Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

A profissão mais promissora para 2013

por Roberto Dias Duarte

 Em tempos de economia digital surgem novas profissões e desaparecem outras. Redes sociais, fisco eletrônico, e-commerce, e-business, nuvens de dados e uma infinidade de produtos vêm se transformando em serviços, todos eles dotados de forte base tecnológica, o que está modificando de forma decisiva o cotidiano empresarial.

 É o fim da privacidade. Erros pessoais, profissionais e corporativos se expõem à sociedade e às autoridades com uma velocidade inédita. Não há mais como camuflar o desrespeito às normas reguladoras de nossa convivência, sejam elas relacionadas ao direito dos consumidores, proteção ambiental, sanitária, trabalhista ou tributária.

 Há cada vez mais gente “de olho” no comportamento das empresas, mais informada e conectada ao mundo digital, sempre vasculhando, pesquisando, “assuntando” e mensurando benefícios e riscos.

 Autoridades tributárias também marcam presença com o seu Big Brother Fiscal, materializado por notas fiscais eletrônicas, contabilidade, declarações e livros virtuais para acompanhamento, em tempo real, da apuração e pagamento de impostos.

 Tal cenário se reflete claramente no mercado de trabalho, frente à responsabilidade de cada colaborador neste ambiente de exposição digital gigantesca, no qual pequenos deslizes geram grandes transtornos comerciais e tributários, afetando a imagem de pessoas e empresas.

 Em meio a tudo isso, eis que surge uma ocupação extremamente promissora para 2013, a de intraempreendedor. Trata-se daquele profissional cujo objetivo é cuidar da empresa como se dela fosse dono, ou seja, zelando pelo bom atendimento aos clientes, reduzindo custos e riscos tributários, dentre vários outros.

 Independentemente de sua atividade principal, ele busca ajudar quem precisa. Quando necessário, “puxa a orelha” até do patrão, alertando-o quanto aos problemas. Afinal, sabe que um dia será dono de seu próprio negócio e por isso tem fome de conhecimento. Quer aprender e ganhar algo que nunca lhe será tirado, a experiência.

 Desempenhar tal papel requer estudo constante e conhecimento multifacetado, o que inclui finanças, contabilidade, tributação, tecnologia, marketing e, principalmente, comportamento humano. Igualmente fundamental é cultivar valores como respeito, ética, compromisso, paciência, persistência, alegria e… amor pela vida!

 O mundo resistiu a 2012, e mesmo que você não seja propriamente um intraempreendedor nato, é bom absorver pelo menos a essência dessa nova forma de agir, sob pena de ver sua carreira na vala comum das que já se extinguiram, muitas delas ainda no século 20.

Exibições: 767

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de petrúcio josé rodrigues em 6 março 2013 às 7:30

o individualismo, dotado supervalorização pessoal e mental, podem influir negativamente nos  resultados,  do empresariado. 

Comentário de Marcos Augusto Figueiredo de Oli em 5 março 2013 às 21:52

O dificil e o empresario colocar na cabeça que precisa de um intraempreendendor.

Comentário de Marcos Augusto Figueiredo de Oli em 5 março 2013 às 21:49

Comentário de petrúcio josé rodrigues em 5 março 2013 às 18:14

ok companheiro Djalma Pereira,

somos uma  corrente construida com "elos". cada um de nós, é participantes de um ato bonito, que é informar.

petrucio jose  rodrigues

Comentário de petrúcio josé rodrigues em 5 março 2013 às 18:11

digo: contribua (descupas) 

Comentário de petrúcio josé rodrigues em 5 março 2013 às 18:10

Muito bom amigo Jorge,

nosso blog é propício, para  que  cada  um corontribua para nos prover de infomações,

petrucio jose rodrigues   

Comentário de djalma pereira dias em 5 março 2013 às 17:56

Otimo texto.  Veio de encontro comigo! obrigado petrucio.

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço