que eles acusam o lado de cá de representar. Vejam essas rápidas imagens feitas por cinegrafista amador:

Boicote é uma escolha voluntária: o consumidor simplesmente exerce seu direito de não comprar um produto. Vandalismo, depredação, pichação, essas coisas são crimes, atentam contra a liberdade dos outros, ferem as leis. São atos, esses sim!, de quem não tolera a democracia e a liberdade alheia. Atos de fascistas!

Quem está revoltado com Veja, por esta fazer com independência seu trabalho jornalístico, pode não comprar a revista, ponto (parece que o PT tem feito o contrário, comprado todas nas bancas para evitar que o público tenha acesso às informações bombásticas do doleiro do PT). Se acha que há algum tipo de injúria na reportagem, existem os caminhos legais para isso. O PT já disse que vai processar Veja (e vai perder).

Mas depredar, quebrar, destruir, isso é coisa de filhote de Lenin, de herdeiro de Stalin, de seguidor de Mussolini, de aprendiz de Hitler. Espero ter deixado bem claro o abismo moral intransponível que nos separa. E espero também que todos os que ainda conseguem estar indecisos depois de tudo, pensem muito bem no voto de amanhã. Pois votar em Dilma é levar junto essa corja autoritária que se julga acima das leis.

Rodrigo Constantino

Exibições: 73

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço