Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Ei, pai!
Da vida nada sei.
Por caminhos escuros ando,
Pessoas conhecidas evito,
Em ruas estreitas passo,
Estranhos quando me tocam eu grito!

Ei, pai!
Crescendo estou,
Aprendendo já não sei.
Perdido me encontro com o olhar parado,
O que será para o inocente o certo,
E para o incauto o errado?

Ei, pai!
Teria um minuto?
Para falar se quiser,
Para ouvir se puder...
Meu coração está apertado,
Na boca sinto o amargo gosto do pecado!

Ei, pai!
Seu silencio também me cala.
Conversar há muito não faço,
Sua voz não reconheço,
Seu abraço eu não sinto,
Seu carinho eu não mereço?

Ei, pai!
Na falta de amor me perdi,
Meus irmãos jamais vi
Nas drogas me achei,
Da vida esqueci,
No inferno da existência me encontrei,

Ei, pai!
O tempo está frio!
Sobre meu corpo surrado, geladas pedras sinto.
Minha leve alma me abandona,
Em fraca luz busco abrigo,
Perco a esperança de estar contigo...

Ah! Que calor é esse que me envolve?
Claro, és tu, Pai!
Entre cantos e, finalmente, meu riso,
Na alegria mágica do amor,
As portas do Paraíso!

Ivan Postigo
Diretor de Gestão Empresarial
Articulista, Escritor, Palestrante
Postigo Consultoria Comunicação e Gestão
Fones (11) 4526 1197 / (11) 9645 4652
www.postigoconsultoria.com.br
Twitter: @ivanpostigo
Skype: ivan.postigo

Autor dos trabalhos
Livro: Por que não? Técnicas para estruturação de carreira na área de vendas
Free e-book: Prospecção de clientes e de oportunidades de negócios
Simulador de resultados adotando premissas
Simulador: Cálculo de Prospecção de Clientes para Metas e Cotas de Vendas

Exibições: 102

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço