Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Férias de julho: aluguel de imóvel de campo está até cinco vezes mais caro

Férias de julho: aluguel de imóvel de campo está até cinco vezes mais caro

Por InfoMoney

SÃO PAULO – Passar as férias em cidades como Campos do Jordão, Serra Negra e Águas de Lindoia está até 494,84% mais caro neste ano, se comparado com a temporada de 2010. Conforme pesquisa divulgada pelo Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo) nesta quarta-feira (29), os aluguéis diários aumentaram em 13 dos 15 tipos de imóveis ofertados.

Em Campos do Jordão os aumentos ficaram entre 26,47%, para casas de quatro dormitórios, e 94,49%, para os apartamentos de um dormitório. Já os apartamentos com dois dormitórios foram os únicos tipos de imóvel que tiveram queda na diária, de 3,25%.

Em Serra Negra, por sua vez, houve alta de até 212,5% no aluguel, para os apartamentos de um dormitório.

Na cidade de Águas de Lindoia, apenas as diárias das casas de dois dormitórios ficaram mais baratas (-49,49%). Já o aluguel diário dos apartamentos de um dormitório aumentou 16,67% e o das casas de três dormitórios, 494,84%. Na cidade, é possível encontrar imóveis com aluguel diário de R$ 163,33.

A estabilidade econômica pode ser um dos fatores que contribuíram para o aumento, segundo o presidente do Creci-SP, Augusto Viana Neto. “O aumento de renda da população e o pleno emprego, além da estabilidade econômica, são fatores que levam os proprietários a pedir mais pela locação dos imóveis”, completa.

Além disso, Neto aconselha que os interessados em passar as férias em uma das cidades montanhosas negociem descontos nas diárias. “Dependendo do período que se pretende ficar no imóvel, os corretores que fazem a intermediação podem conseguir descontos”, acrescenta, deixando claro que não se deve deixar para negociar próximo a viagem. “Não se consegue redução quando se deixa a locação para a última hora”.

Preços

De acordo com a pesquisa, em Campos do Jordão foram encontrados os aluguéis mais caros. Lá, é possível encontrar um apartamento de um dormitório por R$ 400 a diária. Já em Serra Negra, o mesmo tipo de imóvel custa R$ 250, e em Águas de Lindoia, a diária para um dormitório é de R$ 163,33.

Quanto às casas com quatro dormitórios, Campos do Jordão é novamente a cidade mais cara, com aluguel diário de R$ 1.075, mais que o dobro de Serra Negra, que cobra R$ 450. Em Águas de Lindoia, a diária chega a R$ 1 mil. A opção mais barata, no caso de Campos do Jordão, são as chácaras, que oferecem diária de R$ 450 se tiverem dois dormitórios e R$ 500, se tiverem três dormitórios.

A única exceção dos valores altos de Campos do Jordão são as casas de três dormitórios, que têm diária de R$ 868,18, contra R$ 1.150 de Águas de Lindoia, pelo mesmo tipo de imóvel.

Lotação

A pesquisa do Creci-SP também apurou a quantidade de pessoas permitidas no imóvel, segundo os proprietários. De forma geral, as casas acomodam maior número de pessoas que os apartamentos, com a lotação variando de 2 a 4 pessoas para apartamentos de um dormitório, 4 pessoas para casas com um dormitório e até 12 pessoas para casas de cinco dormitórios.

Veja tabelas a seguir e compare os valores de casas e apartamentos nas regiões mais procurados neste inverno no estado de São Paulo:

Aluguéis de casas em 2011

Região

2 côm.

1 quarto

2 quartos

3 quartos

4 quartos

5 quartos

Campos do Jordão

-

-

R$ 550

R$ 868,18

R$ 1.075

R$ 2.250

Serra Negra

-

-

R$ 300

-

R$ 450

-

Águas de Lindoia

-

-

R$ 200

R$ 1.150

R$ 1.000

-

Fonte: Creci-SP

 

Aluguéis de apartamentos em 2011

Região

2 côm.

1 quarto

2 quartos

3 quartos

4 quartos

5 quartos

Campos do Jordão

-

R$ 400

R$ 500

R$ 1.000

R$ 1.366,67

-

Serra Negra

-

R$ 250

R$ 380

-

-

-

Águas de Lindoia

-

-

R$ 280

-

-

-

Fonte: Creci-SP

 

Aluguéis de chácaras em 2011

Região

2 côm.

1 quarto

2 quartos

3 quartos

4 quartos

5 quartos

Campos do Jordão

-

-

R$ 450

R$ 500

-

-

Fonte: Creci-SP

 

Exibições: 47

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço