Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Varejo ( Com muitos produtos da China e afins) x Industria Nacional

PERFORMANCE DE VAREJO (com muitos produtos Chineses x INDUSTRIA TEXTIL

Ranking Valor 1000, publicado pelo jornal Valor Econômico, com as maiores empresas brasileiras, lista 14 companhias, entre têxteis, vestuário e grande varejo de moda.

Das mil maiores empresas listadas no ranking Valor 1000, publicação realizada anualmente pelo jornal Valor Econômico, 14 são companhias que produzem tecidos para vestuário, marcas de roupas e grandes varejistas de moda. As empresas são classificadas por receita líquida e submetidas a análise contábil e financeira, que envolve uma série de indicadores. Tomando apenas o critério receita líquida, a Casas Pernambucanas é a maior desse grupo, apurando em 2013, R$ 4,6 bilhões, desempenho que coloca a empresa em 104º lugar.

Em seguida, aparece a Lojas Renner cuja receita consolidada atingiu no ano passado R$ 4,3 bilhões e classifica a empresa na 109ª posição. Em terceiro lugar está outra loja de departamentos, a Guararapes (dona da Riachuelo) que apurou R$ 4 bilhões no período, assumindo o 119º posto do ranking. Entre as marcas de roupas, no ano passado, a Inbrands foi a maior contabilizando receita líquida de R$ 905 milhões e o 477º lugar. A Coteminas, dona da Santanense entre outras companhias, lidera o segmento com R$ 2,39 bilhões de receita. No setor de jeans, estão entre as mil maiores empresas do país da lista do Valor, a Vicunha, a Tavex, a Cedro e a Capricórnio, nessa ordem.

Exibições: 74

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço