Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

O Raimundo Delfino já esta com a sua fabrica em Edinburgh, Texas, a pleno vapor. Bate um denim diferenciado, usando-se alguns acervos intelectuais da própria SANTANA TEXTIL que está sendo bem recebido no Sul dos EUA, Norte do México. Também ha demanda do Jeans da SANTANA TEXTILES para os fabricantes de roupas da América Central, mas a produção foi absorvida precocemente e já não da (ainda) para atendê-los. O Raimundo Defino é um tipo desassombrado e de “cojones”: Apostou num pais em dificuldades financeiras e se deu bem. E ele merece. Pessoa simples de joga bola e ping-pong com os seus associados. Bom ouvinte e sabe acolher as pessoas. Por exemplo, nunca visitei a Santana Textil em Horizonte, Ceara, e deixei de ser atendido pelo Raimundo. Espero que ele continue sendo assim, mesmo depois do projeto do BANCO DE INVESTIMENTOS INDUSTRIAIS HORIZONTE se tornar realidade. Boa sorte com esse projeto mais lucrativo, Raimundo - mas não se esqueça do textil. Abração a voce, ao Flaviano, ao Laercio, a Tania, ao Helton e ao Wellington (Recém-chegado da Coteminas-Santanense) e a outros mais que estão no processo de irem para o Texas. Enfim, um abraço todos do seu grande time – Dona Gilda no refeitório da Unidade de Natal, incluida. Sam de Mattos, Jr.

Exibições: 909

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Comentário de Marcelo Cavalcante em 9 novembro 2011 às 18:00

As duas fábricas em Natal, unidade 2 e 3 estão a venda. Já foram mais de 200 demitidos de agosto pra cá. Em Fortaleza, corre o boato que a dívida das fábricas em Natal supera os 30 milhões de reais!

Comentário de Sam de Mattos em 9 novembro 2011 às 11:23

Nao sei de nada sobre fabrivca a venda em Natal. Se for a do Delfino, eu tenho uma ideia. Esta fabrica foi adquirida ja estabelecida, E o perfil do delfino e comecar as fabricas voltadas aos seus planos de longa meta. Desejo exclarecer que GOSTO DO DELFINO: Gosto dele pela SIMPLICIDADE. Por Jogar ping e sinuca com os seus empregados; Gosto deles por ser leal ao seu pessoal mais chegado; gosto dele por ter posto em seu aviao, afilha de um grande amigo meu, que estava DESENGANADA em Fotaleza. Ela foi para Sao Paulo, se curou e hoje e uma Juiza. Delfino NADA pediu ao meu amigo. Gosto dele porque ele nunca vacilou em cumprir um contrato com minha firma. Gosto dele por ser simples e sempre me atender. Perguntem a Tania e ao Flaviano por que gostam dele: Havera centenas de razoes. Agora, as financas dele, sua estrategias, seus planos, creio que nao sao assuntos de minha pauta. O fatoe que eu gosto do homem. Bem explicado? Nao sou de ficar em cima do muro nem de ser apologetico pelos meus gostos ou desgostos. SdM

Comentário de José Ricardo Fozenca em 8 novembro 2011 às 20:17
Enquanto isto em NATAL-RN, uma fábrica a venda!! DUZENTOS DEMITIDOS! Será que isto é exemplo de empresário desassombrado? Sei não!!!
Comentário de Sam de Mattos em 4 agosto 2011 às 11:04

Eco, Fabinho... Duo eco! O businessman Brasileiro tem que ser como os imigrantes (e as minorias etnicas): TEMOS QUE SER MAIS para sermos IGUAIS! Se um local aqui fala dois idiomas, ando estudando um sexto. Se um aqui tem um diploma, quero dois. Se mantem seus cartoes de credito bem "pianninho", eu tenho-os pagos. Dai, sou “ONE OF THE BOYS”.

 Eu creio que o Raimundo, nessa vertende, no Sul do Texas esta se tornando ONE OF THE BOYS. Ha mais noticia nessa area, mais ainda eh confidencial. Obrigado, Fabio, pelo seu SEMPRE ATENTO comentario. SdM

Comentário de Fabio Germiniani-TRIUMPH TEXTIL em 4 agosto 2011 às 7:54
Quem nao arrisca nao petisca como dizia o velho ditado! e nao tenho dividas que vai dar mais que certo,pois americanos nao como nòs brasileiros ou falsos brasileiros, acreditam e lutam pela recuperaçao...sejamos mais nacionalistas,ou nao, mas sejamos mais nòs mesmos!!

© 2024   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço