Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Experiência profissional x Perfil do Empreendedor

Um amigo muitíssimo próximo de meu convívio profissional e pessoal vêm por estes dias  conversando comigo assuntos correlatos a nossa carreira profissional e sobre a nossa profissão que têm me deixado com uma puga atrás da orelha.Quando somos interpelados,entrevistados por RH'S da vida,empreendedores e headhunter sobre nossa carreira, temos que escutar e passar muitas das vezes por certos constrangimentos sobre nossa EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL.Do tipo:"porque você ficou um  ano nessa empresa.Porque ficou seis meses nesta,e por que ficou dois anos e etc.. nestas demais empresa.E este meu amigo Emanuel falou-me uma coisa que parece á principio brincadeira,mas é a pura verdade."Por acaso vocês deixam nós ficarmos mais tempo na gestão".E óbvio que ainda não falei e ele também não,mas confesso que lá no fundo dá vontade de expor o que nós pensamos.Certa ocasião tive o prazer de poder conhecer um técnico de futebol de nome Joel Santana.Levado por grande amigo meu que é Botafoguense roxo e na época o Joel era técnico do Botafogo do Rio de Janeiro.Ao desabafar com ele sobre a sazonalidade que enfrento  há cerca de 13 anos na profissão,pois ora estou trabalhando como celetista e ora como consultor.O Joel virou-se para mim e explanou o seguinte:"Caro amigo vascaíno Luiz Roberto,volte e meia o meu trabalho é questionado.Porém aqui no Rio de Janeiro já fui campeão de todos os times considerados grande no Rio.O chato disso tudo é que aqui no Brasil,os presidentes de clube não dão o tempo necessário para que possamos fazer um equipe campeã.Diferentemente de outros países onde os CEOS não são imediatistas,pois conseguimos fazer um trabalho a longo prazo.No final de sua explanação ele foi bastante cômico.A diferença minha para a sua.é que se eu ficar seis meses num clube a minha indenização trabalhista é cem vezes maior que a sua, se você ficar 10 anos pelo cargo que ocupa nas empresas.Muito legal,aprendi e muito com o Joel.Trazendo para nossa realidade de Confecção de Roupas,o que normalmente vêm acontecendo é que quando as vendas não estão indo muito boa nas lojas.A primeira coisa que se faz é mexer na fábrica e reduzir custos, demitindo os gerentes(aonde o material humanos é o melhor ativo das empresas).Quando somos prospectado para uma oportunidade de emprego,temos que agir diferente.Em vez de pesquisar sobre a corporação que participaremos do processo seletivo,precisamos ir em busca do PERFIL DO EMPREENDEDOR.Para pelo,menos tentarmos atender as suas necessidades pessoais,que muitas das vezes também não é da empresa e sim um ponto de vista dele. Aí começa o interrogatório:"esta empresa ficou pouco tempo,o que houve.Agora esta ficou muitos anos,porque não buscou novas oportunidades.A empresa que você trabalhou aqui era Gerente,nessa outra ocupava um cargo inferior.E ainda vou mais além.Sua carreira é dividida entre trabalhos com CLT e consultoria,poxa porque dessa divisão".Enfim é isto que NÓS Luiz Roberto e Emanuel temos vividos nos últimos anos de nossas carreiras.


Colaboração:Emanuel(e.lealsouza@yahoo.com.br)(0xx5521)9416-5546

Exibições: 156

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço