Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Desenvolvimento de projeto com equipe de alto impacto em 10 passos

Todos os projetos que mereçam ser considerados são importantes para as empresas.

 

Falar em importância de projetos pode soar um pouco estranho, não?

 

O que ocorre é que alguns, além de importantes, são determinantes.

 

Há uma diferença muito grande entre trabalhar pelo sucesso de um projeto de crescimento de 3% em uma empresa lucrativa e em um projeto para evitar sua falência. Ou mesmo em um projeto em que atrasos de entrega possam ocasionar pesadíssimas multas.

 

Empresas se arrastam sob resultados ruins por vários anos, com equipes com desempenhos pouco satisfatórios, então quando surge a possibilidade de encerramento das atividades e perda de empregos, as pessoas passam a desenvolver soluções inacreditáveis.

 

Trabalhando sob pressão e com caráter de urgência, acabam criando equipes de alto impacto.

 

Isso mostra que todos nós somos capazes de realizar excelentes trabalhos, precisamos de um cenário de futuro, foco, determinação, liderança, algumas pistas para desenvolvimento de soluções e um pouco de calor.

 

Grandes projetos unem as pessoas determinadas e afastam os descrentes e os desanimados.

 

Para o sucesso desse tipo de empreendimento é importante que observemos alguns passos:

 

1º.  Passo

 

Desenhar um cenário de futuro que motive e recompense as pessoas

 

Faça uma breve descrição do trabalho que será desenvolvido e dos resultados que são esperados.

Com boa divulgação, deixando claro aonde chegar e quais as vantagens, é mais fácil exercer a liderança.

Melhores condições de trabalho, mais oportunidades de treinamento, ascensão profissional, plano de carreira, são argumentos interessantes, tão bons quanto a manutenção dos empregos como nos casos de empresas com risco de fracasso.

 

2º. Passo

 

Estruturar o grupo de trabalho 

 

Convide para integrar o grupo de trabalho pessoas que possuam os conhecimentos necessários e que tenham disposição para enfrentar o desafio.

Lembre-se de que o fracasso do projeto terá sérias conseqüências.

É pouco provável que se consiga 100% de adesão e comprometimento sem atenção na avaliação dos resultados e prestação de contas.

Aquela empresa que todo ano considera em seus orçamentos anuais um crescimento de 5% e nunca o atingiu, terá dificuldades de efetuar essa cobrança.

A resposta será: - Todo ano é a mesma coisa. Eles (nunca fica claro quem é eles) colocam isso no orçamento, mas ninguém se importa ou cobra.

Nesse caso, “eles” se torna sujeito indeterminado. Eles colocam, eles não fazem, eles não cobram.

Quando as conseqüências são sérias e imediatas, o responsável pelo projeto tem que ser bem definido.

Sendo você, lembre-se: Você estará sob as luzes e obrigado a liderar a equipe.

 

3º. Passo  

 

Preparar o plano de trabalho

 

Em conjunto com as pessoas da equipe, desenvolva idéias, caminhos a serem trilhados, estabeleça as tarefas, funções, responsabilidades e datas para início e conclusão de cada evento do projeto.

Faça um cronograma detalhado, delegue, invista as pessoas de autoridade.

Defina como e com que periodicidade os resultados serão avaliados.

Avaliações com prazos superiores a 15 dias provocam a perda de sinergia.

  

4º. Passo

 

Colocar a equipe para trabalhar

 

Este é o momento das ações para executar, para corrigir desvios imediatamente percebidos, para manter os trabalhos dentro do cronograma.

Lembre-se: Sendo o responsável, certifique-se de que todos sabem o que fazer, delegue, faça a sua parte e saia da frente. Deixe-os trabalhar!

Não atrapalhe, se quer participar mais assuma algumas tarefas.

 

5º. Passo

 

Avaliar o andamento do projeto

 

Avaliar não significa ficar horas em reunião, debatendo avanços e pequenos problemas, mas observar os desvios, providenciar correção das falhas que impedem o sucesso da empreitada e potencializar os pontos de sucesso.

É tratar objetivamente as questões, verificando:

Em que ponto estamos do cronograma?

Onde estamos tendo sucesso?

Quais as falhas, como corrigir, quem será o responsável pela coordenação da ação de correção?

Avaliar significa observar aspectos importantes que no dia-a-dia não puderam ser tratados pela complexidade ou não foram observados.

Avaliar permite posicionar a equipe sobre os resultados do conjunto, pois muitas tarefas, naquele momento, podem não estar ainda relacionadas. Por exemplo, o pessoal de marketing precisa de um equipamento que está sendo negociado por compras e que depende de financiamento que está sendo tratado pelo pessoal de tesouraria.

Pode surgir indefinição quanto as características do equipamento que afeta o tipo de financiamento.

Aspecto que pode ser percebido quando se debate a questão com a equipe toda.

A avaliação pode ser pontual para tratar de uma emergência ou periódica para posicionamento geral.

 

6º. Passo

 

Ratificar os pontos fortes

 

O responsável pelo projeto deve informar para a equipe os pontos fortes para que possam ser potencializados e exemplos positivos repetidos

 

7º. Passo

 

Reforçar os pontos fracos

 

Deve, ainda, observar as fragilidades e buscar com a equipe meios para corrigi-las, dando apoio às pessoas que precisam orientação e mais recursos.

 

8º. Passo

 

 Incentivar a ação

 

Correções efetuadas, deve zelar pela manutenção do ritmo de trabalho.

 

9º. Passo

 

Avaliar o desempenho

 

O ciclo se repetirá, com observação, correção das falhas, incentivo nos pontos fortes, substituição das pessoas que não consigam atender os requisitos do programa e afastamento daqueles que tenham atuação contrária e não estejam se adaptando ao grupo.

Projetos que exercem grande pressão podem levar pessoas a agirem de forma defensiva quando se sentem impotentes, ainda que suporte lhes seja oferecido.

Lembre-se: O projeto tem prazo e consequências bastante sérias em caso de fracasso.

 

10º.  Passo

 

Recompensar

 

Recompense efetivamente as pessoas de acordo com o que lhes foi oferecido no início do processo.

 

Boa sorte e mãos à obra, quanto antes você começar mais rápido terá resultados.

 

Ivan Postigo

Diretor de Gestão Empresarial

Articulista, Escritor, Palestrante

Postigo Consultoria Comunicação e Gestão

Fones (11) 4526 1197 / (11) 9645 4652

www.postigoconsultoria.com.br

Twitter: @ivanpostigo

Skype: ivan.postigo

 

 

Autor dos trabalhos

Livro: Por que não? Técnicas para estruturação de carreira na área ...

Free e-book: Prospecção de clientes e de oportunidades de negócios

Simulador de resultados adotando premissas

Simulador: Cálculo de Prospecção de Clientes  para Metas e  Cotas de Vendas

Exibições: 81

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço