Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Por Luiza Freitas
Estilista, Administradora e Consultora da Fashion Office

As principais novidades para o verão 2016, no segmento de moda feminino contemporâneo, transitam entre a releitura dos anos 1970 e os vazados inusitados, passando pela simplicidade leve dos vestidos brancos e pela praticidade do jeans. A estação se firma como uma temporada fashion friendly: é fresco, fácil, desejável e comercial.

Acompanhe, a seguir, as principais tendências de moda do verão 2016 para o segmento feminino contemporâneo.

Newstalgia 70
Geométrico, étnico global e bordado caracterizam o tema. Essa é a principal pegada para o feminino contemporâneo. 
Elementos fortes: bordados em detalhes ou peças inteiras; corte a laser imitando rendas; franjas; jeans claro, escuro ou estampado; bolsos em destaque; decote V profundo; tecidos fluídos em vestidos longos; calças pantalonas; calça pata de elefante; listrados (mas não com cara de náutico).
Cores: dos tons terrosos ao amarelo vibrante, passando por vermelho, azul e verde, além do branco, que aparece como cor destaque da estação.
Modelagem: A calça pantalona continua com a flare, mas abre espaço para a pata de elefante, que é ainda mais ampla. Nos vestidos predomina a linha “A” e os vestidos longos e fluídos. 


Campanha Valentino: vazados em laser que imitam renda.


Campanha Valentino: estampas étnicas e bordados.


Look referência: blusa de tecido fluído com estampa étnica e calça pata de elefante.


Cartela de cores Newstalgia.

Yin Yang
Nessa tendência do segmento feminino contemporâneo para o verão 2016, o militar se destaca ao contrapor o minimalismo. Vazados aparecem em todos os magazines com uma pegada esportiva ou mais moderna. 
Elementos fortes: os bolsos vêm para inovar; quimonos; calça fechamento envelope; blusa retângulo; mangas amplas; colete sem botão; calça pantacourt; assimetrias; formas amplas e retas.
Cores: o preto e o branco são protagonistas, seguidos pelos tons de cinza, com uma pitada de vermelho em referência ao japonismo e de verde oliva em referência ao militarismo.
Modelagem: peças que normalmente são estruturadas passam a ficar mais desestruturadas, com menos botões e mais amarrações. Aqui cabem tecidos mais firmes ou dublados.


Desfile Bottega Veneta: referências ao militarismo, observe o fechamento sem botões.


Desfile Lavin: releitura do japonismo minimalista, formas amplas e retas.


Look referência: minimalismo dialoga com o militar.


Cartela de cores Yin Yang.


Exibições: 584

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço