Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

POLYENKA | Empresa está em recuperação judicial desde 2007

A Polyenka Ltda, empresa especializada em filamentos contínuos, instalada em Americana desde 1972, anunciou que vai fechar as portas a partir de hoje. A decisão foi anunciada ontem, em reunião com a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Têxteis. Segundo a empresa, dos 330 funcionários, ao menos 300 serão demitidos a partir de hoje. Os demais permanecem por algum tempo finalizando os processos industriais e administrativos.
Segundo a Polyenka, três fatores contribuíram decisivamente para o fim das atividades: baixo faturamento, agravado a partir de setembro, falta de capital para investimentos e gastos com energia elétrica. Informaram que necessitariam de uma carteira de faturamento de 400 toneladas de fios para janeiro, mas que viraram o ano com apenas 30 toneladas e sem capital para suportar o restabelecimento das vendas.
A companhia informou que no próximo dia 5 de fevereiro efetuará o pagamento da segunda parcela do 13º salário, que está em atraso, e dos dias trabalhados antes da demissão. Mas já avisou que não há recursos financeiros para o pagamento das verbas rescisórias no ato da homologação. A empresa explicou que pretende vender o estoque disponível e, assim, pagar parceladamente os demitidos.
O presidente do Sindicato Têxtil, Antonio Martins, disse que a notícia não chegou a ser uma surpresa. "É lamentável que uma empresa como a Polyenka chegue a este ponto. Mas durante todo o ano passado já observávamos que as dificuldades aumentavam mês a mês, com atraso no depósito do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), dificuldades para pagar energia, falta de pagamento do 13º integral e descumprimento no pagamento de acordo com trabalhadores demitidos. Em novembro, propuseram reduzir salários e horas trabalhadas. Os funcionários concordaram, mas a empresa não colocou a decisão em prática. Entendemos que a situação era grave", comentou.
AÇÃO JUDICIAL
Como a Polyenka encontra-se em recuperação judicial desde 2007, o Sindicato Têxtil estuda junto com o Departamento Jurídico alternativas para garantir o pagamento das verbas rescisórias através de ação na Justiça. "O sindicato vai dar todo o respaldo possível para que o trabalhador não seja ainda mais prejudicado", finalizou o presidente da entidade.
por Francisco Lima Neto

Exibições: 1437

Responder esta

Respostas a este tópico

Vicunha, Polyenka..... , quantas mais?

unidade da Malwee, unidade da TBM, unidade da Hering, Fiação Integrada e contando...
E o terreno ocupado pela fabrica as margens da Rod.Anhanguera?
e está fazendo muita falta!! agora os clientes tem que desenvolver cores e cair no importado!!PARABÉNS DESGOVERNO!! JAMAIS ESQUECEREMOS DE VCS!!!
cair de 400 para virar o ano com 30 ton...!!!!PQP!!! e assim está em inúmeras fabricas, seja em fiações fiada , tecelagens tinturarias..etc..etc.,..e em outros segmentos...até serviços temos problema de inadimplência!! se faturamos pagamos...caso contrário...nos agonizamos até a morte acreditando que algo vai mudar!! não existe demanda...o desemprego cresce...e este desgoverno simplesmente nada faz para diminuir gastos!! inflaçao em alta...PIB este ano terá retraçao...e assim vai!! unica coisa que este desgoverno fez com eficiência: QUEBRAR A ECONOMIA!!!copa + olimpíadas...+ roubalheira ..etc..etc...se privatizar a Petrobras ela dará lucro em 1 ano!! qdo abrirem o BNDES + caixa + BB ...nao tenho nem idéia de como será o rombo!!mas o BNDES já construiu represas, hidroelétricas em outros países...percou-se dívidas gigantescas...deixe de pagar um imposto e veja o que acontece!!enfim..se derem um prostíbulo para administrarem..quebram em 90 dias!!!!e descartam a mercadoria!!!
se o povo tivesse ATITUDE de sair às ruas e fazer quebra-quebra, parar o país...aí sim eu acredito que mudaria algo...somos massacrados a todo instante!!há 40 anos atrás eramos atendidos pelo INSS e sem problemas...hoje nem plano de saúde está funcionando a contento!!destruíram o Brasil...e continuam!!! e no´s nada fazemos por falta basicamente de UNIAO!!

adalberto

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço