Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Parece ate mentira, mas em muitos resorts do Caribe já estão usando o Tecido e Não-Tecido Virtual - e já e Fashion em San Marten e Miami.  Os modelos do Nu-Fashion ( Entre as Brasileiras as Gauchas Terla de Montt e Roberta Von Lewis) estão cada vez mais arrojados e tudo se torna mais simplificado e personificado (além do Barateamento de confecção e preço da fabrica) quando o fashion se torna literalmente virtual.

Jamie Burton de Nova York desfilou no réveillon do Manhatton Match, com um lindo desenho de Billie JeFound, que se fosse fabricado em tecido convencional (Seda Pura) custaria acima de US$ 15,000.00. Miss Burton, usando da nova técnica do Textil Virtual, o fez por menos de US$ 300,00, claro os adornos corporais íntimos não estavam incluídos no preço.

Alias ao se usar do Nu Chic, os adornos corporais são considerados “cafonas" por desviar a atenção da arte, do fashion para partes do corpo da modelo.

Nu Chic e tecido virtual e para ser usado sem adornos. As partes corpóreas podem ser acentuadas ou não por meio de programas especiais, como  Desnudetex da Espanha ou o Bareass-Alpha, da Inglaterra, o primeiro acentuando-se (ou diminuindo) as linhas do corpo e o segundo voltado às cores. Por exemplo, a Preta Gil, estará usando no missa de sétimo dia da Dona Lilian Martinho, um longo vestido de fibras virtuais que será programado de negro e ela se apresentara magra, com o auxilio do programa Inglês, Bareass-Alpha.

Em desfiles mais aristocráticos do Nu Chic, esta se tornando de praxe o uso do Chá de Mescalina ou Peyote, para criar novas nuances e cores além dos efeitos virtuais.

A Amie Wineglass, em seu show musical no Brasil devera introduzir o Nu Chic, bem como o Sutien Bomb-Shell da Victoria Secret,  mas segundo Sergio Valadares, representante da Amie Burton do Brasil, está havendo um certo conflito mercadológico entre a Burton Nude Fashion e a Victoria Secret, pois o uso do Bomb Shell desviaria a atenção do púbico, da Arte Abstrata, do Nu Chic para o adornado de seios.

Peco desculpa ao Erivaldo Cavalcanti, pois muitos amigos meus da Indústria são virtualmente contra a este conceito de indumentária virtual, pois se este modo pega mesmo eles poderiam fechar as portas. Idem os produtores de fibras. Algumas estimativas e de mais de 2,500 funcionários poderias ser demitidos em no complexo Textil de Maracanaú, CE, se esta moda de vestimentas virtuais vingar mesmo.

Mas discordo deles:  Posso dizer quase com certeza que tal não ocorrera: medidas tomadas em fabricas, já estão rapidamente se adaptando a nova tecnologia. Em Tsinan, na China, e não ha paralise na Indústria Textil nem distúrbio nos fluxos de caixa. Estão aderindo à nova mova e há até um aumento de demanda na produção virtual no mercado de fibras.

O ser humano parece ser resistente às trocas, as mudanças e não estão despojados e predispostos a voar alto e pensar "fora da caixa.”. 

Já os futuristas Ricardo  e Vivi Haydu, planejam o primeiro desfile de Nu-Chic no Anhembi, São Paulo, seguido de outro em Palermo Chico, Buenos Aires aproveitando a temporada de verão.

O Textil Virtual eh fato e chegou para ficar. Eu creio que a nova moda sera um sucesso neste verão especialmente no calor do Rio..

Sam de Mattos, SC, USA

 

Exibições: 166

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Comentário de maria graciete correia em 7 janeiro 2011 às 12:51
CONTINUA ERRADO, A PALAVRA RATIFICAR, QUE DIZER= CONFIRMAR. NO CASO, USAR A PALAVRA RETIFICAR QUE SIGNIFICA; CORRIGIR,REPARAR,CONSERTAR ETC, NO CASO DE ERRATA É CLARO
Comentário de Sam de Mattos em 6 janeiro 2011 às 19:49

ERRATA : "ADMIRAVEL NU  CHIC"

Gentileza ratificar no artigo acima: A Amie  Wineglass usara sutiens Bomb-Shell da Victoria Secret em seus shows no Brasil.

Segundo Miss Sylvia M. Van Matt, Administradora da Griffe  Victoria Secret no Sudeste dos EUA, fui informado que "desde 14 de Dezembro de 2010, a VS  esta produzindo a sua linha de Roupas Intimas em fibras virtuais" e que ja tem "ate pijaminhas de Flanela Virtual ( aqui e inverno) tambem a disposicao do publico em suas lojas". Segundo Miss Van Matt, "os Bomb-Shells apresentam tambem  dois  encorpadores por "taca" (enchimentos, pads) TOTALMENTE manufaturadosem fibras virtuais e DE FORMA NENHUMA este novo acessorio feminino afetara no 'visual natural' e na 'sobriedade'  e na autenticidade de performance da remonada artsita".

Desculpem o erro. SdM South Carolina USA

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço