Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Muitos profissionais não conseguem lidar com o seu ímpeto destruidor ou construtor e saem passando por cima tudo a sua frente. Você pode já ter visto este profissional ou mesmo ser este profissional, mas você sabe valorizá-lo?

O profissional trator é aquele que sai fazendo tudo sozinho, se importando ou não com as consequências. É o profissional que não quer e, muitas vezes não precisa ficar pedindo informação para fazer algo, ele vai à busca das respostas sozinho nos meios certos e sai resolvendo problemas, muitas vezes sem passar pela chefia imediata.

É o profissional que sabe aonde encontrar a informação e não se faz de ignóbil puxando o saco de outros para obtê-las. É o profissional que toma atitudes esquecendo-se de que precisa se reportar à chefia, ou esquecendo-se inclusive dos trâmites legais dos processos organizacionais, mas vai lá e resolve.

Hoje vivemos num mundo onde existem várias turbulências desde as climáticas às emocionais, e a turbulência de criatividade não sai do contexto do profissional trator, pois geralmente são profissionais muito inteligentes e autossuficientes. Vivemos na era onde ser criativo pode salvar uma empresa ou mesmo um emprego e profissionais assim são efetivamente demandados no mercado. Porém com certa dose de contenção.

Mas então você deve se perguntar, este profissional é uma joia para minha empresa ou é uma pedra em meu sapato?

Se este profissional é autossuficiente, então porque não aproveitá-lo em atividades que requerem esta característica? É o sonho de toda chefia não ter de ensinar o passo a passo dos processos ao funcionário, é um alívio quando este se informa sozinho e vai atrás dos meios para resolver qualquer problema. Contudo, é um profissional que precisa muitas vezes ser controlado, pois, toda empresa tem processos e todo processo deve ser cumprido, logo, procure identificar este profissional na sua empresa e direcione-o para uma tarefa onde ele possa atuar com liberdade, porém, numa liberdade assistida para não acarretar em problemas para a sua organização.

Contudo, se você é este profissional, você entende que muitos serão os olhos reprovadores, então saiba dosar sua ação e procure sempre se interar dos trâmites da sua empresa. Também é interessante deixar claro à chefia esta sua personalidade, que só tem a contribuir com o crescimento da organização.

Sabe quem era assim? Steve Jobs! Percebi ao assistir ao filme sobre a sua vida. Este sim tinha o perfil do profissional trator, pois após passar do processo criativo partia com toda a força para colocá-lo em prática passando por cima de orçamentos e pessoas. Ele foi, muitas vezes, mal compreendido. Porém, uma coisa eu lhe digo, ele mudou o mundo e a nossa forma de viver.

Será então que este é um mal profissional? Não! Na verdade é um profissional mal compreendido.

http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/voce-conhece-o-p...

Exibições: 55

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço