Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Setor industrial com mais dificuldade para investir | MirianLeitão - http://oglobo.globo.com/economia/miriam/|

Enviado por Bruno Villas Bôas
Menos indústrias estão dispostas a investir neste ano. Os empresários estão incertos sobre a demanda por seus produtos e sem recursos suficientes em caixa. Uma entre quatro empresas sequer tem um programa de investimento. Essas são algumas das constatações da Sondagem de Investimentos da Indústria, realizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) com 820 empresas entre abril e maio deste ano.

O trabalho, divulgado nesta terça-feira, revela que 87% das indústrias estão com dificuldades para investir, mais que o dobro do mesmo período de 2008. Menos investimento significa menor crescimento futuro. O aumento da capacidade de produção permite ao país crescer sem gerar inflação.

O investimento em capacidade de produção costuma aparecer entre as prioridades das companhias em períodos de maior crescimento econômico e de utilização das fábricas. No ano passado, essa era a prioridade de 50% das empresas consultadas pela FGV. Neste ano, no entanto, as companhias estão priorizando o aumento da eficiência produtiva. Ou seja, em tempos de crise, priorizam redução de seus custos.

De acordo com a sondagem, metade das empresas que alegam dificuldade para investir apontam o cenário incerto de demanda como principal fator inibidor. Trata-se do maior percentual para esse indicador desde o início da série histórica da pesquisa, em 2004. Em seguida aparece a limitação de recursos (35% das empresas), seguido pela carga tributária alta (29%).

Embora apareça apenas em quarto lugar, a limitação de crédito foi mais citada na pesquisa frente ao ano passado: saltou de 16% para 28%.

Segundo a FGV, o resultado mostra que as perspectivas para o investimento no setor industrial são "menos favoráveis" neste ano que as observadas em 2008. As empresas pretendem investir em 2009, por exemplo, 7,8% a mais que no ano passado. Em 2008, esse aumento havia sido de 16% em relação ao ano anterior.

Exibições: 28

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2019   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço