Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Contra Importações, Centrais e Fiesp Organizam Paralisação

 

Paulo Skaf, presidente da Fiesp, vai debater mobilizações com sindicalistas

Parte dos trabalhadores da indústria paulistana podem cruzar os braços por um dia logo após o Carnaval, na última semana de fevereiro, em protesto contra a forte entrada de produtos manufaturados importados. Os industriais liderados pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) não devem se incomodar - pelo contrário, a greve geral deve contar com a boa vontade dos empresários. O comércio varejista pode acompanhar. O arranjo dessa manifestação será fechado hoje, em São Paulo, em duas reuniões entre empresários e sindicalistas.

Na primeira reunião, de manhã, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, discute os planos da greve geral na capital paulista com os presidentes de cinco centrais sindicais, capitaneadas pela Força Sindical, e pelo maior sindicato da capital, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo. Em seguida, os sindicalistas, desta vez liderados pelo Sindicato dos Comerciários de São Paulo, filiado à União Geral dos Trabalhadores (UGT), serão recebidos pelo empresário Abram Szajman, presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio).

Os encontros vão envolver empresários e os líderes das centrais Força Sindical, UGT, CTB, NCST e CGTB. Os sindicalistas representam na capital 420 mil metalúrgicos, 480 mil comerciários, 35 mil prestadores de serviços em software e processamento de dados, 80 mil motoristas de ônibus, além dos trabalhadores nas indústrias têxtil e de confecções, entre outros. Os industriais estão "inclinados" a apoiar a greve geral dos sindicalistas, segundo uma fonte ligada à Fiesp. O apoio, se confirmado, pode caracterizar um locaute. "Os importados estão reduzindo nosso ímpeto de contratações e mesmo reduzindo produção e, portanto, também resultando em demissões", diz o industrial.

O protesto será concentrado na avenida Paulista, onde os sindicalistas esperam concentrar os trabalhadores com cartazes anti-importações. "O salário mínimo sobe forte e impulsiona os salários no mercado de trabalho como um todo, mas esse gás no consumo tem sido crescentemente convertido no consumo de importados", afirma Miguel Torres, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes.

Em novembro, o IBGE registrou queda de 0,1% sobre o mês anterior no emprego industrial. O pior resultado foi apurado em São Paulo, que registrou forte queda de 3,7% entre outubro e novembro - 15 dos 18 setores pesquisados pelo IBGE registraram corte de pessoal. De janeiro a novembro, a indústria aumentou a produção em apenas 0,4%, de acordo com o IBGE.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) é a única das seis centrais do país que não participará das reuniões hoje. As portas não estão fechadas à maior central do país, mas seu posicionamento contrário ao imposto sindical fez com que ela não fosse procurada.

Exibições: 796

Responder esta

Respostas a este tópico

Será a luz no fim do túnel!???

 

Georges Louis

Seria interessante a participação de Federações de Industria de outros estados para que não se caracterize que o movimento seja, somente, de paulistas e paulistanos.

 

Abraços e ótimo dia à todos!

 

Edson Machado

Essa temos que apoiar. E disseminar pelo pais todo...o capital politico desse tipo de movimento e alto. Hoje,

desde criadores de peixes tilapia, maças, pessegos e passando pelo setor textil e mais uma dezena de ramos,

não estão aguentando a situação causada fundamentalmente pelo cambio flexivel e a carga tributaria alta e mal distribuida. Duas feridas que se não forem curadas nos matarão, ou melhor, já esta nos matando. Fevereiro esta

muito proximo, mas podemos pensar em algo maior, talvez em maio.

Vamos lá, antes tarde que....

nelson ginetti

Corretíssimo Nelson!
Sabemos da impossíbilidade da redução de impostos em virtude de termos um estado completamente inchado e altamente oneroso, razão pela qual não há a menor intenção em realizar uma reforma que alivie a carga tributária pesadíssima, pois isso significaria enxugar a máquina pública, algo que não desejam (ou melhor, abominam!).
No entanto, jogam nas costas da classe empresarial a concorrência em condições totalmente desleais, que certamente massacrará todo o setor produtivo nacional, com reflexos nefastos para toda a sociedade brasileira em médio e longo prazo.
Só resta uma mobilização forte e urgente. Não dá mais para ficar só em conversas de gabinetes e tapinhas nas costas de políticos.

A sugestão do Xará também é ótima. Ação integrada e simultânea com todos os parques produtivos.

Uma mobilização de peso para mostrar pra valer que não dá pra continuar como está.

Baron

Alguém tem a informação de quem começou essa mobilização antes? Foi nosso blog ou foram os nossos comentários que os despertaram?
O fato é que as ações deles estão repercutindo bem mais que as nossas...

Quando escrevi sobre PARALIZACAO e GREVE em nossa área textil, ouvi uns comentários tipo voce é "agitador" e "exaltado".

Agora e o Skaff que começa com o velho papo, engatado na ideia antiga. Que dizem voces que me criticaram? Estarão subservientes a sua posição?

Ando cansado de ser "Paladino" e Don Quixote.  Estou aplicando as minhas ideias onde são bem vistas - e pagas.

Conselho dado e lixo, por melhor que seja.

Consultoria, conselho vendido, a tal “Consultoria”, por  pior que seja é sempre ouvido.

Agora com licença, estou escrevendo coisas seríssimas: um artigo (pago)  sobre Calcinhas de Fio Magico, e Cuecas Exotéricas, para o mercado Mórmon, envolvido nesse tema.

Um bom dia e grande passeata. A ideia do Skaff, sinceramente, e boa.

Sim. Da locomotiva.



Tadeu Bastos Gonçalves disse:

Alguém tem a informação de quem começou essa mobilização antes? Foi nosso blog ou foram os nossos comentários que os despertaram?
O fato é que as ações deles estão repercutindo bem mais que as nossas...

O VELHO E A GREVE:

Conclui hoje que só seremos ouvidos por meio de GREVE:

Esfunicados = esfunicados + meio.

Sabe qual era a grande mágica do Sr. Luis Inácio da Silva? Ele sabia AMALGAMAR AS MASSAS com o seu carisma, com a sua fala simples que atingia o grande publico.

Engendrava greves, mas era um Máster em acordos.

Precisamos de uma liderança que unifique a nossa classe por meio de desiquilibrio social, legal e constitucional. Ai, só ai, seremos ouvidos.

Já conclui que cão que ladra não morde.

Somos, com eu puxando a fila, PATÉTICOS. E assim seremos tratados: Como pobre diabos.

Quem ignora os seus direitos, se torna escravo.

Quem não se organiza, perde as força.

Quem não se une, é aniquilado.

Que tem medo, não conhecera a liberdade.

Quem e subserviente, se torna um eunuco.

Quem se dobra muito, mostra à bunda.

Quem não fala consente.

Quem muito tolera, é sobrecarregado.

Quem não luta pelos seus direitos é um covarde.

Quem se acovarda o pouco que tem lhe será tirado.

Quem não está atento, come mosca.

Quem não luta por seus direitos morre escravo

Quem não quer a verdade morre nas trevas.

Quem fala sem agir pratica Masturbação Mental.

Quem não se educa se escraviza.

Apontar sem apresentar uma solução é patético.

Não conhecer seus direitos é fatal.

Não reconhecer sua força é ser fraco.

Vivemos baixo uma DITADURA OLIGARQUICA. Uns poucos dominam as massas.

Sabe por que isso acontece? Porque somos ignorantes, covardes, acuados, subservientes e medrosos.

A GRANDE LIBERDADE chega quando NADA A MAIS TEMOS O QUE PERDER.

Ah, por isso aguentamos. Temos um pouquinho.

Não queremos perder o carrinho velho. O café com pão que substituiu a janta. Os eletrodomésticos. Os importados vagabundos e cosméticos de terceira linha. Somos prisioneiros porque não abrimos mão de nossas chapinhas. Da cachacinha no boteco do portugues. Do joguinho de futebol numa TV a plasma a ser paga em seis anos.

Então somos uma nação de recipientes de Cestas Básicas, Bolsas Famílias e de subemprego. Uma nação de quase mendigos, de moradores de puxadinhos, que como escravos nos dão um mínimo indispensável de bens, de tranqueiras, restos da cozinha da Casa Grande e um cantinho na senzala para continuarmos a produzir, a viver nossas vidinhas de merda.

Não fosse sexo, droga, álcool, futebol e uma fezinha no jogo de bicho, o nosso povo se revoltaria.

Bom seria que eles nos tirassem TUDO. Ai, sem nada a perder, seriamos, finalmente, livres. Mas não, os Jesuítas atuais, os Senhores da Casa Grande Brasil, Os Capitães Hereditários nos dão algumas miçangas – e enganam-nos, os novos índios do asfalto.

Fazem com que ate matemos uns aos outros para termos uma miçangazinha mais bonita. Como porcos, vivemos, uns ate gordos, sobrevivendo de muita lavagem.

Temos uma Presidente Decente. Mas as forças ocultas - e outras, as detectáveis massas negras -, são fortíssimas e tentam neutralizá-la.

Todos nos sabemos quem são eles, onde operam, e ate como operam os canalhas. Mas nada podemos fazer por conta dos “QUEM” acima descritos.

Mas como mudar 500 anos de corrupção em oito anos? Eu não sei como, mas aqui estou para ajudar como cidadão desassombrado e de “cojones”.

Nós precisamos de uma pessoa simples, carismática, corajosa que nos amalgame e que comece um movimento de resistência pacifica como o de Mahatma Gandhi, como o de Martin Luther King, firme, corajoso, mas dentro da constitucionalidade. Eu não sou essa pessoa, mas a procuro e colaborarei com ela.

Não tendo isso, mais e mais do que é nosso de direito, vai para a cúpula de 1% de Oligarcas Brasileiros que comandam 90% de nossa economia - e muitos deles por meio de “maracutaia”, acordos, tráfico de influencia, desonestidades e mensalão. E nos, idiotas, batemos palminhas para eles, cheios de  deslumbres e subserviencias ao poder.

Não estou aqui a apedrejar gente de subiu na escada social com trabalho árduo e honestidade. Falo dos crápulas, dos cínicos, muito deles comandando nosso país.

Mais e mais penso numa parada geral, numa greve pela classe, pela justiça social, pela prestação de contas, pela punição e ate pela pena de morte para crime lesa-pátria, como por exemplo: Roubar alimentos dos pobres, medicamentos de hospitais, leite de crianças e por ai vai...

Essa gente é também maquiavélica.Eles tem a Grande Mídia os devendo favores, amordaçada, tímida ou na cama com eles.

Eles são bem capazes de começar uma onda de boatos dizendo que me falta equilíbrio, bom senso e que sou muito inflamado.

Mas tal não é o caso. Estou mais lúcido do que nunca! Agora vejo longe, vejo claro; já plantei arvores, tive filhos, netos e já escrevi meus livros.

Já pouco importa falar. Já combati o bom combate e não comprometi a minha fe. Eu tenho a coragem dos velhos.

Mesmo sabendo que os meus textos não conduziram a nada, mesmo sabendo que pagarei alto por dizer a verdade nua e crua, mesmo sabendo que perderei alguns amigos poderosos, assim mesmo deixo isso registrado para meus amigos, meus filhos e para a história. A minha parte eu fiz, se não o fiz, tentei faze-la, e dormirei tranquilo, cumpridor de meu deveres de cidadania e me sentindo honrado.

SdM

COMECOU AQUI SIM. NO NOSSO BLOG. NO BLOG DO ERIVALDO.

Abram mao disso tambem.

E o seu lider sindical sera o Skaff. Rsrsrs.

Bon Chance, Bon Voyage - pour  l'Avenie Pauliste.

Sam

Acho que o grupo "primavera" deve se reunir logo e analisar de que forma podemos colaborar com esse movimento e alargar sua base participativa. Sugiro que, rapidamente devemos idealizar um plano de ação,

mas antecipo a minha: formar grupos para coletar as informações: questão social e trabalhista nos paises

concorrentes, cambio no foco das moedas valorizadas e desvalorizadas(a nossa esta somente de 1997 para ca

em 28% valorizada sobre o dolar e o yuan esta 32% desvalorizado no mesmo periodo, sempre em relação ao dolar,

o que só de cambio da  60% sobre o real...e ai vem uns trouxas falar que precisamos aumentar nossa produtividade,falta investimentos e outrtas babaquices oriundas de cabeças comprometidas...com a China) fazer comparativo de carga tributaria. Cadastrar todos os sindicatos de trabalhadores e através da net, mandar

as informações aos sindicatos e nós mesmos usar a rede para distribuir essas informações, tipo salario, direitos, como são tratados os colaboradores, a questão infantil, a questão ambiental. Cadastrar todos os sindicatos patronais, deputados, senadores, vereadores e o que mais interessar. Para cada segmento, um tipo

de informação que chame a atenção. Enfim, gerar informações consistentes, segmentadas e espalhar por esse

Brasil afora....Sei que não é tão facil, mas percebam que no grupo Primavera tem pessoal qualificado e com

experiencia nessas coisas.....vamos trabalhar? E o SAM  tem toda a razão...nossas lideranças são coniventes

ha muito tempo... e nós coniventes com elas...mas o momento é de sabermos aproveitar as chances e creiam-me estamos diante de uma

oportunidade que não pode ser desperdiçada....pode ser o rastro de polvora rumo ao paiol......

nelson ginetti

 ACORDARAM!!!!

não vamos questionar sobre o sexo dos anjos, pois nao mais interessa!!! nao vamos mais jogar pedras e desabafar( somente um pouco....rs...rs...)  o que interessa agora, é todos embarcarem no mesmo barco!!!!PARTICIPAREM!!!!!

- É IMPORTANTE NAO APENAS 1 DIA , MAS DAR CONTINUIDADE PARA QUE REALMENTE O GOVERNO TOME AS ATITUDES NECESSARIAS!!!!!!

certamente haverá midia e a divulgação será em todo Brasil!!!  se nao houver paralização é obvio que o governo nada fará!!!!  mas o governo existe e são nossos empregados, que a priori debveria estar fazendo a lição de casa!!!!!  e para continuar simplemente tem que tomar ATRITUDES.....temos que ter AÇÃO!!!!!!!!!!!!!!

nao se pode ficar a mrcê de Jonatan, tradings, e outros, que nao estão preocupados com o futuro do país!!!!

é simples ...onde nao há industria não há desenvolvimento!!!! isto é primitivo!!!!  e vale para o planeta!!!!!!

agora fico fulo da vida, com a CUT .....são donos do mundo???? naãoooooo,l ...são apenasPARASITAS!!!!!!!!!!!são pragas nocivas ao país, portanto devemos baní-los!!!!!  já bagunçaram demais, já fizeram muitas e muitas greves  junto com Sr Lula e outros.....e agora que o pais necessita desta corja ( inclusive para que eles possam continuar a ""ganhar"" seu $$$...) se acovardam para nao ir contra o governo, ao invés de participarem  e brigarem para a permanência de industrias e empregos dentro do Brassil!!!!! esta cambada nunca se levantou para brigar qdo o Brsil começou a importar uniforme para as forças armadas, nada fizeram qdo o BNDS emprestou $$$$ para nosso ex vice Jose de Alencar aplicar no Oriente....( não é Josué Alencar??) e assim vai......nada fizeram depois que o PT entrou!!!! estão comprometidos até o pescoço!!! pois o governo os sustentam!!!!  e todo a palhaçada que todos conhecem!!!!

o trabalho de um sindicato  de empregados ,  é trabalhar em equipe com o patronal ,  e não tê-los como ""inimigo"" , pois é o patrão que emprega e tem a responsabilidade social!!! o empregado corre apenas o risco de peder emprego...nada mais!!!!MAS O PATRONAL......

sindicatos, novamente : NÃO ESFOLEM PATRÃO!!! ESFOLEM O GOVERNO QUE NOS ROUBA DESCARADAMENTE, E NADA FAZ PARA MANTER AS EMPRESAS NO PAIS!!!!ESTÁ É VOSSA FORÇA!!!!MOSTRE-AS...O BRASIL NECESSITA DESTE VIGOR!!!!!

PODEMOS TB FAZER ESTAS MOBILIZAÇÕES EM FINAL DE SEMANA, E SE NADA FOR RESOLVIDO, SIMPLESMENTE  VAMOS PARAR O PAÍS, INDEPENDENTE DO TEMPO!!!!!!E SE NADA ACONTECER  JOGAMOS O GOVERNO PARA FORA!!!!BANCOS QUE POSTERGUEM OS COMPROMISSOS DE TODOS POR ESTE PERIODO DE INATIVIDADE, POIS TB DEIXAM DE GANHAR $$$$$

É O UNICO MEIO QUE TEMOS....E RAPIDINHO TUDO SE RESOLVE!!!!

adalberto 

TUDO ESTA ACONTECENDO NO  nosso Forum Textil, criacao do Erivaldo Cavalcanti ( eu ganho dele R$ 100,00 quando digo isso) e no grupo PRIMAVERA TEXTIL.

Se voces nao assumirem as redias do cavalo, nao clamar o que nos comecamos, Sarney, Tiririka e Barbalho o farao.

So isso. Porao todas as suas e nossas ideias nas cuecas deles.

Dito Foi And so be it. Que assim seja. Amem.

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço