Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Gestão sem planejamento, empresa refém do vento!

Você entraria em um barco comandado por marinheiros sem planos de navegação, sabendo que seguiria rumo ao alto-mar?

Espero que não, mas...

Aventura é bem diferente de atitude insensata.

 

Fosse dono de uma agremiação, permitiria que seu time treinasse apenas uma vez por mês, sabendo que as derrotas lhe custariam muito dinheiro?

É verdade que treino é treino e jogo é jogo, mas sem preparação as chances de qualquer time ganhar são extremamente reduzidas.

 

Nos esportes, preparação e planejamento são palavras bastante usadas. Melhores resultados terão aquelas equipes mais bem preparadas.

 

Ninguém não corre uma maratona sem um planejamento bem feito.

 

O sucesso contínuo não é resultado do acaso. O primeiro sucesso até pode acontecer, mas para mantê-lo é preciso ação planejada e muito trabalho.

Pergunte a qualquer cantor ou banda, que se mantém nas paradas de sucesso por longos anos, como têm sido sua trajetória.

 

Se isto é verdade, por que a nossa história empresarial é pobre em exemplos?

 

O sucesso é como o vento que leva o frágil barco para alto-mar. As lisas ondas e o céu azul, não denuncia a força das tempestades.

Sem experiência ou plano de ação, os marinheiros frente ao negro céu e a força das águas, trancam-se nas cabines para não serem atirados fora do convés. Com isso naufragam ou são jogados na arrebentação.

 

Lembra-se da frase: “para quem não sabe aonde quer ir qualquer lugar é bom?”

 

A questão primordial é o tamanho do risco e das perdas da decisão.

 

Planejar não é tarefa fácil, pois envolve a criação de cenários e o tratamento das incertezas.

 

Quando o técnico dizia à Garrincha que ele deveria ir pela linha de fundo, driblar o marcador e depois cruzar a bola na área, ele sempre perguntava se o acordo já havia sido feito com seu marcador.

Como estratégia era  perfeita, mas como tática duvidosa, afinal o adversário estava lá justamente para impedir suas ações.

 

Há alguns anos, eu meu filho Rodrigo Postigo fizemos um vídeo, que está disponível na internet,  sobre a complexidade do planejamento, que tem como título:

Estratégia ou tática - A busca pelo início do círculo!

 

Os recursos para coleta de informações, cada dia se tornam mais poderosos, mas o uso tem sido negligenciado.

 

Para o agricultor, não basta ter as melhores sementes se o solo é inadequado e a água insuficiente.

Quem poderia imaginar a escassez de água neste momento?

A todos nós nunca faltou avisos que um dia poderíamos enfrentar dias difíceis, mas que planejamento fizemos?

A abundância é a maior inimiga da prevenção. Por isso, vitórias vendam os olhos quanto a possíveis derrotas.

 

Dizem que o jarro quebra de tanto ir á fonte, mas é a negligência com seu manuseio que o danifica!

 

Planejamento conduz ao uso e exploração racional.

Gestor consciente é aquele que sabe que quem não planeja, não controla.

 

Sua empresa não tem recursos infinitos e nem  é possível sair vendendo tudo para todos,  portanto, como gestor, terá que ter planos para conduzir os trabalhos. No mínimo linhas de atuação que impeçam o fracasso.

 

Não é isso que vemos todos os dias.

Como barcos desgovernados, sem planejamento, muitas empresas são reféns do vento.

 

 

Ivan Postigo

Consultor de Gestão Empresarial

Articulista, Escritor, Palestrante

Postigo Consultoria Comunicação e Gestão

Fones (11) 4496 9660 / (11) 99645 4652

Twitter: @ivanpostigo

Skype: ivan.postigo

Exibições: 66

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço