Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Dilma usa uma pulseira contra mau-olhado. O que será que o PMDB, a ...

    
dilma-pulseira

A presidente Dilma e a pulseira com o talismã: de quem a presidente quer se proteger? (Foto: Ueslei Marcelino / Reuters)

Embora criada na alta classe média de Belo Horizonte e tenha estudado em colégio de freiras, a presidente Dilma Rousseff, como se sabe, abraçou o marxismo durante um longo período de sua vida.

Na campanha eleitoral de 2010, orientada pelos marqueteiros e com as bênçãos de Lula e do comando do PT, a presidente renegou antigas posturas sobre o direito ao aborto, colocou véu na cabeça, foi à missa e rezou.

Não se sabe — até pela excelente razão de que não lhe perguntam — se a presidente tem fé religiosa.

Alguma fé no transcendental, porém, a “Dama de Ferro” do Brasil parece abrigar. Veja-se essa foto da agência de notícias Reuters, publicada na edição da semana passada de VEJA: Dilma ostenta, no pulso esquerdo, uma pulserinha da qual pende um conhecido talismã contra mau-olhado.

Este é o formato mais usual do talismã contra mau-olhado.

O mau-olhado é algo presente em praticamente todas as antigas tradições religiosas e sua origem se perde nos tempos.

O talismã, em geral feito de vidro de cores diferentes lembrando um olho, aparentemente surgiu no Oriente Médio — é usado e encontrado aos milhares, para venda, de todos os tamanhos e formatos possíveis, de Israel à Arábia Saudita, da Turquia a Omã –, espalhou-se Mediterrâneo afora e por boa parte da Ásia e, com o turismo internacional, praticamente não existe país onde alguém não possua um deles.

Onipresente na Turquia muçulmana, na região da Capadócia, aqui e ali, vendedores expõem os talismãs, ali chamados nazar boncuğu, em árvores secas, como se fossem frutas.

A presidente deve estar usando o talismã contra a fome de cargos dos partidos da “base aliada” e contra a fofocagem que volta e meia flagra contra medidas de seu governo no próprio PT.

Se bem que quem precisa mesmo de algo do gênero, atualmente, é o senador Demóstenes Torres (DEM-GO).

Na Capadócia, Turquia, os amuletos são expostos em árvores secas, como frutas

Exibições: 283

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de maurijose.santos em 27 março 2012 às 20:51
Supertição, fé ou qualquer coisa que seja, sempre é bom para se previnir, ainda mais que o nosso país esta crescendo bastante e em breve será uma grande potência mundial. Agora
precisamos criar medidas urgente para salvar a indústria têxtil brasileira, pois com a entrada desleal dos importados, esta ficando cada dia mais difícil a reabilitação o setor têxtil no Brasil, neste caso, nem supertição e sorte vai resolver. Precisamos agir urgente ! Mauri.

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço