Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Inadimplência em faculdades particulares atinge quase 10%, aponta Semesp

Inadimplência em faculdades particulares atinge quase 10%, aponta Semesp

Por InfoMoney

SÃO PAULO – Embora tenha apresentado queda de 1,58% de 2009 para 2010, a taxa de inadimplência no Ensino Superior privado se mantém alta, diante de outros setores da economia. É o que aponta a pesquisa realizada pelo Semesp (Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo).

Enquanto a inadimplência de pessoas físicas - atraso nos pagamento acima de 90 dias - atingiu 5,70%, ao final de 2010, segundo dados do Banco Central, nas faculdades particulares, ela chegou a 9,58%. Se considerado apenas o estado de São Paulo, o índice foi de 9,57%.

Crítica

Segundo o presidente do Semesp e coordenador da pesquisa, Rodrigo Capelato, a diminuição da inadimplência pouco ameniza as dificuldades do setor, hoje responsável por 75% das matrículas da educação superior no País. “O segmento sofre o impacto da Lei nº 9.870/99, conhecida como “Lei do Calote”, que não permite a aplicação de penalidades quando o aluno está inadimplente. A educação não pode ser a última opção de pagamento do aluno. Nesse aspecto, a legislação prejudica, já que o ensino deveria ser prioridade”, afirma.

O baixo índice de queda apresentado no segmento, para o educador, é reflexo de ações das próprias faculdades. “As instituições de ensino superior privado conseguiram criar financiamentos próprios e profissionalizar a gestão de cobranças. Outro fator importante para a redução da inadimplência é a queda das mensalidades, o que vem acontecendo ao longo dos últimos dez anos”, explica Capelato.

 

Exibições: 41

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço