Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Fonte:|portaisdamoda.com.br|

Uma boa compreensão e conhecimento a respeito das características e funcionalidades de fios e fibras é uma das mais importantes ferramentas que um designer de moda necessita para desenvolver uma coleção de sucesso.

Para a Primavera Verão 2010 2011, as tendências têxteis refletirão o humor e características da sociedade, projetando o seu otimismo nas inovações materiais, de impressões e cores desses produtos. O espírito de esperança será visível na moda, a qual deixa de lado a reflexão da situação econômica e investe em características mais descontraídas.

A seriedade e morbidez dos tons escuros e tecidos pesados sedem espaço para uma tendência que combina discrição e um quê de diversão ao mesmo tempo. Essa cautela é vista no resgate de tecidos sóbrios que trarão as influências e adaptações da moda masculina para o segmento feminino, como é o caso das padronagens listradas e xadrezes que estamparão parte desses materiais.

O uso e preferência pelas fibras naturais serão característicos dessa temporada. A retomada de uma moda mais personalizada guiará a confecção de peças mais casuais e menos elitizadas. O cotidiano do consumidor será relevante durante a elaboração de coleções, bem como durante a determinação dos materiais; assim, essa valorização do natural se justifica não só pela conscientização ecológica, mas também pelos benefícios que fibras como o algodão e o bambu agregam às roupas.

À frente dessa moda relaxada e casual temos as malhas estampadas com motivos infantis que remetem as lojas de doce. Listras coloridas e tons pastéis remetem as balas e sorveterias que dão um ar alegre para o Verão de 2011.Tendências já presentes no Outono Inverno 2010 se estenderão para as estações quentes; entre elas temos o estilo vintage das malhas desbotadas.

As paletas de cores mais vibrantes para a malharia incluem tons cítricos, vermelhos profundos, corais, rosas, azuis, mostardas e muito verde. A neutralidade do nude e do branco serão também adotadas por essas empresas como fortes apostas para a temporada de calor.


Malhas estampadas ganharão motivos étnicos, heranças culturais, florais suaves, aspectos urbanos e rústicos. Luminosidade e fluidez são duas das principais características para a moda da virada da década. O glamour e ostentação, ambos comportamentos atípicos dessa temporada em que o mundo se volta para um sentimento de harmonia e igualdade, ficam por conta de tecidos decorados com bordados, aplicações e ornamentos exuberantes.


Influências das décadas de 20, 50 e 70 serão vistas não só na silhueta e forma da moda em voga na Primavera Verão 2010 2011, mas também estampando tecidos planos e as malhas da estação. O positivismo e esperança regem os anseios e atitudes da sociedade, por isso veremos um pós-crise repleto de cores suaves que simbolizam o recomeço; quando a crise financeira é passado e prosperidade e harmonia serão conceitos adotados no dia-a-dia das pessoas e, com isso, também na moda.

Camila Cemin Rolon
Equipe de Redação Portais da Moda Departamento de Moda

Exibições: 30

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço