Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Índice de nacionalização de peças fará parte da política industrial

Montadoras terão prazo de um ano para adaptação à nova regra.

As montadoras Chery, Jac e BMW apresentaram ontem ao governo projetos de abertura de fábricas no Brasil, disse o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Fernando Pimentel. A Land Rover, embora não tenha apresentado uma proposta formal, sinalizou que também quer uma unidade produtiva no país.

Segundo Pimentel, o governo adotará postura flexível com essas montadoras para que elas consigam adequar seus produtos à atual regra que aumentou o Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) em 30 pontos percentuais para os veículos que tiverem menos de 65% de peças nacionais.

De acordo com o ministro, estas montadoras terão prazo de um ano para se prepararem. Apesar da nova regra do IPI estar marcada para acabar em dezembro de 2012, o ministro disse que o governo tem intenção de transformá-la em parte da política industrial brasileira.

A medida, que aumentou os preços dos carros importados, foi mal recebida pelos consumidores.

O Supremo Tribunal Federal suspendeu a cobrança até 16 de dezembro deste ano.

FONTE: BRASIL ECONÔMICO

Exibições: 69

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço