Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

O incrível fabricante de roupas à prova de bala, “o Armani da roupa blindada”

Caballero com um casaco blindado em exposição em Guadalajara, no México: roupas aguentam até tiro de uma Magnum 45 (Foto: miguelcaballero.com)

As altas taxas de criminalidade e a incontrolável bandidagem da Colômbia de duas décadas atrás forneceram o click para o então estudante de desenho industrial e têxtil Miguel Caballero: e se ele pesquisasse algum tipo de tecido que substituísse os pesados e desconfortáveis coletes à prova de balas, um tormento que milhares de colombianos se impunham apesar das altas temperaturas do país?

Pois ali começou o sucesso daquele que é hoje chamado de “o Armani da roupa blindada”. Caballero consegue fabricar casacos – até de peles, para mulheres –, roupas de motoqueiro, jalecos, blazers e mesmo camisas polo que suportam o impacto de tiros. Conforme a roupa, aguentam o tranco de uma Magnum calibre 45, garante ele (e mostram os vídeos e testemunhos postados no site de sua empresa).

Os materiais e fibras que ele utiliza são segredos industriais.

Roupas à mostra na loja de Caballero na Cidade do México (Foto: NYT)

Com a notável diminuição da brutalidade criminosa obtida pela Colômbia em suas grandes cidades, a grande clientela de sua empresa passou a concentrar-se no México, imerso em virtual guerra civil entre o governo e os poderosos carteis de droga, que já resultou em 40 mil mortos nos últimos cinco anos. “As pessoas no México querem proteger-se cada vez mais”, diz Caballero. “Há milhares de automóveis blindados, muitos sequestros, altos níveis de criminalidade e o maior contingente de ricos do mundo”, exagera.

Exagero ou não, o fato é que Caballero – que também trabalha com blindagem tradicional, em veículos, coletes e apetrechos militares – ostenta uma luxuosa loja no bairro de Polanco, na Cidade do México, onde se aglomeram as grandes grifes internacionais, cujo movimento é tão grande que é necessário marcar hora para ser atendido. Os preços de suas roupas oscilam entre 500 e 5 mil dólares.

As roupas blindadas incluem linhas para homens e mulheres (Foto: manuelcaballero.com)

Ele estendeu seus negócios para outros países da América Latina, os Estados Unidos, a Europa, a África do Sul, a Índia e a China. E proclama que fazem parte de sua clientela o próprio presidente do México, Felipe Calderón, o ditador venezuelano Hugo Chávez (sempre roupas vermelhas), o rei Abdullah, da Jordânia, o ator de filmes-pancadaria norte-americano Steven Seagall e o ex-juiz de Direito espanhol Baltasar Garzón, que esteve durante anos na linha de frente da repressão aos terroristas bascos da organização ETA.

Bom conversador, Caballero não hesita em contar casos curiosos que viveu com sua empresa. Até a batina de um padre já chegou a blindar.

Fonte:http://veja.abril.com.br/

Exibições: 456

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Comentário de Alessandro Lemos em 26 abril 2012 às 12:54

Roupa à prova de balas? Fará, com certeza, sucesso no Brasil - assim como os carros blindados...

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço