Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Sem saber o que fazer da armadilha de custos altos, governo brasileiro 'pede' que China nos venda menos

O GOVERNO "está preocupado" com a torrente de importações da China, que aniquila algumas indústrias brasileiras. O governo do Brasil então pede que o governo da China restrinja "voluntariamente" suas exportações de roupas, tecidos, calçados e eletroeletrônicos.

Não se entende bem o que sejam "eletroeletrônicos" (inclui componentes?). Mas o grosso das importações brasileiras da China não é tecido e sapato. É de componentes eletrônicos, insumos industriais variados (de metais a químicos), máquinas e motores e suas peças.

Isto posto, as importações chinesas de têxteis e calçados de fato estão ajudando a arrasar tais setores. Mas ajudam, apenas.

Primeiro, os próprios chineses começam a "terceirizar" para vizinhos pobres a produção desses itens. Depois da China, virão os salários e os preços baixos de Bangladesh, Indonésia, Vietnã etc. O problema não é bem a China, mas a redivisão internacional do trabalho acelerada.

Segundo, muito produto de China e vizinhança, quando não é apenas contrabando, é dumping (subfaturado) ou exportado com o apoio de alguma maracutaia comercial, como "triangular" a venda (maquiar produtos em países que não estão sujeitos a restrições impostas pelo Brasil). O governo quer que o governo chinês baixe a repressão sobre seus mercadores malandros? Uhm.

Terceiro, nem mesmo o ditatorial governo chinês tem controle sobre os milhares de fábricas e entrepostos de exportação. Se tivesse, neste mundo em crise, vão arrumar problemas sociais por causa do Brasil?

Quarto, algumas indústrias brasileiras estão moribundas pelos motivos sabidos, "estruturais".

Os salários brasileiros são altos (em relação ao complexo asiático). São altos e crescentes em reais. São altos e crescentes ainda mais em dólares. O câmbio chinês é manipulado (nós não temos cacife para manipular o nosso a contento). Nossa infraestrutura é cara e ruim. Há impostos. Juros demais. Engenheiros e técnicos de menos. Etc.

Esses problemas, e tantos outros, afetam a indústria brasileira quase toda. Muitos setores afetados são menos visíveis porque estão no meio da cadeia de produções de bens finais (produzem insumos).

Alguns outros setores não reclamam porque podem ir à breca e perder mercado caso não tenham acesso a máquinas, componentes, peças e outros insumos chineses baratos.

Por falar nisso, um dos motivos de nos anos recentes termos inflação baixa em bens duráveis (eletrônicos, por exemplo) é a importação de máquinas e componentes chineses. Não se trata de comemoração, mas apenas de um fato.

Se isso é bom ou não, se é preciso ter "política industrial" ou não, se é preciso preservar tais ou quais indústrias, trata-se de outra história. Mas o que o governo está fazendo é apenas mais desconversa.

A questão é: tal como funciona hoje, o grosso da indústria de têxteis e calçados terá como concorrer com as sucessivas ondas de concorrência de países asiáticos pobres? A que custo? No que diz respeito a indústrias menos avariadas, o que pode ser feito além de subsídio e proteção tarifária? Enfim, a questão principal é: quando vamos começar a lidar com problemas macroeconômicos, regulatórios e de infraestrutura que arruínam o preço dos produtos nacionais?

Fonte:|http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mercado/25997-pedir-esmolas-a-chin...

Exibições: 771

Responder esta

Respostas a este tópico

o governo está apenas sendo OMISSO  em suas funçoes básicas...e nao apenas neste caso, mas em todos os outros...el linhas gerais apenas OMISSO !!!!! e futuramente vai dizer: nao fomos nós que importamos, foram grandes empresarios inclusive!!!!! nós demos apenas o ferramental que vcs nos pediram!!!! e a culpa será do povo!!!!! se o povo elegem incapacitados, nao podemos reclamar.....já pensou em ter TIRIRICA no lugar de MANTEGA???

estamos arcando por nossa irresponsabilidade ao votar!!! nao podemos requerer direitos para um Brasil melhor!!!

ou saí decreto presidencial, ou PARAMOS ESTE PAÍS!!!!etc...etc...já estou cansado de falar neste assunto...etc....etc.....

Realmente nós que estamos acompanhando esta novela faz tempo,estamos todos cansados.

O Adalberto foi modesto em dizer que está cansado de falar!

Eu estou cansado de falar,ouvir,ver e pensar neste assunto.

O modelo individualista da sociedade brasileira leva governo e empresas a esse estágio. Sobram ideias, falta disposição para o debate e para adição de competências.

Nosso modelo de gestão permite que a luta pela manutenção no poder supere os esforços por geração resultados.

Assim a sociedade perde com a má gestão, ao comprometer sua carreira e seu futuro em empresa desorganizada, e paga mais impostos e juros altos como consequencia dá condução ineficiente e ineficaz no governo.

Na luta do octógono do mundo globalizado, não adianta pedir para não ser finalizado. Nesse campo, MMA, significa Mix Management Arts.

Imploramos para que nos comprem, rogamos para que não nos vendam...

Somos vítimas de nossa própria ingenuidade!

 

 

 

 

Pedir esmolas é bem a nossa cara mesmo, uma País que foge a todo minuto da realidade e de tomar decisões serias, é como a copa do Mundo aqui no Brasil, o mundo todo falido e os brasileiros achando um grande negócio trazer isto para cá!!! Seria!!! Se tudo que fosse consumido aqui fosse feito por aqui.... mas tudo esta vindo da Ásia, novamente!!!! E O MUNDO TODO APLAUDE OS MISERÁVEIS METIDOS A RICOS!!!

Novamente a subserviente Nação Macunaíma e seu tacanho, inculto e desinformado  Serviço Diplomático, não tem ainda o “perfil” do Oriental em geral: O Oriental odeia subserviencias e apelos. Odeia também “rendição”. Isso para eles e simplesmente COVARDIA e DESONRA. Eles tem mais respeito por “topete”. Por atitudes de “cojones”. Ousadia e destemor, ainda que respeitosos e controlados. Ora, já disse inúmeras vezes que como exportadores de COMODIDADES VITAIS a China, estamos à Cavaleiro em nosso intercambio comercial. Mas assim mesmo agimos acovardados. Ate que se o Governo ir a mídia e explicar o povo que precisamos emergencialmente  apertar o cinto aqui e ali e explicar em palavras simples o “porque “ da coisa, o nosso povo respondera favoravelmente por certo tempo. Sabemos disso. Mas quem mama nas tetas do governo não quer perder um centavo; e para ter o “seu” dão ate o país, se rastejam, implora e com essa atitude mais ainda perdemos. Numa outra vertente, enquanto ocorre essa choradeira no comercio com a China, aqui em casa o STJ debate em marchas e contramarchas a Lei da Ficha Limpa: Claro que passara – mas cheia de ressalvas e talhada a proteger alguns vagabundos e corruptos contumazes que transitam em todos os partidos. E encerro mencionando as “luzes” nos cabelos do Deputado Tiririca, dand0-lhe um toque nórdico de Caco Antibes.

 

Infelizmente até o Vice-Presidente do Brasil é incopetente, fazer uma solicitação dessa ao Vice Presidente da China!!!! ele deve estar até agora rindo......

Vamos parar com com isso, a China e o Mundo não tem culpa,se os produtos fabricados no Brasil tem uma carga de impostos elevada e em cascata,se uma peça fabricada no Brasil custa 20,00,na venda final vira 100,00,é isso que tem que ser combatido entendeu ABIT,ABVTEX,ou vamos todos fabricar nos Bolivianos do Brasil.

CARNÍVOROS - que tal um almoço de legumes e saladas?

E como... Tche, que Itamaraty... Ate eu, mero mercante de ferro velho, conheco o perfil oriental. Sera que eles nao estudam PROFILING, fazer o determinado perfil, antes de negociacoes? Nao. Deixam p'ro sarnei, Tiririca, Barbalho e outros... E assim caminha o Brasil.



Alberto Chiavoloni Junior disse:

 

Infelizmente até o Vice-Presidente do Brasil é incopetente, fazer uma solicitação dessa ao Vice Presidente da China!!!! ele deve estar até agora rindo......



adalberto oliveira martins filho disse:

o governo está apenas sendo OMISSO  em suas funçoes básicas...e nao apenas neste caso, mas em todos os outros...el linhas gerais apenas OMISSO !!!!! e futuramente vai dizer: nao fomos nós que importamos, foram grandes empresarios inclusive!!!!! nós demos apenas o ferramental que vcs nos pediram!!!! e a culpa será do povo!!!!! se o povo elegem incapacitados, nao podemos reclamar.....já pensou em ter TIRIRICA no lugar de MANTEGA???

estamos arcando por nossa irresponsabilidade ao votar!!! nao podemos requerer direitos para um Brasil melhor!!!

ou saí decreto presidencial, ou PARAMOS ESTE PAÍS!!!!etc...etc...já estou cansado de falar neste assunto...etc....etc.....A

 

A IRRESPONSABILIDADE ao votar eh sub-produto de nao termos ( nao vcs, mas como NACAO) um minimo indispensavel de cultura, de leitura ate de revistas e jornais. So uma minoria faz isso. DAO EIS AI A CRUX do problema. EDUCACAO. Precisamos dela URGENTEMENTE. Mais do que Cestas Basicas ou Bolsa Familias? Mas quem foi no passado recente A CARA E IDOLO DO BRASIL? Um cidadao que se jactava nunca ter lido um livro. Isso, doi. E doi muito.

 

DIFERENÇAS CULTURAIS - assim como os brasileiros não gostam de ser chamados de hispanos, os asiáticos não gostam de ser chamados de "orientais".

Esse é um termo que denota origem de um objeto.

Ao referir-se às pessoas descendentes ou nascidas na China, Cambódia, Japão, Coréia, Tailândia, Vietnã, Malásia, Nepal, Laos, Burma, Botão, Tibet e ilhas (?) é mais apropriado dizermos que são pessoas asiáticas.

=:)

Resalva bem apropriada. Me remete ao meu amigo de juventude em Los Angeles, o Kevork, que so violava essa descricao ao se referir ao Cafe  Turco (Turkish Coffee) como "Cafe Oriental", por nao falar a palavra TURQUIA.

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço