Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Crise Têxtil - Carta Para o Deputado TIRIRICA Com Resposta e Réplica


De: SAMDeM@aol.com [mailto:SAMDeM@aol.com] Enviada em: quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 17:50 Para: Dep. Tiririca Assunto: APELO DA INDUSTRIA TEXTIL DE SAO PAULO E DO BRASIL

Estimado Deputado:

Francisco Everardo Oliveira-Silva

Brasilia, Distrito Federal

29 de Fevereiro de 2012

Estimado Deputado Francisco Everardo:

Perdoe-me a falta de informalidade, mas quero lhe dar o respeito de um Membro da Camara dos Deputados Federais e prefiro não usar o seu nome artístico no desempenho de suas funções.

Meu nome e Sam de Mattos, Jr, sou militante da Indústria Textil, Membro honorário da ABTT (Associação Brasileira dos Técnicos Texteis), Diretor Industrial, e escritor.

Quando disse a alguns amigos que recorreria a sua ajuda, alguns não me levaram a serio. Por o fiz?

Por razoes simples:

1-      Somos um grupo no Brasil de 86,000 trabalhadores, segundo em numero só para a indústria metalúrgica. Temos tido vários figurões por nos eleitos e uma vez no poder se esquecem do povo que os elegeu.

2-      Sou de Família humilde. Estudei muito, comi o diabo que o pão amassou: vim fugido de Ouro Preto onde estudei engenharia em 1970 por conta da Ditadura. Minha viagem de Minas a Califórnia durou um ano e meio, pois vim andando e só com uma mochila nas costas. No meu livro quase autobiográfico, O PAPA BESOUROS, explica bem a historia.

3-      Aqui comi o pão que o Satanás amassou, mas me formei sem ajuda de ninguém, criei minha família e me tornei um Diretor de Firma bem sucedido. Mas Deputado, NUNCA perdi a minha simplicidade, o meu apoio aos humildes, nunca deixei de pedir emprego para um técnico textil ou varredor de chão de fabrica.

4-      Deputado eu sei o o Senhor e também sofrido, e ainda que vitorioso e agora representando quase meio milhão de eleitores da Pauliceia, o senhor não se mascarou e não trocou a sua simplicidade.

I - O QUE PECO PESSOALMENTE PARA MINHA PESSOA?   NADA

II- O QUE ESPERO DO SENHOR: Só o seu apoio honesto a Classe Textil.

III- PORQUE NECESSITAMOS DO SEU APOIO:

1-      A indústria textil Brasileira afunda. Estamos sendo consumidos pelos Chineses competindo deslealmente conosco, com produtos ALTAMENTE SUBSIDIADO pelo seu governo e uma quantidade imensa de CONTRABANDO que entre em nossos portos por meio ilegais e sem documentação nenhuma pelas fronteiras do Brasil

2-      A Indústria Brasileira perde TECNOLOGIA. Perdemos PROFISSOES. Estamos nos tornando meros exportadores de comodidades, de Grãos, de Minérios, de produtos Agropecuários e a nossa tecnologia MORRE. Exportamos  minério e compramos torneirinhas. Exportamos Algodão e compramos fio e pano. A nossa indústria, Deputado, morre.

3-      Cada empregado que vai para a rua é em media sete Brasileiros que ficam na miséria. Fabricas têxteis se fecham todas as semanas.

4-      Necessitamos do seu apoio porque os figurões por nos eleitos e entidades por nos mantidas não mais cumprem o seu dever para com os funcionários da Indústria Textil. Deputado else são uns vaselinas, de duas caras, que falam bonito e fazem merda alguma, exceto escrever bonito em revistas e jornais, falam pomposamente não TEM FEITO NADA. Nossos representantes são FALIDOS.

5-      Deputado, a indústria Brasileira não pode competir “pau-a-pau” com os “Chinas” com esses impostos em cima que impostos que caem sobre nos. A carga tributaria enorme. As nossas estradas para exportar estão um lixo. Os portos são corrutos e INEFICIENTES. Isso tudo e que aumenta o custo de tudo, nos tira da “raia” de exportação e cria o chamado CUSTO BRASIL.

O problema tem mais ramificações, mas por hora não lhe quere escrever um livro. Já estou convidando oficialmente o Senhor a se juntar ao nosso Grupo Textil no internet e periodicamente os seus assessores receberão as nossas noticias.

Leia com carinho esse pedido de SOCORRO. Vamos ter uma causa para fazermos um Brasil melhor. Vamos defender essa gente miúda, estes empregados de chão de fabrica, esquecida pelos figurões e ignoradas pelos bajuladores.

Como o senhor teve meio milhões de Brasileiros para bancar a sua candidatura e votar ao senhor vamos fazer forca para por a nossa indústria também lhe apoiando e façamos desse meio milhão uns seiscentos e cinquenta mil eleitores a lhe prestigiar.

Aguardando o seu apoio, somos,

Cordialmente:

Sam de Mattos, Jr.



Prezado Sr. Sam,

Acuso o recebimento de seu e - mail, pelo qual Vossa Senhoria faz relato acerca das dificuldades enfrentadas pela indústria têxtil brasileira e  relata sua trajetória de vida e luta a favor da classe trabalhadora  da indústria têxtil brasileira.

Em reposta, informo que existe nesta Casa a Frente Parlamentar Mista Jose Alencar para o Desenvolvimento da Industria Têxtil e da Confecção do Brasil, cujo sítio eletrônico  ABIT http://www.abit.org.br/site/navegacao.asp?id_menu=20&IDIOMA=PT descreve em detalhes  a constituição da Frente, tais como a lista de parlamentares que a integram, cartilha sobre seu lançamento e temas afins.

Aproveito a oportunidade para apresentar protestos de estima e consideração e permaneço à disposição em meu Gabinete.

Atenciosamente,

Francisco Everardo TIRIRICA

Deputado Federal

PR/SP

Estimado Deputado.

Agradecemos a sua pronta resposta.

Não quis ser tão obvio com o Senhor, mas o grande setor trabalhista, de “chão de fabrica” e “mão - na –graxa” da área Textil esta mais com a ABTT (Associação Brasileira de Técnicos Têxteis).

Sim, conhecemos essa movimentação da ABIT, agradecemos reiteradamente a gestão dessa organização, mas NÃO, muito obrigado, nos seguiremos as nossas “luzes”.

Estamos criando um movimento que aqui nos EUA se chama de GRASS ROOTS, de “raízes degrama” que se traduz bem no Portugues como “DE PÉ NO CHÃO”.

Dizendo-se representar a Classe Textil temos vários figurões, Donos de Fabrica e politiqueiros: Muitos donos de fabricas são IMPORTADORES DE MATERIA PRIMA DA CHINA. Sai mais barato para eles importar da China do que manter funcionários e pagar os insumos da fabricação no Brasil, que reconheço, são altos. Outros são importadores de fios da Índia, Paquistão e China.

Ha muitos lideres em nossa classe que visam agendas políticas. Muitos desses lideres da indústria já estão saindo da área textil e se alavancando com outros atividades como agropecuária, mineração, eletricidade, especulação imobiliária, metalúrgica e por ai vai.

Sabia o senhor que alguns deles vendem ate material para fardamento das Forcas Armadas Brasileiras com tecido importado Chines.

Deputado: Nόs procuramos a sua ajuda por ser o Senhor um homem sofrido que conhece a necessidade do homem pequeno. Queremos o Senhor conosco porque o Senhor NÃO PRECISA ser politiqueiro: O Senhor teve voto bastante para eleger meia dúzia de companheiros seus.

Queremos o Senhor por ser novo ai em Brasília e ainda não ter perdido a sua simplicidade com esse povo do planalto.

Temos um grupo de Técnicos Têxteis, Engenheiros, Projetistas, Vendedores, Exportadores, homens do Setor de Logística, de Maquinarias, Lingüistas, Fiadores e Tecelões, gente de Moda e Fashion que trabalharão gratuitamente com o Senhor, sem lhe pedir NADA, só pelo amor por nossa causa.

Deputado; nos queremos começar um movimento nosso, novo, sem figurões, movimento de “Pé no Chão”, e queremos o Senhor conosco..

Estamos casados de badalações, de coquetéis, de Luzes da Ribalta, de Picadeiros e coreografia, de muita reunião, de cartolagem e “perfumaria”.

Conosco queremos alguém estabelecido pelo povo e que ponha a mãos na massa, com os operarioe , tecnicoe e engenheiros texteis..

Mui Cordialmente,

Sam de Mattos, Jr.

In a message dated 2/29/2012 6:00:40 P.M. Eastern Standard Time, dep.tiririca@camara.gov.br writes:


Exibições: 2344

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Comentário de Sam de Mattos em 8 março 2012 às 16:54

Romildo: Tristemente chego a conclusao que os PALHACOS somos nos. Esse povo todo tomando Scotch de 25 anos, recebendo Titulos, Presidencias, e ate posicoes de CONSELHEIRO NA PETROBRAS, e rindo: Rindo de voce e rindo de mim. Outra realidade. Nos somos eleitores, eles criaram uma MASSA de Ignorantes, Famintos e Imbecis, caneiros cordados que ao matadouro se vao, sem mesmo se espernear. Somos osso e merecemos isso. Tivesse eu mais coragem e fosse menos masoquista, e imbecil. estaria usando a minha pena para me juntar a eles. SdM

Comentário de Romildo de Paula Leite em 8 março 2012 às 15:11

    parabens, sam de matos pelo menos um politico respondeu as reclamaçoes dos texteis.

Comentário de Sam de Mattos em 4 março 2012 às 21:30

JOSE RUIZ: Puxa. Obrigado. Muitos amigos (amigos mesmos) que nao quizeram aparecer no aberto, "me puxaram a orelha" por meio de e-mail... O meu angulo vc pegou BEM. Ja que os "cartolas" nao nos da bola (Promessas e Papos furados, nao faltam!) e os "vcaselinas" ficam em cima do muro. Dai se nos recebermos ajuda de um ser humilde que conhece o que e "ralar", melhor para nos e "uma banana" para eles. Por outro lado se o Deputado Tiririca nao nos der a mao e apoio, ele estara traindo as suas raizes, as suas bases. Esperemos Ruiz, para ver. Enquanto isso que tal se vc tambem  mandar um email em palavras simples explicando ao Deputado a nossa situacao? Bom resto de Domingo! Hug (Abraco) Sam de Mattos

Comentário de Jose.gomesruiz@hotmail.com em 4 março 2012 às 21:20

Prezado Senhor,

Sam de Mattos, Jr.

Conceda-me a licença de abusar do preâmbulo do comentário a respeito das exposições, que vindas de V.Sª, também nos são de agrado. O Senhor da um exemplo bem categórico ao Estimado Deputado, agradecendo a pronta resposta do mesmo!

Por que eu disse que os Deputados e mais autoridades do Governo, já possuem respostas imediatas e diretas?

Conforme o Senhor cita, de não querer ser tão obvio para com o Deputado, foi um recado direto e no ALVO CERTEIRO, pois os mesmos não sabem o que é o grande setor trabalhista, de “chão de fabrica” e “mão - na –graxa” da área Têxtil, pois a mesma esta mais com a ABTT (Associação Brasileira de Técnicos Têxteis).

O movimento “GRASS ROOTS, é ótimo também para que a Sociedade Brasileira se conscientize que deve ter as “raízes de grama” muito bem enraizado para manter, “OS PÉS TAMBÉM BEM FIRMES NO CHÃO”; afim de que tomemos conta do nos pertence e de que é nosso”!

Abraços.

 

Comentário de MIROIR GROUPE em 4 março 2012 às 21:06

Sem Comentários...

Comentário de Sam de Mattos em 4 março 2012 às 16:52

MARCIO: Como disse, quando um esta se afogando, nao se escolhe boias!

Agora aguardo a sua solicitacao ao Deputado. Bom fim de semana! Sam

Comentário de Sam de Mattos em 4 março 2012 às 0:23

MARCIO MONTE NOVO: Obrigado, Sua parte foi feita. Ah... Boa sorte. Parece que vamos necessitar de muita sorte. SdM

Comentário de Sam de Mattos em 4 março 2012 às 0:21

JOSE GOMES RUIZ: Obrigado! Cojones, SdN

Comentário de Sam de Mattos em 3 março 2012 às 23:57

OBROGADO Amiga Heloiza. Carta firme e no ponto! SdM

Comentário de Jose.gomesruiz@hotmail.com em 3 março 2012 às 17:32

Ilmo. Sr.

Francisco Everardo Oliveira-Silva .

Todos os políticos já tem tudo em mãos, ou seja: uma reclamação lhes chegou a conhecimento, sua assessoria já esta pronta a dar uma resposta para um problema que nada lhe diz respeito, mas foi criação de outro político.

Que existe a Casa a Frente Parlamentar Mista Jose Alencar para o Desenvolvimento da Indústria Têxtil e da Confecção do Brasil, cujo sítio eletrônico ABIT http://www.abit.org.br/site/navegacao.asp?id_menu=20&IDIOMA=PT que descreve em detalhes a constituição da Frente, tais como a lista de parlamentares que a integram, cartilha sobre seu lançamento e temas afins, pode existir; mas faz alguma coisa?

Aqui digo eu: “outras” Casas MIL que nada fazem neste Brasil, a favor de seus FORMAIS e INFORMAIS TRABALHADORES e APOSENTADOS, existem sim, mas são todas inócuas, pois só viajam no que lhes deem maiores “frutos”. Para a Sociedade de modo geral é sempre colocada a “famosa PENEIRA diante do SOL”, ou seja: BOLSA DA MISÉRIA, CONTRA A FOME, APOSENTADORIA PARA AQUELES QUE NUNCA EM UM CABO DE ENCHADA PEGARAM, PARA FAMILIA DE PRISIONEIROS e etc.

Porem no meu ponto de vista e político o PROBLEMA MAIOR, não foi citado: ELA NÃO TRABALHA EM INTENSIDE TAL PARA QUE TODOS NÓS SEJAMOS PROTEGIDOS CONTRA INVASORES DE TODOS NOSSOS SETORES INDUSTRIAIS, INTERNOS E GOVERNAMENTAIS, POIS ATÉ NO GOVERNO EXISTEM AQUELES QUE SÓ TRABALHAM SE FOREM MOVIDOS A EMPURRÕES FINANCEIROS.

Abraços a todos!

© 2023   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço