Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Nível de emprego recua em fevereiro-varejo têxtil e de vestuário

Dados do Caged, divulgados a semana passada, informam que o corte foi geral nos três segmentos de moda analisados: têxtil e de vestuário; varejo; e atacado.

Com o mês mais curto por causa do feriado de Carnaval, o mercado de moda reduziu o quadro de pessoal em todos os segmentos analisados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). De acordo com os dados da pesquisa mensal divulgados na semana passada pelo ministério do Trabalho, a indústria têxtil e de confecções terminou o mês com saldo negativo de 126 postos de trabalho fechados.

Três estados influíram fortemente para esse resultado negativo. São Paulo que cortou 875 vagas; Rio de Janeiro, que eliminou 645; e Rio Grande do Norte, que acabou com 470 empregos. O desempenho foi contido pelas contratações registradas em seis estados, com destaque para Santa Catarina, que abriu 3.031 vagas. Os demais reduziram o quadro de pessoal e um (o Maranhão) manteve-se estável.



O varejo têxtil e de vestuário também reduziu as vagas, repetindo o script dos três últimos anos. A redução de fevereiro de 2015 difere das anteriores pela extensão: foram eliminados 14.525 postos de trabalho, em todos os estados, com São Paulo liderando também nesse segmento, ao fechar 4.032 vagas. Da mesma forma, o varejo do Rio de Janeiro e de Minas Gerais executou cortes profundos com a redução de 2.319 e 1.588 postos no mês, respectivamente, registra a pesquisa do Caged.

O comportamento do atacado foi semelhante, com a eliminação de 257 vagas, quantidade bem maior que o corte efetuado em igual mês de 2014 (-16), ano em que o Carnaval caiu em março. São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul foram os três estados que mais reduziram o quadro com a exclusão de 91, 42 e 37 postos, respectivamente.
 http://www.gbljeans.com.br/noticias_view.php?cod_noticia=5962

Exibições: 75

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço